• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


5 coisas que você não sabia sobre a Coréia do Sul

POR Lucas Franco    EM Mundo Afora      21/10/15 às 17h46

Os países orientais sempre despertam muita curiosidade no mundo ocidental devido à sua cultura tão diferente da nossa. Ainda que a Coréia do Sul seja um país bem semelhante aos seus vizinhos da região - comidas exóticas, tecnologia avançada, transporte público eficiente, grandes construções, etc - ela também tem seu quinhão de costumes bizarros e incomuns.

Os estrangeiros que viajam para o país ficam um tanto quanto espantados e ao mesmo tempo deliciados com tudo que o país tem a oferecer. Quero dizer, é bastante comum não sabermos muita coisa sobre a Coréia da Norte devido ao seu governo autoritário e fechado, mas mesmo o país vizinho, bem mais aberto, tem muitas facetas desconhecidas pelo mundo ocidental, como você pode conferir abaixo.

5 - Obsessão por cocô

1

Todo mundo na Coreia do Sul está obcecado com cocô. Quer se trate de um cookie em forma de bosta, um telefone em forma de fezes ou um museu em Seul dedicado a excrementos, os sul-coreanos simplesmente adoram. Acredite se quiser, se as crianças são deixadas para rabiscar um desenho livre, elas muitas vezes desenham formas de cocô exageradas e ainda as comparam com seus amigos. Não há nenhum estigma contra o humor escatológico na Coréia do Sul. A população gosta tanto de ir ao banheiro que os sanitários em todo o país, seja em casa ou em público, apresentam sons agradáveis de descarga, música de fundo e água colorida.

4 - Tocar o mesmo sexo

2

Na sociedade ocidental, dois homens de mãos dadas na rua automaticamente fariam as pessoas pensar que se trata de um casal homossexual. Na Coréia do Sul não. Enquanto tocar o sexo oposto em público é extremamente mal visto e considerado desrespeitoso para aqueles ao redor, sentar no colo de seus amigos ou brincar com seu cabelo é completamente aceitável. Mulheres e homens crescidos são frequentemente vistos de mãos dadas, compartilhando bebidas ou se abraçando. É a coisa mais normal.

3 - Muitos motéis

3

Como as demonstrações públicas de afeto são consideradas inadequadas, os motéis são incrivelmente populares na Coréia do Sul. Muitas vezes com temas elaborados e decorações ultrajantes, estes minúsculos quartos de motel servem como um ninho de amor para os casais que querem alguma privacidade. Você pode encontrar motéis em qualquer parte da cidade, abertos 24 horas por dia. Geralmente, eles cobram por hora.

2 - Consumo de Álcool

4

Brasileiros sabem beber: não há nenhuma dúvida disto. Mesmo assim, não somos nada comparados aos sul-coreanos. Ano após ano, a Coréia do Sul aparece no topo dos países com o maior consumo de álcool de mundo. Se alguém coloca uma bebida na sua frente no país, é considerado rude recusá-la. Também é bastante comum encher os copos de todo mundo antes de beber do seu. Os sul-coreanos trabalham muito, mas eles também amam seu licor - especialmente o soju, uma bebida destilada feita de arroz ou cevada. O problema com a bebida no país tornou-se tão grave que muitos homens vão direto do bar para seus empregos, várias vezes por semana.

1 - Decote proibido

5

Após desembarcar na Coréia do Sul, a primeira coisa que você vai reparar é o quão curtas são as saias das mulheres. Embora não exista nenhuma restrição ao comprimento na parte de baixo, decotes são considerados grosseiramente inadequados e ousados. Se alguém sair assim na rua, certamente vai receber olhares de desaprovação do público, bem como críticas e gritos de indignação.

Próxima Matéria
Lucas Franco
O cara que gosta do Batman! @heymac14
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+