icone menu logo logo-fatosnerd.png


5 filmes que mataram suas franquias de sucesso

POR Gabi Noronha EM Fatos Nerd 06/07/17 às 19h45

capa do post 5 filmes que mataram suas franquias de sucesso

Estamos em uma época onde basta um filme fazer bonito nas bilheterias que o estúdio rapidamente o transforma em uma duradoura e lucrativa franquia. O termômetro é o arrecadamento mundial; as empresas cinematográficas ficam de olho, principalmente, no circuito chinês. Este é o atual cenário do cinema hollywoodiano. Um exemplo é Pacific Rim de Guillermo del Toro que no mercado americano fez apenas U$ 101 milhões, no entanto, fora dos Estados Unidos o filme lucrou U$ 309 milhões, o suficiente para ganhar a aprovação de Hollywood. No entanto, nem todas as produções que conseguem tal feito, garantem sua sequência.

De qualquer forma, quando a indústria vê potencial em determinada produção, o espectador pode esperar uma leva dos mesmos filmes pelos próximos anos, como é o caso de Velozes e Furiosos, Transformers e Jogos Mortais - franquias que já passaram do ponto, mas por serem lucrativas, ainda insistem em aparecer nas telas dos cinemas.

O problema quando esse prolongamento - muitas vezes não planejado - acontece, há o risco dos estúdios se perderem no meio da história e acabar por produzir filmes sem nexo um com o outro, contraditórios, incompletos e desnecessários para o universo do qual faz parte. A seguir, apresentamos alguns casos em que um filme específico foi justamente responsável por colocar abaixo sua franquia.

5 - Exterminador do Futuro: Rebelião das Máquinas (Salvação e Genesis também podem ser acrescentados)

James Cameron além de criar uma obra-prima da ficção científica, ainda conseguiu revolucionar o gênero com Exterminador do Futuro. Eles são uma prova de que uma produção pode funcionar perfeitamente apenas com dois filmes. A história de Sarah e John Connor teve um excelente começo, meio e fim em duas partes e poderia - na verdade, deveria- ter continuado assim. Mas claro, ao falarmos de Hollywood, não há tantas esperanças assim. Por isso, fizeram mais um filme no qual a trama apresentada distorce tudo o que foi defendido e desenvolvido nos filmes anteriores. O filmes foi um fracasso, mas o estúdio achou que poderia reviver a franquia dando uma continuação a ela. Isso mesmo. Não um reboot, não uma história original. Uma continuação. Veremos até quando a brincadeira dura.

4 - Batman e Robin

Batman já circula pelas telonas muito antes do Cavaleiro das Trevas de Chris Nolan. No final da década de oitenta, o cineasta Tim Burton apresentou sua própria visão do herói e pretendia construir um universo para ele. Estrelado por Michael Keaton, o primeiro filme teve seu devido sucesso, tanto que até conseguiu uma sequência: Batman - O Retorno. Com Keaton reprisando o papel do vigilante de Gotham e Michelle Pfeiffer como a melhor Mulher Gato que o cinema já viu (até o momento). A segunda parte do filme foi tão boa quanto a primeira e, claro, por que parar por ai?

Mas então Burton se afastou do projeto e Joel Schumacher chegou para assumir. Apesar das boas intenções, Batman e Robin não deu o retorno esperado. Depois dos polêmicos mamilos no traje do Batman, precisou dez anos até Bruce Wayne reaparecer nos cinemas.

3 - Lara Croft: Tomb Raider - A Origem da Vida

Essa foi uma área que Hollywood - ao menos por enquanto - não conseguiu acertar: a adaptação de games. Entre diversos exemplos, temos Tomb Raider, o qual teve a sorte de ganhar mais um filme. (Nem todos conseguem a mesma façanha de Resident Evil). Em semelhança física, não houve o que reclamar de Angelina Jolie como Lara Croft, por outro lado, a história do filme não era nada parecida com os jogos e mesmo assim teve continuação. A segunda parte foi mais desastrosa que seu antecessor, então decidiram parar. No entanto, ano que vem tem mais. Dessa vez, com Alicia Vikander no papel da personagem título e com a história adaptada do game reboot da série.

2 - A Múmia: Tumba do Imperador Dragão

Em 2001 a Universal Pictures alcançou um feito difícil, lançou uma continuação melhor que a original. O Retorno da Múmia não apenas trazia todos os personagens do primeiro de volta, como também dava continuidade a história. O filme foi ótimo, cumpriu o que prometia e fez bonito para o estúdio. Não havia necessidade de mais um, mas não foi isso que aconteceu. Sete anos mais tarde, a terceira parte chegava aos cinemas com déficit no elenco. Rachel Weisz não quis retornar e foi substituída por Maria Bello. O problema é que os produtores tiveram a "brilhante" ideia de colocar Bello como a mesma personagem que outrora foi de Weisz. Se não bastasse isso, o filme ainda apresentou uma história fraca e que não acrescentava em nada na mitologia do universo criado anos antes.

1 - Lanterna Verde

Apenas para descontrair! Todos sabem que o fracasso no primeiro filme foi tão grande que a Waner Bros. não teve coragem de seguir em frente com uma sequência. Felizmente, ao que tudo indica, o erro tem sido corrigido, agora que a Warner/DC decidiram levar a sério seu universo expandido. Resta aos fãs aguardarem o anúncio oficial da volta de Lanterna Verde aos cinemas.

Esses foram alguns filmes que marcaram o "fim" de uma franquia. Você concorda com lista? Acha que eles foram tão ruins a esse ponto? Acredita que alguns títulos possam ganhar mais filmes? Não deixe de compartilhar com a gente sua opinião.


Próxima Matéria
Via   Screen Rant  
avatar Gabi Noronha
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Para mais aventuras Instagram: @gabinoronhaf Para comentários aleatórios e breves análises Twitter: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest