icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


5 coisas que seus pais assistiam secretamente quando estavam sozinhos

POR Júlia Marreto EM Curiosidades 26/04/16 às 14h50

capa do post 5 coisas que seus pais assistiam secretamente quando estavam sozinhos

Quem nunca se perguntou o que nossos pais faziam quando estavam sozinhos? Muitas vezes somos tão egoístas, nada mais natural, papel de filhos mesmo, que não percebemos que nossos pais são seres humanos, assim como a gente. Claro, todos desejaríamos que eles fossem super-heróis, mas um dia a realidade chega, bate na nossa cara e mostra que a vida vai muito além do nosso mundinho-quarto.

Quando adultos, muitas dúvidas da infância são resolvidas em nossas cabeças, algumas porque perguntamos, outras porque vivenciamos e outras porque apenas imaginamos a solução daquelas perguntas e, convenhamos, muitas vezes nos arrependemos só de imaginar. Principalmente quando essas questões estão relacionadas com nossos pais, afinal de contas, são nossos pais!, não deveriam ser nada além disso. Mas a vida prova que não.

E é naquele momento da adolescência, quando você flagra sua mãe ou pai (ou os dois) em atos duvidosos, que você jamais acreditou, ou simplesmente nunca passou pela sua cabeça, que eles fossem capaz de fazer que a vida te joga do penhasco mais alto. Nem tudo é ruim, algumas coisas acontecem para nos ajudar a amadurecer e acabam fortalecendo nossa relação com nossos pais.

E foi pensando nisso que nossa redação selecionou uma lista com 5 coisas que seus pais assistiam secretamente quando estavam sozinhos.

1. Cine Privé

Pelos idos de 1993, era mais conhecido como Sexta Sexy, e como o próprio nome já dizia, passava nas madrugadas de sexta. Pouco tempo depois, mais ou menos em 1995, o programa foi realocado para as madrugadas de sábado para domingo, à 1h30, tendo seu nome alterado para Cine Band Privé. O programa que era apresentado na Rede Bandeirantes, possuía como repertório filmes sensuais e eróticos, sem chegar ao pornô escrachado, do mais variados estilos, desde comédias aos mais sofridos dramas. Em sua época, foi um dos programas com maior número de de audiência e conquistava os picos em seu horário.

2. Intercine

Era um programa de filmes da Rede Globo, que passava nas madrugadas após o Programa do Jô. Teve sua inauguração em abril de 1996, sendo o primeiro programa do tipo interativo. Consistia em basicamente passar o filme e nos intervalos a emissora disponibilizava um número 0800 para que os telespectadores pudessem ligar para escolher qual seria o filme da próxima "sessão". A sessão ia ao ar mais ou menos às 23h, dependendo dos programas anteriores.

3. Corujão

Entre 1972 à 1974 era a Sessão Coruja, de 1974 à 1986 Coruja Colorida e de 1986 até hoje é o Corujão. É a única sessão exibida de domingo a domingo. Durante as de cadas de 70, 80 e 90, de segunda à sexta, a emissora saía do ar por algumas horas. E é por isso que o programa só era exibido nas madrugadas de sábado para domingo. Apesar de não apresentar apenas filmes com teor erótico e sensual, os filmes exibidos são muitas vezes clássicos com classificação indicativa acima de 16 anos.

4. Presença de Anita

Foi uma minissérie da Rede Globo, livremente inspirada na obra de Mário Donato. A trama está envolta à vida de Anita, moça bonita e sedutora, que chega à cidade de Florença (SP), e conhece Fernando, que é casado com Lúcia Helena. O casal está em crise e por esse motivo foi para a cidade natal de Lúcia. Anita mora em um sobrado, onde aconteceu um crime passional e tudo que se sabe sobre seu passado é que morou com um artista plástico que conhecera aos 12 anos de idade, e apesar de parecer ingênua é bastante lasciva. Anita é uma versão, mais recente e adaptada aos costumes brasileiros, da Lolita, de Vladmir Nabokov.

5. Linha Direta

Esteve ao ar entre 1999 e 2007, na Rede Globo. Foi um programa de denúncias sobre crimes que aconteciam nos quatro cantos do país, cujos autores dos crimes estariam foragidos.  O estilo do programa era à base de simulação dos fatos e denúncia. O programa possuía uma central telefônica 24h, para a qual as pessoas podiam ligar e de nunciar, tanto crimes quanto ajudar na descoberta do paradeiro dos foragidos.

Será que você se lembra desses programas? E dos seus pais pedindo para que você saísse da sala para que eles pudessem assistir? Lembram de mais programas que eles "preferiam" assistir sozinhos? Comentem com a gente!


Próxima Matéria
avatar Júlia Marreto
Júlia Marreto
É a dona de um coração esculpido pela literatura e preenchido pelos bons vinhos de Baco. Guiada nas artes da vida por Ares, possui a discreta delicadeza de um elefante pulando carnaval numa loja de cristais! Movida diariamente pelo combustível da vida: o café, essa garota possui raízes profundas na poesia da vida. É muito séria, mas sabe brincar na hora certa. Ama os animais e detesta filme de terror. Apesar de cantar mal, canta com sentimento. E adora musicais! Sua principal tentativa desportiva é o baralho. Ela gosta mesmo é de coisas antigas, apaixonada pela vida e sonha com o universo. Instagram: , @juliamarreto
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest