• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


10 filmes blockbusters que mudaram a história do cinema para sempre

POR Gabi Noronha    EM Fatos Nerd      08/01/18 às 13h20

O cinema é uma arte coletiva e desde sua criação ele está em constante evolução. O desenvolvimento dessa arte se aplica a todas suas áreas. Do roteiro - onde basicamente tudo começa - à pós-produção do filme. Assim, ao longo de sua história houveram projetos ousados e inovadores que mudaram, ou inspiraram a mudança, dentro do próprio seguimento. Normalmente, depois de um tempo essas obras entram na categoria cult, ou seja, são aquelas realizações que, apesar de serem fundamentais para a história do cinema, não chamam a atenção da maioria dos espectadores.

Por outro lado, o que mais leva público às salas de projeção são filmes direcionados especialmente a eles. Aquelas produções que são, digamos, menos arte e mais ação. Com os anos esses filmes ganharam o nome de blockbusters e nunca saíram de moda. Infelizmente, existe esse abismo entre os dois tipos de produções: quem gosta de filmes mais "cults" não costuma gostar dos "arrasta quarteirão". Um ranço desnecessário já que, quem gosta de cinema, assiste de tudo um pouco.

De qualquer forma, os blockbusters também são conhecidos por não acrescentarem em nada ao cinema: são uma espécie de entretenimento barato e ordinário. Mas não é bem assim. Alguns filmes "pipoca" também conseguiram mudar e/ou influenciar a história do cinema, assim como os cults. Em seguida, selecionamos alguns exemplos para discutir.

1 - Harry Potter e a Pedra Filosofal

A história de JK Rowling não revolucionou o cinema, contudo, foi peça importante para a propagação do subgênero conhecido como "jovens adultos". Foi a partir do estrondoso sucesso do primeiro filme da saga que os estúdios passaram a prestar mais atenção a histórias com a temática semelhante. Desde então, houve um enorme aumento de produções baseadas em livros para jovens adultos e tudo graças ao primeiro passo de Harry Potter.

2 - Superman - O Filme

Histórias de super-heróis já haviam ganhado as telas de cinema e televisão quando Christopher Reeve vestiu sua capa. No entanto, até então todas foram produções baratas que apenas tentavam ganhar dinheiro em cima do nome do herói. Foi com Richard Donner que tudo isso mudou. Ao invés de simplesmente jogar Superman em uma aventura sem pé nem cabeça, o filme gastou um tempo para de fato contar a história de Clark Kent.

O gasto em efeitos especiais e todo o resto da produção também teve um aumento. Até mesmo Reeve transformou o visual dos super-heróis. O ator se recusou a usar enchimentos por baixo do uniforme e fez questão de malhar para o papel, ganhando assim mais massa muscular e definindo seu corpo. O filme se transformou em inspiração até mesmo para as produções atuais da Marvel Studios, algo admitido pelo próprio Kevin Feige, presidente do estúdio.

3 - Homem de Ferro

Por falar em Marvel Studios, vamos ao filme que foi o ponta pé para todo o universo cinematográfico Marvel como conhecemos hoje. Homem de Ferro era uma aposta ousada principalmente por dois motivos. Primeiro porque trazia um super-herói que ninguém conhecia (a não ser os leitores hardcore de quadrinhos) e por escalar Robert Downey Jr. para o papel principal. Isso porque na época o ator não era tão querido e já havia enfrentado sérios problemas com drogas e com a justiça americana. Felizmente, toda a ousadia deu muito certo e o filme acabou sendo um divisor de águas na carreira de Downey Jr. e para o estúdio.

4 - Matrix

O bullet-time foi um dos efeitos especiais mais influentes na história de Hollywood. As cenas em câmera lenta utilizadas pelas irmãs Wachowski afetaram todos os gêneros cinematográficos, desde de outros filmes de ação e ficção-científica a comédias pastelão e animações. Mesmo a própria obra tendo se inspirado em filmes mais antigos, o modo como o longa explorou as lutas de artes marciais foi inspirador para as produções seguintes.

5 - A Bela e a Fera

Por mais que possa ter algumas objeções aqui, devido a obras como A Pequena Sereia e O Rei Leão, foi com este filme que a Disney mostrou a Hollywood do que suas animações eram capazes. A fórmula da princesa indefesa foi deixada de lado da melhor forma possível. Todo o trabalho técnico realizado no filme também foi admirável. A computação gráfica de cenas como a dança entre os protagonistas no enorme salão e o próprio castelo em si foram cuidadosamente desenvolvidos. Sua produção foi tamanha que foi a primeira vez na história do cinema que uma animação concorreu ao Oscar na categoria Melhor Filme. Na época, ele perdeu para O Silêncio dos Inocentes.

6 - Jurassic Park

Em terra de computação gráfica, quem ousa fazer efeitos práticos é revolucionário. Não que o CGI seja algo ruim, no entanto, muitas produções o usam porque não querem ter outros gastos. Jurassic Park mostrou que vale a pena investir na construção de criaturas e cenários reais. Os dinossauros que aparecem no filme realmente foram fabricados, o que tornou a experiência muito mais gratificante. Com o sucesso do filme, outros estúdios passaram a aderir mais aos efeitos práticos. Um exemplo recente de que às vezes esse é o melhor caminho foi Mad Max: Estrada da Fúria, já que todas aquelas batidas e explosões de carros foram reais.

7 - Batman: O Cavaleiro das Trevas

No filme antecessor, Christopher Nolan já havia mostrado que um filme de super-herói pode ser realista e sério. Na sequência, a produção foi além e fez seu caminho até a elite da indústria, provando que os heróis podem chegar ao Oscar. Além disso, o longa conseguiu explorar a complexidade de seus personagens e aprofundar a história em um nível que poucas obras do gênero fez.

8 - Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel

No gênero fantasia, a obra de Peter Jackson ainda será referência por muitos anos. Fã de J.R.R. Tolkien, o cineasta fez um excelente trabalho de adaptação do clássico livro do autor. O sucesso e a qualidade da produção levaram os filmes a concorrer nas principais categorias do Oscar, sendo que o último faturou o de Melhor Filme. Assim, Senhor dos Anéis abriu as portas para outras produções do gênero ter espaço para disputas, um lugar que antes era praticamente reservado aos dramas.

9 - Tubarão

O filme foi o grande responsável por fomentar o mecanismo de divulgação de filmes. Os blockbusters são como conhecemos hoje graças a Tubarão. O famoso sucesso feito boca-a-boca transformou o marketing de Hollywood. O filme também revolucionou - mesmo que acidentalmente - o modo como o vilão é tratado no filme. Aqui, o animal-título faz o papel de antagonista da história, no entanto, durante a projeção o espectador quase não o vê. Seus ataques são silenciosos, certeiros e misteriosos, eternizados pela lendária trilha sonora de John Williams.

10 - X-Men: O Filme

Ansioso por Vingadores: Guerra Infinita? Doido para conferir Aquaman ou Deadpool? O cinema hoje está recheado de super-heróis e o novo gênero de Hollywood deve muito a Bryan Singer e seus mutantes. Oito anos antes da Marvel Studios começar com seu universo compartilhado, os X-Men já tinham um mundo para chamar de seu. Foi graças ao sucesso desses heróis que hoje temos grandes produções baseadas em histórias em quadrinhos.

O que achou da lista? Qual outro filme blockbuster que mudou e/ou inspirou a história do cinema? Gosta de todos eles? Compartilhe sua opinião com a gente.

Próxima Matéria
Via   WC  
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Para mais aventuras Instagram: @gabinoronhaf Para comentários aleatórios e breves análises Twitter: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+