icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


10 maneiras mais bizarras que a ciência acabou descobrindo algo

POR Natália Pereira EM Ciência e Tecnologia 06/03/18 às 17h48

capa do post 10 maneiras mais bizarras que a ciência acabou descobrindo algo

A ciência se desenvolve, na maioria das vezes, por meio de muito esforço e estudo. Para se descobrir algo, primeiro você deve saber o que está procurando, fazer uma pergunta a respeito e, em seguida, fazer uma análise detalhada do seu objeto de estudo, a fim de encontrar uma resposta para o seu problema. As descobertas científicas, em geral, precisam ser comprovadas por meio de um embasamento teórico, e apresentar justificativas plausíveis para o ponto abordado.

Essa pode ser, para você e a maioria das pessoas, uma explicação simples para definir o que é ciência. Mas, ainda que essa seja a forma correta de se descobrir algo de forma concreta e confiável, algumas delas já foram feitas ao acaso. Acidentes acontecem e, vez ou outra, eles podem ser positivos e proporcionar um desenvolvimento inesperado para a ciência e a própria humanidade. E foi pensando nessas descobertas inesperadas feitas pela ciência que resolvemos montar essa lista. Você provavelmente nem imaginaria que todas essas coisas importantes não foram planejadas.

1 - Microondas

O dispositivo conhecido como magnetron foi usado na Segunda Guerra Mundial para produzir as microondas dos sistemas de radar. Porém, depois que a guerra acabou, um engenheiro da Raytheon chamado Percy Spencer começou a estudar o aparelho a fim de descobrir outras funcionalidades para ele. E foi aí que, depois de ficar um dia trabalhando com ele, Percy percebeu que o chocolate que estava em seu bolso havia derretido.

2 - Penicilina

Um descuido que trouxe uma grande mudança para a medicina. Alexander Fleming estava testando um vírus da gripe, no ano de 1928, pouco antes de sair de férias. O teste foi feito em um molde e, quando saiu para sua viagem, acabou deixando o molde da forma como estava. Depois de 2 semanas, quando ele voltou, percebeu que bactérias haviam crescido por toda a sua borda, mas não conseguiram se desenvolver no local em que foi feito o teste. Isso trouxe a incrível descoberta da penicilina.

3 - Chiclete

O amado chiclete, assim como as descobertas anteriores, surgiu ao acaso. No ano de 1870, um homem chamado Thomas Adams estava tentando usar a seiva de uma árvore sul-americana para substituir a borracha. Depois de falhar em sua tentativa e ficar frustrado, ele acabou colocando a substância na boca e gostou do resultado.

4 - Botox

A toxina estava sendo usada por um casal chamado Alastair e Jean Carruthers em 1987 para tratar seus espasmos musculares, na região dos olhos, e tiques na pálpebra quando perceberam o "efeito colateral" causado por ela. O resultado agradável gerado por ela deu origem ao Botox com essa finalidade.

5 - Conhaque

Essa amada bebida surgiu depois que um navio holandês, que trasportava vinho, precisou encontrar uma maneira para facilitar o seu transporte no século XVI. Eles resolveram então fazer um processo conhecido pelos holandeses como "Brandewijn". O processo consistia em esquentar o vinho para fazer com que ele ficasse mais concentrado até que chegassem em seu destino. A ideia era diluí-lo depois para que voltasse a ser como era antes mas, o que eles não esperavam é que a nova bebida fizesse grande sucesso.

6 - Anestesia

Apesar de existir algumas discussões a respeito de quem descobriu realmente a anestesia, as afirmações costumam girar entre Horace Wells e Charles Jackson. Pelo que se sabe, por volta de 1800, o éter e o óxido nitroso eram usados para a diversão das pessoas na "festa do riso". Mas, depois que um amigo consumiu muito do produto e acabou se machucando, puderam perceber que a dor parecia ter sido reduzida. Mesmo com a disputa entre os dois sobre quem realmente teria criado, aparentemente alguém teve que se machucar para isso.

7 - Cianoacrilato

Conhecido popularmente pala marca Super Bonder, o Cianoacrilato foi descoberto com a função de uma Super Cola depois que o engenheiro Harry Coover, da Kodak, e sua equipe estavam tentando fazer uma espécie de plastico para o visor das armas, durante a Segunda Guerra Mundial. Mas, ao invés disso, eles descobriram que ela servia como uma cola extremamente poderosa.

8 - Viagra

Uma pilula estava sendo desenvolvida para a cura da Angina, e acabou sendo testada em uma aldeia em 1992. O resultado mostrou que, apesar de não exercer a função esperada e curar o problema, os homens que ingeriram o medicamento tiveram uma reação diferente a ele. O resultado inesperado fez com que o remédio fosse desejado pelos homens para fins sexuais, e foi comercializada como o Viagra que conhecemos hoje.

9 - Pólvora

Enquanto um grupo de alquimistas da China, no século XIX, tentavam encontrar a fórmula para o Elixir da Vida Eterna, eles criaram uma mistura um pouco diferente do esperado. Depois de misturar salitre, enxofre e carvão vegetal, os alquimistas deram origem a pólvora. Apesar do resultado ter sido um pouco mais "explosivo" do que eles esperavam, ela acabou sendo muito utilizada.

10 - Adoçante

Depois de um dia longo estudando reações químicas com alcatrão de hulha com fósforo, amônia e outros, o químico russo Constantin Fahlberg simplesmente esqueceu de lavar as mãos e foi para a casa comer. Esse ato um pouco imprudente fez com que ele descobrisse a Sacarina, um adoçante, depois que percebeu que a sua mão estava doce.

Nem todas as descobertas são planejadas, e esses exemplos são a prova disso. Alguns deles foram fundamentais para outras descobertas no futuro e, em geral, são coisas muito usadas até mesmo em nossa dia a dia. E aconteceu assim, ao acaso. Você sabia disso?


Próxima Matéria
avatar Natália Pereira
Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest