• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


5 histórias reais e arrepiantes envolvendo jogadores de videogame

POR Diogo Quiareli    EM Curiosidades      01/11/17 às 14h02

Os jogos online se tornam mais populares a cada dia que passa e isso não é novidade para ninguém. O que antes era apenas passatempo para diversas crianças e adultos se tornou uma modalidade de esporte. Com a expansão da internet, essa forma de entretenimento vem ganhando o seu devido espaço e alguns já possuem seus próprios campeonatos. Capazes de lotar estádios de futebol para uma transmissão ao vivo, os games tornaram-se maiores do que nunca. Mas, como em quase tudo existente no mundo, existe um lado obscuro composto por marginais extremamente perigosos. Se você nunca ouviu falar de algum crime cometido por causa de jogos, prepare-se.

Alguns games têm um histórico perturbador por estarem ligados diretamente a criminosos violentos e serviram até para cometer crimes violentos, como assassinatos. Pensamos um pouco mais e sabemos que cada um de vocês, caros leitores, são curiosos iguais a nós, por isso trouxemos o resultado um tanto assustador sobre essa busca. Sem mais delongas, confiram com a gente os casos terríveis que aconteceram graças aos jogos.

1- Crimes cometidos envolvendo GTA IV

Em New Hyde Park, Nova York, um grupo de adolescentes realizou uma série de crimes bárbaros. A princípio, três deles assaltaram de forma violenta um homem que estava num estacionamento de um supermercado. Em seguida, o grupo percorreu pelas ruas até encontrarem uma mulher que estava em seu carro. Após roubarem um maço de cigarros da moça, eles começaram a quebrar uma van utilizando bastões de beisebol. A mulher então chamou a polícia e eles foram presos. Quando questionados sobre esse comportamento, eles alegaram que se inspiraram no jogo Grand Theft Auto IV (GTA IV).

2 - Crime cometido por causa de castigo

No ano de 2013, Nathan Brooks, um jovem de 14 anos, foi castigado por seus pais e proibido de jogar videogame. Isso aconteceu por causa de uma punição no colégio. Ele então resolveu fazer algo perturbador para reverter a situação. Na noite seguinte, Brooks adquiriu um revólver e disparou contra seus pais enquanto eles dormiam. Os pais do garoto sobreviveram e Nathan foi condenado a 15 anos de prisão por causa de seu ataque violento.

3 - GTA: Vice City

Devin Moore é um assassino americano que afirma ter se inspirado no jogo Grand Theft Auto: Vice City para cometer o seu crime. Em 2003, Devin foi levado para a delegacia do Alabama sendo suspeito de roubar vários carros. Até então ele não tinha passagens pela polícia e acabou colaborando com a polícia local. Em seguida, ele pegou uma arma e disparou três tiros contra o oficial Arnold Stricland.

O oficial James Crump ouviu os tiros e foi tentar ajudar, mas acabou sendo atingido na cabeça e morreu. Moore resolveu sair correndo pelos corredores até encontrar o telefonista Ace Mealer, que também foi atingido na cabeça como as outras vítimas. Davin fugiu e foi apreendido quatro horas depois em Mississippi. O jovem foi condenado a pena de morte por causa de seus atos.

4 - Super Columbine Massacre (RPG)

Essa história é sobre um tiroteio no Colégio Dawson no Canadá. Em 2006, Kimveer Gill fez uma série de disparos na escola. Lá dentro ele começou a atirar aleatoriamente contra os alunos até que a polícia chegou e o atingiu no braço. Gill então cometeu suicídio. A única fatalidade além da sua foi da jovem de 18 anos, Anastasia Rebecca. Outras 19 pessoas ficaram feridas no ataque. Gill costumava jogar Super Columbine Massacre, um jogo de RPG inspirado no massacre de Columbine.

5- Call Of Duty: Modern Warfare 2

Esse é o caso de Anders Breivik, o maior atirador em massa da história. Anders matou 69 jovens e adultos na Noruega, em 2011. Ele atacou um acampamento juvenil por motivos religiosos, acreditando que a próxima geração de jovens apoiadores do Partido Trabalhista da Noruega deveriam ser eliminados. De acordo com informações da época, ele era um jogador de World of Warcraft e Call Of Duty: Modern Warfare 2. Ele mesmo chegou a afirmar que usava o World Of Warcraft para relaxar e Call Of Duty como um simulador de treinamento.

E aí, o que achou dessa matéria? Comenta pra gente aí em baixo e compartilhe com seus amigos.

Próxima Matéria
Via   Listverse  
Diogo Quiareli
Geminiano, 25 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+