icone menu logo logo-fatos-historicos.png


19 anúncios publicitários assustadores do passado

POR A redação EM História 29/08/15 às 20h03

capa do post 19 anúncios publicitários assustadores do passado

A publicidade realmente mudou ao longo dos últimos 60 anos. Ela evoluiu com a sociedade. Mais mulheres estão trabalhando fora de casa, as crianças estão sendo protegidas de maus hábitos comuns no passado. Devido a essas alterações, é sempre interessante olhar para trás para ver como os anúncios eram populares no passado.

Em 1663, a Alemanha publicou a primeira revista do mundo chamada Erbauliche Monaths-Unterredungen, ou "Debates mensais sobre edificações". Em 1731 foi lançado na Inglaterra a primeira revista de interesse geral voltada para homens.

A primeira revista para mulheres surgiu em 1739 abordando temas como literatura e moda. Em 1741, Benjamin Franklin ia lançar a primeira revista americana, mas seu projeto não deu certo. Em 1843 foi lançada a revista The Economist, em 1857.

A publicidade é considerada um incômodo para alguns, um trabalho para os outros e uma necessidade para muitos.  Hoje os anúncios mais eficientes são feitos através de buscas que realizamos na internet. Eles são pequenos, eles não contêm imagens grandes e elegantes e são efetivos.

No final de 1800, durante a revolução industrial, os produtos industrializados tornaram-se cada vez mais populares e os fabricantes tinham que anunciar seus estoques que tinham produzido. Foi assim que a publicidade em larga escala começou.

No início, os anúncios eram frequentemente em preto e branco, com artes e texto. No momento, a tecnologia de impressão não tinha evoluído o suficiente para imprimir imagens reais e na maioria dos casos, a impressão a cores não era acessível para jornais e revistas.

Hoje, quando olhamos para trás, os anúncios parecem extremamente estranhos. Com o passar dos anos, grandes ilustrações, estilo art-deco, capturavam a atenção de leitores em todo o mundo. Embora a qualidade e o impacto emocional tenham levado muito tempo para evoluírem, a publicidade avançou de forma extraordinária.

O Ultra Curioso separou a seguir 19 anúncios publicitários do passado que seriam considerados extremamente bizarros atualmente:

"Um fumo agradável"

"Crianças e álcool"

"Se você pensa que essa arma é boa, espere até ouvi-la."

"Coisas boas são vistas em Du Pont Celofane."

Quem fez essa peça publicitária nunca imaginou a ironia do futuro.

"Porque a inocência é mais sexy do que você pensa."

Crianças e álcool eram uma combinação comum.

"Gillette segura"

"A alegria de comer bem"

"Tenha um novo visual com novas sobrancelhas"

"Para o controle da agitação senil"

"Prove e compare"

"Sementes de J.A Simmers"

"O prazer das fatias"

Obsessão

Poderia ser confundido com um cartaz de filme de terror.

Mais uma vez as crianças em propagandas perturbadoras.

"Faz crianças e adultos mais gordas que porcos."


Próxima Matéria
avatar A redação
A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest