• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


10 melhores países para crianças crescerem

POR Cristyele Oliveira    EM Curiosidades      10/10/19 às 14h48

Não resta nenhuma dúvida que as crianças nascidas hoje em dia tem maiores chances de crescerem saudáveis, educadas e protegida. Comparada a algumas gerações atrás, isso é muito. Se essas crianças nascerem em Cingapura então, as chances são ainda maiores. Isso porque a cidade estado foi classificada em primeiro lugar na lista de 176 países onde a infância é menos ameaçada, ou seja, onde os pequenos podem crescer com mais qualidade de vida.

O ranking foi feito a partir de um estudo da organização sem fins lucrativos Save the Children, que publica anualmente um relatório sobre as questões relacionadas a infância no mundo. Em 2019, a cidade do leão foi classificada como o melhor lugar para ser criança em todo o planeta.

Divulgado no primeiro semestre desse ano, Índice de Fim da Infância avalia diversos critérios, mas principalmente onde as crianças mais perdem a infância. Por fim, eles classificam cada país em uma escala que vai de 1 a 1.000. Isso levam em consideração pontos como mortalidade infantil, desnutrição grave, crianças foram da escola. E também crianças que precisam arcar com os encargos dos papéis de adultos no trabalho, casamento e maternidade.

Os melhores países

Cingapura atingiu a maior pontuação entre os 176 países analisando, chegando a incríveis 989 pontos. Segundo o relatório, a taxa de mortalidade de crianças com menos de 5 anos a cada mil nascidos é de apenas 2,8. O que caracteriza uma das taxas mais baixas do mundo.

Além do mais, o relatório ainda revelou que não houve registros de crianças desnutridas com idades entre 0 e 59 meses. Muito menos crianças de 5 a 17 anos participando de trabalho infantil desde 2013. Quanto a educação, apenas 0,1% das crianças em Cingapura não estavam frequentando a escola primária ou secundária.

Confira a seguir os 10 melhores países para crianças crescerem segundo esse ranking.

1 - Cingapura

2 - Suécia

3 - Finlândia

4 - Noruega

5 - Eslovênia

6 - Alemanha

7 - Irlanda

8 - Itália

9 - Coreia do Sul

10 - Bélgica

Demais países

Outros países de destaque que ficaram fora do top 10 foi a Austrália, que ficou em 15°, o Japão em 19°, o Reino Unido em 22° e os Estados Unidos empatados com a China em 36°.

Em contrapartida, o Brasil não ficou em uma posição muito boa no ranking geral, ocupando apenas a 99° posição. Ainda mais devido ao alto índice de mortalidade de crianças com menos de 5 anos, sendo 14.8 para cada 1.000 nascimentos. Aliado a altíssima taxa de desnutrição, trabalho infantil e crianças foram da escola.

Mas isso ainda é muito melhor do que nove anos atrás. Segundo o relatório, 173 dos 176 países tiveram uma melhora significativa na qualidade de vida para as crianças nesse período. Obviamente, os países que enfrentam conflitos armados e pobreza generalizada ocuparam as últimas posições. Nesses países, como a República Centro-Africana, as crianças são menos propensas a experimentarem completamente a infância.

Enfim, o que achou desse ranking? Concorda com a posição do Brasil? Conta para a gente nos comentários e aproveite para compartilhar com os seus amigos.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+