icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


5 coisas que só quem cresceu no interior entende

POR Lucas Franco EM Mundo Afora 04/11/15 às 16h01

capa do post 5 coisas que só quem cresceu no interior entende

O interior do Brasil é imenso, cheio de cidadezinhas simpáticas que nem chegam aos 50.000 habitantes. Para quem nasceu e viveu em uma capital, esta pode ser uma realidade muito distante, mas faz parte da vida de milhões de brasileiros.

Por mais que morar na cidade grande tenha lá suas vantagens, o silêncio e a tranquilidade do interior faz toda a falta para quem cresceu longe dos grandes centros. Se você é um desses, certamente sabe bem do que estou falando. Os costumes e tradições das pequenas cidades não existem em nenhum outro lugar e deixam saudade para quem já fez parte desta realidade. Confira 5 coisas que só quem cresceu no interior entende, e conta pra gente do que você sente falta.

5 - Praça melhor que boate

Um hábito muito comum nas cidades mais pequenas do Brasil é o costume de a galera se reunir nas praças para beber, botar a conversa em dia e até mesmo dançar. Eles podem ficar a madrugada toda, até o sol nascer. Nem importa se não tiver música - ainda que, geralmente, alguém ligue o som do carro. Sem dúvida alguma, o que importa para eles são as amizades, e não o lugar em que estejam se reunindo.

4 - Um parente em cada esquina

Como não poderia deixar de ser, as cidades do interior estão cheias de grandes famílias. Há pelo menos um Alves, ou talvez um Costa, em cada bairro da cidade — assim como um Costa Alves (apenas para dar um exemplo). Aparentados a eles estão também os Monteiro, os Almeida, às vezes algum Resende. Aqueles que pertencem a uma destas famílias (ou a todas elas) esbarram em primos e tios durante toda a vida na cidade, mesmo quando não sabem disto. Eles estão nas escolas, nos supermercados, nos bares, nos parques... Às vezes um morador passa anos convivendo com alguém para então descobrir que na verdade são aparentados por alguma parte — ou mais de uma.

3 - Ruas lotadas de conhecidos

Sabe aquela história de que em cidade pequena todo mundo se conhece? Pois é, não é exagero nenhum. É praticamente impossível você sair na rua, nem que seja uma rápida ida ao mercado, sem dar de cara com pelo menos uma dúzia: parentes, amigos, ou mesmo apenas alguém que você conhece só de vista (mas, mesmo assim, sabe o nome, de quem é filho, se é primo de alguém e até alguns de seus podres).

2 - Todo mundo mora "logo ali"

Você acha que 3km é muita coisa? Bom, na cidade grande isso pode parecer pouco, já que, muito provavelmente, seus amigos mais próximos moram a mais de 10km de você. No interior, no entanto, você pode encontrar a maioria de seus conhecidos neste raio, de forma que dá para visitar todo mundo a pé mesmo. Uma coisa curiosa é que a mesma distância, na capital, geralmente é percorrida de carro. Quem entende?

1 - Um céu diferente

Ao contrário do que acontece nas capitais, sobre as quais o céu geralmente está encoberto por nuvens ou mesmo pela poluição, no interior as pessoas realmente param para ver as estrelas - e podem até juntar uma galera para isto. O espetáculo é um dos mais belos que você vai encontrar - algo tão simples e, no entanto, cada vez mais esquecido.


Próxima Matéria
avatar Lucas Franco
Lucas Franco
O cara que gosta do Batman! @heymac14
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest