icone menu logo logo-fatos-historicos.png


10 dados que mostram que a violência contra a mulher persiste

POR Fatos Desconhecidos (Acervo)    EM História      26/10/15 às 18h23
capa do post 10 dados que mostram que a violência contra a mulher persiste

Durante a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015, o tema da redação proposto aos estudantes foi a persistência da violência contra a mulher. Muitas pessoas elogiaram a escolha do tema nas redes sociais, no entanto, houve aqueles que o criticaram duramente. Será que realmente é um exagero falar sobre a violência sofrida por mulheres? Os dados que selecionamos mostram que não.

Ainda hoje muitas mulheres são vítimas de violência física, psicológica, moral e sexual no nosso país e no mundo. Mas e os homens? Eles também são vítimas de violência, é claro, mas não aquelas motivadas apenas pelo sexo ou gênero a que pertencem, de acordo com as pesquisas que mostraremos a seguir.

1 - Entre 2009 e 2011, o Brasil registrou 16,9 mil feminicídios

Ou seja, mortes causadas por conflito de gênero, ou em outras palavras: apenas porque elas eram mulheres. Os dados são do do Ipea e foram divulgados em setembro de 2013. A mortes foram principalmente resultado de agressões por parceiros íntimos. É como se 5,8 mulheres a cada 100 mil fossem mortas por questões de gênero.

2 - 3 em cada 5 mulheres jovens já sofreram violência em relacionamentos

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto Avon em parceria com o Data Popular, que foi divulgada em novembro de 2014, de cada 5 mulheres jovens, 3 já foram vítimas de algum tipo de violência em relacionamentos. Ou seja, os dados mostram que as coisas não tem mudado muito de geração em geração.

3 - 56% dos homens admitem que já agrediram as suas parceiras

E não são só  as mulheres que dizem isso, 56% dos homens entrevistados na mesma pesquisa, admitiram espontaneamente que já xingaram, empurraram, agrediram com palavras, tapas, socos, impediram de sair de casa e estupraram alguma mulher.

4 - 23,3% das vítimas não denunciam os companheiros à polícia por saberem que eles não serão punidos

Muitas pessoas perguntam porque as mulheres que sofrem violência não denunciam os seus agressores. Uma pesquisa realizada pelo DataSenado indica que as mulheres agredidas preveem que os seus agressores não serão punidos pela justiça e preferem não denunciar. Cerca de 30% das entrevistadas dizem acreditar que as leis do país não são capazes de protegê-las da violência doméstica. 20,7% nunca procurou ajuda nem denunciou por medo.

5 - Quatro em cada dez mulheres brasileiras já foram vítimas de violência doméstica

Se você acredita que violência doméstica é coisa de novela ou  que só acontece em casos raros, melhor dar uma olhadinha nesses dados. De acordo com o Anuário das Mulheres Brasileiras 2011, que reúne informações obtidas pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), 43,1% das mulheres brasileiras já foram vítimas de violência em casa. E não para por aí, de todas as mulheres que sofreram violência no país, 25,9% foram vítimas de seus namorados, maridos ou companheiros.

6 - 7 em cada 10 mulheres foram ou serão violentadas ao longo da vida

De acordo com dados da Organização das Nações Unidas (ONU), 7 em cada 10 mulheres vão sofrer violência ao longo de suas vidas. A porta-voz da ONU Mulheres no Brasil afirma que: "a violência contra mulheres é uma construção social, resultado da desigualdade de força nas relações de poder entre homens e mulheres. É criada nas relações sociais e reproduzidas na sociedade".

7 - Mais de 50 mil mulheres foram estupradas no Brasil apenas em 2012

De acordo com dados do 8º Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), de 2014, 50.320 mulheres foram vítimas de estupro em 2012. No entanto, o Ipea estima que o quadro seja 10 vezes pior, e que o número real de estupros ocorridos no país nesse ano seja 530 mil. Isso mesmo, estima-se que mais de meio milhão de mulheres sofreram violência sexual apenas no ano de 2012.

8 - Brasil ocupa o 7º lugar no ranking mundial de assassinatos de mulheres

De acordo com informações do Mapa da Violência 2012, que analisa dados do Ministério da Saúde, o Brasil ocupa a sétima posição em número de assassinatos de mulheres no mundo, o ranking conta com 84 países.

9 -  90% das mulheres deixaram ou deixam de fazer alguma coisa por medo da violência

Em uma pesquisa realizada com 2.300 mulheres durante um estudo dos Institutos Vladimir Herzog e Patrícia Galvão, 90% das entrevistadas afirmaram que já deixaram de fazer alguma coisa por medo de sofrer violência.

10 - 43% das mulheres em situação de violência são agredidas todos os dias

Um balanço  dos atendimentos realizados pela Central de Atendimento à Mulher - Ligue 180 em 2014 e da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), 43% das mulheres que estão em situação de violência são agredidas cotidianamente.

Caso você seja vítima de algum tipo de violência de gênero ou conhece alguém que seja, não perca tempo, denuncie! Disque 180.


Próxima Matéria
avatar Fatos Desconhecidos (Acervo)
Fatos Desconhecidos (Acervo)
Acervo, matérias feitas antes do ano de 2015.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest