• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


5 crimes repulsivos do Coringa

POR Gabi Noronha    EM Fatos Nerd      14/02/17 às 12h20

Podemos concordar em uma coisa, todos os vilões do Batman, de alguma forma, são reflexos dele mesmo. Eles representam sua própria personalidade, seu cérebro danificado ou seus piores medos de si. Dito isso, podemos concordar em outro ponto, o Coringa é o melhor vilão do Cruzada de Capa e um dos melhores vilões da história dos quadrinhos. Ele sempre está disposto a fazer qualquer coisa, não importa o quão psicótico ou depravado, para convencer Batman que eles são basicamente os mesmos.

Portanto, de certa forma, o Coringa é um dos trolls mais dedicados de todos os tempo. Ele faz qualquer coisa para chamar atenção do Batman e, ao longo desse caminho doentio, ele cometeu crimes bárbaros, apenas para provar seu ponto.

1 - Matou a esposa de James Gordon

Depois do comissário se divorciar da primeira esposa, ele começa a namorar Sarah Essen. Logo os dois se casam e, apesar da intensa dedicação de Gordon para com seu trabalho, ele fica muito feliz com sua nova vida, até o Palhaço do Crime aparecer. O Coringa não gosta quando seus inimigos experimentam momentos de felicidade em suas vidas. Por isso, ele logo arma tudo para arruinar a vida do comissário.

No final da épica HQ de Batman - Terra de Ninguém (2000), o Coringa sequestra todos os bebês de Gotham e os mantém em cativeiro no porão do Departamento de Polícia da cidade. Sarah, também uma detetive, é a primeira a chegar na cena, mas ela cai direto na armadilha do Palhaço, o qual simplesmente lança o bebê para ela. Sarah se joga na tentativa de segurá-lo, mas Coringa atira em sua cabeça antes mesmo dela pegar a criança. Ele deixa a cena do crime e o corpo da mulher no chão. O bebê ainda rasteja até ela em uma poça de sangue. Mórbido, não?!

2 - Deixou Bárbara Gordon paraplégica

De tantas atrocidades que o Coringa cometeu, paralisar Bárbara Gordon é uma das mais lembradas. O crime ocorreu em Piada Mortal (1988), quando ele decide atingir Batman onde mais dói, o plano inclui reduzir o número de aliados que Cavaleiro das Trevas mais confia.

Agora, como ele executaria esse plano? Simplesmente indo até a casa de Bárbara, batendo em sua porta e, quando ela abre, ele atira em seu estômago. A bala atinge a espinha dorsal de Bárbara, a deixando paraplégica.

3 - Pior patrão do mundo

A graphic novel Coringa (2008) de Brian Azzarello, é uma inspiração em O Cavaleiro das Trevas, porém, com o personagem mais realista, acrescentando mais alguns níveis de loucura na pessoa. O personagem principal é um bandido chamado Johnny Frost, que atua como motorista do Coringa, assim que este é liberado do Asilo Arkham. Depois de Frost ter um encontro secreto com Duas Caras (que está em pé de guerra com Coringa), o Palhaço do Crime do crime descobre e se vinga do motorista estuprando sua esposa.

Em outra parte da história, fica fortemente sugerido que ele faz um presidente de banco realizar um ato desagradável com a foto de sua própria filha. Fica pior quando Coringa pega o capanga Monty e o esfola vivo.

4 - Convidar amigos para jantar

No final de A Morte da Família (2013), o Coringa captura Batman e o prende na mesa de jantar e, claro, ele não está sozinho. O Palhaço também "convidou" Batgirl e os Robins, todos eles presos à mesa, com a cabeça coberta por um pano escuro. Na mesa, em frente a cada um deles, há um prato tampado e, quando menos esperamos, Alfred surge com um largo sorriso, provocado pelo famoso gás tóxico do Palhaço.

O mordomo remove o capuz de todas as vítimas, para o espanto de todos. Porém, o verdadeiro choque vem depois, quando Alfred destampa os pratos e nós podemos, finalmente ver o que tem neles: a face de cada um dos "convidados". Mas a festa do Coringa não dura muito mais, Batman consegue se libertar e desamarrar seus amigos, quando eles realizam que tudo não passou de uma pegadinha mórbida do Palhaço do Crime. Os rotos de todos estão intactos.

5 - Espanca Jason Todd até a morte

O assassinato de Jason Todd é um dos crimes mais lembrados de Coringa. Morte em Família (1988) foi uma HQ bastante controversa Jason Todd assumiu o manto de Robin depois que Dick Grayson saiu para se tornar Asa Noturna. Seu destino foi traçado em um concurso na vida real realizada pela própria DC, para saber se ele viveria ou não no final da história.

Infelizmente para Todd, o público escolheu por sua morte. Na história, ele busca pelo paradeiro de sua mãe, mas sua busca o leva diretamente às mãos do Coringa, que não perde a chance e espanca o Robin até a morte com um pé de cabra. No fim ele ainda explode o lugar com o corpo de Jason e sua mãe dentro.

O Coringa é um psicopata, nada o satisfaz mais que provocar seus alvos, seja através do caos, do medo, do delírio. Ele adora provar que está certo, não importa como, não importa os meios. Esses foram alguns exemplos de atos hediondos que um dos maiores vilões dos quadrinhos cometeu. Gostaram da lista? Tem mais algum crime para acrescentar? Comente o que acharam.

Próxima Matéria
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Para mais aventuras Instagram: @gabinoronhaf Para comentários aleatórios e breves análises Twitter: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+