icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


10 coisas que irmãos mais velhos fazem que deixam os caçulas enfurecidos

POR Júlia Marreto    EM Entretenimento      15/04/16 às 12h46
capa do post 10 coisas que irmãos mais velhos fazem que deixam os caçulas enfurecidos

Só quem tem irmãos mais velhos sabe a delícia e amargura de ser mais novo. Com os caçulas funciona assim, mas bem mais intenso. Por ser o menor, além de queridinho dos pais e mães, é também o alvo de travessuras, brincadeiras e, até, maldades dos mais velhos. Não apenas dos irmãos, mas dos amigos dos irmãos, também!

Se você é o mais velho, saberá como é gostoso fazer maldades e se aproveitar daquelas pequenas criaturinhas indefesas. Agora, se está do outro lado da moeda, ah, prepare os nervos, pois toda a infância voltará à mente com essas 10 coisas que os irmãos mais velhos fazem para te deixar enfurecido.

As brincadeiras de mão, as brigas de mentirinha que fatidicamente acabavam em arranhões, olhos roxos, mordidas... Os sentimentos de poder e arrogância sobre o outro (menor). As lições de moral, o cuidado excessivo, as sobras, e tantas outras...

1. Sempre será uma desculpa

Não interessa como, onde, porque, quando... Sempre será o mais velho, e durante anos essa será a melhor desculpa para tudo.

2. Ser escravo

Principalmente quando seus pais não estão em casa. Qual caçula nunca foi colocado para arrumar o quarto (se não, a casa) quando os pais mandavam ambos fazerem o serviço? Que caçula nunca ficou com a louça do almoço/jantar? Qual nunca teve de fazer "favores" para o mais velho apenas para não ser responsabilizado pelo vaso quebrado?

3. Lições de Moral

Não é porque é mais velho que sabe tudo sobre o mundo e vida. E daí? Eles vão falar, falar e falar na cabeça da criatura. Se ela tiver feito algo de errado então, ixi! Prepare os ouvidos, porque até quem está de fora sofrerá com enxaquecas.

4. Tratar como um bebê

Tudo é muito lindo, muito bacana, divertido. Até o momento em que o caçula chega na puberdade, momento mais extremo na relação de irmandade. Se o menor for mulher então, aí acabou a vida da menina. Namorar? Só se for escondido, porque apesar de tudo, é o indefeso. Do qual só o mais velho pode se aproveitar.

5. Vantagens

Os desejos e práticas do primeiro, vem primeiro. É, meio óbvio, mas é verdade. Se esse faz algo, pratica algum esporte, ou precisa de uma roupa nova, ele ganhará, enquanto o mais novo fica com as dele.

6. Não são levados à sério

E por quê seriam? São mais novos, sabem de nada. Não tem experiência de vida. Não vale a pena dar ouvidos ao que eles dizem.

7. As sobras

A não ser que seus pais sejam ricos, com certeza o caçula será aquele que ficará com as sobras. Tudo na vida é usado, as roupas, os sapatos, até mesmo o material escolar. Sabe aquele livro que todo mundo tem novinho? O da 'criança' será o todo rabiscado.

8. O banco da frente

Problema seu! O mais velho, sempre, always, para toda a eternidade, será aquele a sentar no banco da frente. E não interessa o que você diga, voltamos a nº1, a desculpa será a mesma.

9. Adotado

É uma das pegadinhas favoritas dos irmãos mais velhos, dizer ao caçula que foi adotado, encontrado numa lixeira, ou catado no meio da rua. Ainda mais quando sua aparência física se difere em algo com a do(s) irmão(s).

10. Rejeição

O mais novo sempre quer sair com o mais velho. Isso não acontece, bem pelo contrário, o esse vai tirar um sarro muito grande da cara do pequeno quando ele perguntar/pedir. Mas! O caçula será obrigado a acobertar as escapadinhas do irmão.

Nem tudo são flores mas, ruim, de todo, não é. Ter um irmão, seja mais novo, seja mais velho é ter alguém com quem contar, é ter alguém com quem compartilhar, é estar na vida do outro (mesmo que por falta de escolha) de maneira a aprender a relacionar-se com respeito e amor (mesmo que não demonstrado diretamente). São nas ações que vemos o desabrochar daquele sentimento, do ser e fazer o outro humano.

E para celebrar essa linda relação de amor e ódio, selecionamos um poeminha de Leandro M. Cortês, no qual dedica seu amor e admiração ao irmão mais novo.

"Ter um irmão mais novo é ter a certeza da infância.
É ser um segundo pai, uma segunda mãe.
É discutir, separar e voltar na certeza da ternura.
Não é escolher, é ser escolhido. É ser presenteado
Com um tesouro de valor incalculável. É um
Elo inquebrável. É sentir as mesmas dores,
Passar pelas mesmas chuvas e tempestades.
É chorar com as perdas, sorrir com as conquistas.
É sentir com a alma, com emoção e com o coração.
É bater em outro peito. É ter o abraço mais doce,
Ser terno e eterno no olhar, nas palavras
E no silêncio compartilhado. A irmandade
É a cumplicidade entre iguais de sangue, mesmo
Que com sonhos e destinos diferentes.
É a certeza da volta às origens."

Se você tem irmãos, mais novos ou mais velhos, não deixe de comentar e compartilhar sua experiência!


Próxima Matéria
avatar Júlia Marreto
Júlia Marreto
É a dona de um coração esculpido pela literatura e preenchido pelos bons vinhos de Baco. Guiada nas artes da vida por Ares, possui a discreta delicadeza de um elefante pulando carnaval numa loja de cristais! Movida diariamente pelo combustível da vida: o café, essa garota possui raízes profundas na poesia da vida. É muito séria, mas sabe brincar na hora certa. Ama os animais e detesta filme de terror. Apesar de cantar mal, canta com sentimento. E adora musicais! Sua principal tentativa desportiva é o baralho. Ela gosta mesmo é de coisas antigas, apaixonada pela vida e sonha com o universo. Instagram: , @juliamarreto
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest