• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


10 países secretos que você não conhecia

POR A redação    EM Entretenimento      16/11/15 às 15h55

O mundo é maior do que imaginamos. Dizemos isso porque a ONU reconhece 193 países, mas organizações como o Comitê Olímpico Internacional e a Fifa têm mais de 200 países membros. Bem, vamos começar falando sobre o que faz um território ser reconhecido como país e depois você vai conhecer 10 países dos quais você nunca ouviu falar antes.

De acordo com o texto da Convenção Interamericana sobre os Direitos e Deveres dos Estados, de 1933, para um país existir como "pessoa de Direito Internacional" deve apresentar os requisitos: população permanente, território determinado, governo e capacidade de se relacionar com outros países. Segundo o site da ONU Brasil, para se tornar membro da organização, basta que o país se comprometa com o que está previsto na Carta das Nações Unidas, elaborada na Conferência sobre Organização Internacional de  1945.

O Ultra te convida a conhecer hoje alguns dos países menos comentados do planeta, mas com histórias curiosas sobre sua formação. Acompanhe:

1- Republica da Lakotah

primeira

Imagina um país centenário da América do Norte que é do tamanho da Síria você nunca ouviu falar. Esse país é a República da Lakotah. Eles eram a antiga pátria tribal Lakota Sioux que assinou um acordo com Washington em 1868 e ganhou direito de governo sobre seu território.

2- Baluchistão

balochistão

Baluchistão é a maior província do Paquistão. Em Agosto de 1947 o território que correspondia a 45% do Paquistão tornou-se nação independente. Tem uma extensão de mais de 347 mil quilômetros e mais de 7,1 milhões de habitantes.

3- Epiro do Norte

Epirus

Epiro do Norte é a concentração de gregos no Sul da Albânia. A Grécia alegou em 1914 que aquela região era um Estado Independente. Ainda assim, o desejo de Epirus era tornar-se parte da Grécia. Mas o ditador albanês, durante o regime comunista, deu o controle de 99 aldeias ao controle de Epirus.

4- Abecásia

abecásia

Esse país já entrou em guerra por território com a Geórgia e desde 1993 é nação independente. Toda a parte do Norte da Geórgia pertencia à União Soviética. Depois do colapso da URSS, a região de Abecásia caçou os Georgianos de suas fronteiras e estabeleceu-se como país livre.

5- Ossétia do Sul

ossetia

Esse país tem uma população de 50 mil pessoas. No entanto, seus cidadãos consideram que seu território constitui uma nação independente. Eles têm sua própria língua e também ganharam status de país livre depois da queda da União Soviética.

6- Barotseland

barotseland

Barotseland é um país da África Central do tamanho da Inglaterra. Eles se auto-consideram a nação mais jovem do planeta. Em março de 2012 o Consul de Barotseland declarou que o país tornava-se independente de Zâmbia.

7- Chinaland

chinaland

Chinaland está na parte ocidental de Myanmar e é cercada por Índia e Bangladesh. Sua população têm 1 milhão e meio de pessoas distribuídas em um número impressionante de tribos. Eles formam o maior grupo étnico da região com 63 tribos e 20 dialetos diferentes.

8- Degar

degar

Um povo que surgiu nas montanhas do Vietnã e sofreram perseguição por serem cristãos. Até 1954 a França tinha interesse no território de Degar. Como o país já estava bem estruturado e não havia mais motivações para o andamento do plano francês, foi realizado um acordo que mantinha Degar como um país independente.

9- República do Nagorno

nagorno

A ONU considera a República de Nagorno como parte integrante do Azerbaijão. Mas depois que a União Soviética foi dissolvida, Nagorno lutou para tornar-se independente. Contudo, desde o cessar fogo em 94, ainda existem tropas armênias nos territórios de Nagorno.

10- Soberana Ordem Militar de Malta

Malta 170710S

Ao contrário de outros países da lista, a Ordem de Malta é reconhecida em todo mundo como país. Eles mantêm relações bilaterais com 105 países e relações diplomáticas com outros 6 países mais a Palestina - que ainda é um território disputado em guerra.

A Ordem foi fundada por cavaleiros católicos no século 11 na Ilha de Malta. Depois da "visita" de Napoleão, eles foram chutados para a Itália, aonde se reorganizavam todas as nações cristãs. Hoje em dia a ordem ocupa dois edifícios em Roma e não pretendem reocupar a Ilha de Malta. Seus 13.500 membros se ocupam principalmente do trabalho humanitário.

Próxima Matéria
A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+