icone menu logo logo-fatosnerd.png


5 formais mais ridículas que personagens dos quadrinhos voltaram à vida

POR Fabio João    EM Fatos Nerd      21/06/17 às 18h46
capa do post 5 formais mais ridículas que personagens dos quadrinhos voltaram à vida

Dentro dos quadrinhos, a morte se tornou uma coisa cada vez mais subjetiva. Os heróis morrem e voltam à vida em uma facilidade jamais vista, e você pensando que o Goku é que voltava muito dos mortos. No entanto, o detalhe curioso não está na ida e vinda do mundo dos mortos e sim na forma que esses personagens voltam.

Enquanto Goku e outros guerreiros Z podem contar com as tão aclamadas esferas do dragão, os personagens dos quadrinhos não possuem essa mesma sorte, e é aí que mora o grande desafio dos retoristas:, justificar de forma convincente que esse personagens foram capazes de voltar a vida (às vezes, mais de uma vez). Nós sabemos que nem sempre essa justificativa é suficiente e eles acabam criando as maneiras mais ridículas que personagens dos quadrinhos voltaram a vida. Quer ver só?

1 - Noturno se teletransportando do céu

Um dos mutantes mais adoráveis do universo X-Men, o Noturno sacrificou a sua vida para poder salvar a mutante Hope em um ato verdadeiramente heroico. Conhecido por ser um personagem religioso, Kurt foi direto para o reino dos céus, mas mesmo com essa graça concedida ele preferiu aproveitar ao máximo os seus dias de transição entre o mundo dos vivos e dos mortos. No entanto durante uma invasão ao céu, liderada por seu pai Azazel, Noturno não viu outra chance de vitória a não ser se teletransportando junto de seu pai para a terra. E, acredite, ao fazer isso Kurt Wagner deixou o céu e simplesmente voltou à vida.

2 - Alfred Pennyworth volta como um super-vilão 

Uma coisa que acontece nos quadrinhos de forma corriqueira é o regresso de alguns personagens do mundo dos mortos, contudo tal renascimento não é restrito aos heróis super poderosos. Alfred Pennyworth é um exemplo vivo disso. O personagem, que ao longo dos anos se mostrou extremamente fiel ao seu patrão Bruce, na década de 60 colocou toda sua fidelidade a prova, sacrificando a sua vida para salvar a dupla dinâmica de uma pedra gigante. Aquele que era para ser o final da história de Alfred se tornou o início de um pesadelo para os fãs de Batman. Na mesma edição em que é declarada a morte de Pennyworth, um cientista encontra o corpo dele e percebe que na verdade ele não está completamente morto. Por meio de suas experiencias, ele concede uma nova vida ao famoso mordomo, mas agora como o vilão Outsider. A nova vida foi concedida a Alfred a partir de um conveniente raio regenerativo que o tal cientista tinha em seu laboratório, que sorte não?

3 - Jason Todd volta depois do soco que quebrou a continuidade

Tanto a morte quanto a ressurreição de Jason Todd são muito lembradas no universo DC, ainda que por motivos distintos. O personagem, que foi o segundo Robin, teve a sua morte decretada por voto popular e o responsável de dar cabo a vida de Todd foi o Coringa a golpes de pé de cabra. O seu retorno ficou bem conhecido também, pois fez parte de uma das séries de quadrinhos mais conhecidas da DC, Crises nas Infinitas Terras, onde todos os personagens de universos alternativos foram reunidos em um único mundo. O responsável direto para a ressurreição de Jason Todd foi uma versão alternativa do Superman conhecida como SuperBoy Prime. O personagem, que ficou congelado dentro dessa dimensão, impedido de alcançar o seu potencial máximo como heró,i ficou tão irritado que, quando deu um soco, ele conseguiu acertar a própria continuidade. Ou seja, o poder do golpe foi tão grande que naquele momento ele foi capaz de alterar a realidade e trazer Jason Todd de volta a vida.

4 - Peter Parker reviveu de uma aranha gigante

Talvez a morte e ressurreição mais estranha dos quadrinhos fique por conta do escalador de paredes Peter Parker. O personagem certa vez lutou contra uma vilã intitulada Rainha, que possuía poderes semelhantes aos de uma aranha. E ela derrotou Parker sem muitas dificuldades, mas ao invés de lhe dar um golpe final, a megera lhe deu um beijo e foi embora, e esse beijo foi capaz de modificar o DNA do cabeça de teia e o transformou em uma aranha gigante, fazendo com que o seu corpo humano convulsionasse até a morte. O plano da Rainha era criar um exército de crianças aranhas, mas quando o seu hospedeiro aparentemente veio a óbito, ela o deixou para trás. Pouco tempo depois. entretanto, de dentro da aranha gigante surgiu uma mão humana, que era de ninguém menos que Peter Parker. Resumindo: Parker morreu e renasceu de uma aranha.

5 - Arqueiro Verde volta a partir do seu DNA na roupa do Superman

Outro personagem que em um ato de sacrifício acabou morrendo foi Oliver Queen. O Arqueiro Verde, ao impedir que uma bomba explodisse e destruísse Metropolis, conteve a explosão com o seu corpo. A morte de Oliver parecia ser bem permanente até então. Bom, só parecia mesmo. Em algumas edições posteriores, Arqueiro Verde retornou de forma misteriosa e esse mistério só foi resolvido quando o fantasma do Lanterna Verde, Hal Jordan, o trouxe de volta a vida a partir do DNA do próprio Oliver Queen, que havia ficado impregnado no traje do Superman. O fantasma de Hal Jordan explicou que antes do lanterna verde se tornar o vilão Paralax, ele sacrificou sua vida para trazer o amigo Oliver de volta a vida com o que havia restado dele no uniforme de Clark. Ou seja, que bom que o Superman não costuma lavar o traje dele depois das missões.

Gostaram? Conhecem mais heróis que voltaram a vida de uma forma bem ridícula? Comenta aí.


Próxima Matéria
avatar Fabio João
Fabio João
Acadêmico de jornalismo em formação, nerd inveterado, não importa se é Marvel ou DC o que importa é o fan service.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest