icone menu logo logo-fatosnerd.png


5 furos nos roteiros da Marvel que nós preferimos ignorar

POR Ana Monteiro EM Fatos Nerd 07/07/17 às 18h46

capa do post 5 furos nos roteiros da Marvel que nós preferimos ignorar

Desde o início do universo cinematográfico da Marvel com a estréia de Homem de Ferro em 2008 fomos apresentados a tramas envolventes, combates emocionantes, personagens carismáticos e muita, mas muita ansiedade mesmo por novos filmes da Marvel Studios.

Tendo emplacado vários filmes como sucessos de bilheteria, a Marvel realmente tem muito do que se orgulhar, mas com um universo desse tamanho sendo explorado, eventualmente surgem algumas coisinhas sem sentido ou mal explicadas. Nessa lista apontamos algumas delas, mas calma, não é nada que faça os filmes deixarem de ser ótimos!

1 - A mitologia de Thor

O personagem da Marvel é inspirado na mitologia nórdica em que Thor, o deus do trovão, desce ao nosso mundo junto com outros habitantes de Asgard. No Universo Cinematográfico da Marvel, mais precisamente no primeiro filme solo de Thor, Odin conta que foi à Terra lutar contra os gigantes de gelo quando Thor e Loki ainda eram crianças e se tornou o deus dos vikings. Anos mais tarde, quando Thor vai à Terra pela primeira vez na vida por ter sido banido, Erik Selvig lê em um livro de mitologia que mostra Thor participando da tal batalha que consagrou Odin como rei. Como seria possível a humanidade conhecê-lo como Deus do Trovão se ele nunca tinha colocado os pés no mundo antes?

2 - Odin e a Manopla do Infinito

Bom, há esperanças de que Thor: Ragnarok traga alguma resposta para essa situação. Também no primeiro filme de Thor é mostrado onde Odin guarda os itens mais raros e poderosos em sua posse. E um desses itens é a Manopla do Infinito. Porém, na cena pós-créditos de Vingadores: Era de Ultron, o artefato é mostrado em outro ambiente, com Thanos o colocando enquanto diz "Certo, eu farei isso". Será que existem duas manoplas? Que foi apenas um easter egg sem significado? Ou apenas um erro de continuidade que a Marvel escolheu ignorar?

3 - Thanos: o recruta de vilões

Thanos é um ótimo manipulador e percebemos isso em Guardiões da Galáxia quando ele induziu Ronan a conseguir as jóias do infinito para ele. Em Vingadores: a Era de Ultron, Ultron também agiu sob as coordenadas de Thanos, e não podemos esquecer que no primeiro filme da franquia o cetro de Loki também foi dado por Thanos e continha a joia da mente. Mas a Marvel nunca nos explicou como Thanos encontrou Ultron e Loki e quais acordos foram feitos, parece que o vilão é a justificativa final de todos os filmes, mas nunca sabemos exatamente o porquê. Aliás, Loki perdeu a joia que ganhou e ficou por isso mesmo? Será que Vingadores: Guerra Infinita será capaz de preencher essa lacuna?

4 - Extremis

Em Homem de Ferro 3, Tony Stark tem acesso ao projeto Extremis que aumenta a capacidade de regeneração e recriar membros perdidos, é claro que há um efeito colateral: o aumento da temperatura do corpo. Pepper Potts é exposta ao princípio ativo de Extremis, o playboy bilionário precisa arrumar uma solução e acaba melhorando e estabilizando a substância. O problema é: esse recurso nunca mais foi utilizado. Em Vingadores: Era de Ultron, quando o Gavião Arqueiro é ferido, Stark utiliza um regenerador de tecidos em processo de experimentos sendo que seria muito mais prático, simples e óbvio utilizar Extremis.

5 - Os raros encontros dos Vingadores

Vingadores são um time de heróis que trabalham juntos e na maior parte do tempo se dão bem, certo? Certo. Então por que nos filmes solo dos heróis sempre há uma ameaça gigante e eles escolhem resolver isso sozinhos? Custa chamar algum aliado pra ajudar? Independente de serem filmes específicos dos personagens. Veja bem, Thor: Ragnarok já contará com a participação de Hulk e Doutor Estranho. E em Capitão América: Guerra Civil já vimos a questão dos aliados ser trabalhada. Então, talvez a Marvel Studios já esteja se redimindo por esse erro.

Qual outra história dos filmes da Marvel ficou muito mal explicada na sua opinião? Deixa um comentário aí embaixo contando!


Próxima Matéria
avatar Ana Monteiro
Ana Monteiro
Lok'tar ogar! For the Horde! Cresceu com um Mega Drive, um Super Nintendo e muitos desenhos animados. Jornalista, especialista em cinema, violinista, entusiasta de narrativas de fantasia e presença garantida em mesas de RPG. Muito tsunderismo em apenas 1,54 de altura.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest