icone menu logo logo-fatosnerd.png


5 maiores erros cometidos pelo Universo Estendido da DC (até agora)

POR Gabi Noronha EM Fatos Nerd 22/06/17 às 18h14

capa do post 5 maiores erros cometidos pelo Universo Estendido da DC (até agora)

De quatro filmes lançados até o momento, o Universo Estendido DC tem se mostrado instável. Se por um lado suas produções conseguem agradar os fãs mais tradicionais de suas histórias (exceto Esquadrão Suicida), por outro, ela deixou de conquistar o grande público casual e a crítica especializada que, goste ou não, ainda possui influencias no meio. Entre suas obras, por enquanto, apenas Mulher Maravilha conseguiu um consenso positivo entre todos as áreas.

Ao meio de problemas com tonalidade, humor, estilo e embates criativos, ao menos a DC tem se revelado firme na decisão de continuar com seus filmes e mostrou que não tem medo de fazer alterações e ajustes caso necessário. Apesar disso, suas produções anteriores sofrem de alguns deslizes e equívocos, pensando nisso, selecionamos alguns desses pontos para que contribuíram para o turbulento início de seu universo. Vale lembrar que os itens abaixo não afetam, necessariamente, todos seus filmes, sendo alguns deles particulares a certas obras.

5 - O exagero pop em Esquadrão Suicida

Provavelmente, Esquadrão Suicida é o filme mais bagunçado do Universo Estendido DC. Para começar, eles deixaram transparecer que o resultado final do filme foi a junção de diversas versões do mesmo. Depois, o apelo ao público convencional foi exagerado e mal executado. Além de trazer um humor bem deslocado na narrativa, o filme ainda apela para muitas músicas populares como Sympathy For The Devil dos Rolling Stones, Without Me do Eminem e Bohemian Rhapsody do Queen. O filme perdeu a oportunidade de criar uma identidade própria e, em consequência, teve a infelicidade de ser diretamente comparado com Guardiões da Galáxia, o que só piorou as coisas, já que o filme concorrente é, indiscutivelmente, muito superior.

4 - Interferência dos executivos

Como mencionado acima, Esquadrão Suicida foi filmado e re-filmado mais que o necessário, muito disso graças a constante interferência dos executivos da Warner Bros. Outro exemplo é Batman vs. Superman: A Origem da Justiça. Se a intenção do estúdio era atrair o público casual para os cinemas e conseguir sua aprovação, bom.... A falha foi grotesca. Embora o filme seja longo, sua versão cinematográfica não apresentou partes essenciais à história para uma pessoa que não lê ou não conhece nada sobre quadrinhos entender. Tanto que a versão estendida da produção é muito melhor, justamente por ser mais completa. A decisão de colocar, Geoff Johns na presidência da DC Entertainment foi um grande passo para tentar mediar tais intromissões. Ao que tudo indica, a decisão foi acertada, já que Mulher Maravilha cumpriu muito bem seu trabalho.

3 - A revelação de Apocalipse no trailer

No início do cinema, os trailers eram inexistentes, com a evolução da arte, no entanto, eles se tornaram uma parte chave do produto. Trailer não é algum ruim, acontece que, infelizmente, os profissionais da área parecem ter desaprendido a montar um. Quando o marketing de Batman vs. Superman: A Origem da Justiça começou, toda a atenção foi voltada a grande briga dos heróis. Entretanto, até mesmo quem não acompanha histórias em quadrinhos sabe que ambos são companheiros de luta e, mais do que isso, muito amigos. Logo, a questão mais debatida era quem poderia ser o vilão do filme já que, eventualmente, os dois acabariam se entendendo e unindo forças em prol de uma causa maior. Então o que os produtores aprontam? Estampam o Apocalipse, no trailer do filme. Como assim? Por quê? Qual a finalidade? Eles conseguiram sabotar a própria campanha de marketing que haviam desenvolvido desde o início. Tudo bem, Lex Luthor foi o responsável por tudo, mas ele sempre está por perto, sempre planejando alguma coisa. E no trailer, todos descobriam seu plano antes mesmo do Batman.

2 - Martha

Uma cena altamente discutida. As pessoas que já são fãs da editora, e acompanham os heróis nos quadrinhos e animações, conseguem aproveitar o momento melhor. No entanto, essas não são a minoria. Infelizmente, com essa cena a DC apenas conseguiu ser alvo de piadas. A sequência pretendia mostrar que, embora seja alienígena, Clark tem família na Terra. No entanto, para a frase ter algum impacto em Batman, ela não poderia ser somente: "Minha mãe... Ajude-a!". Não, não. Superman precisou pronunciar o nome da mãe que, por um acaso, é o mesmo da de Bruce. Uma decisão bastante equivocada que, se Chris Terrio, David Goyer e companhia se esforçassem um pouco mais, poderiam chegar a outra solução. Uma que não causasse tanta zoeira para o filme, pelo menos.

1 - A morte de Jonathan Kent

Homem de Aço foi o primeiro filme do Universo Estendido DC e, embora ainda divida muita opinião, ele consegue ser um bom filme no geral. No entanto, há uma cena em particular nele que beira o absurdo de tão ruim: a morte de Jonathan Kent. Se pensarmos bem, chega a ser inaceitável. O personagem simples se deixa levar por um tornado porque não queria que seu filho fosse exposto a algumas pessoas? Sendo que qualquer criança encontra uma saída para tal situação? Sendo que o próprio Superman seria capaz de salvar seu pai e voltar para junto de todos sem ser visto? Talvez David Goyer estivesse bem cansado quando escreveu essa parte, pois ela se mostra a solução mais preguiçosa (até o momento) para um problema que deveria ser muito maior. Jonathan Kent merecia uma morte melhor.

Concorda com a lista? Discorda? Tem mais algum ponto interessante a acrescentar? Então já sabe, não deixe de compartilhar sua opinião com a gente!


Próxima Matéria
avatar Gabi Noronha
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Para mais aventuras Instagram: @gabinoronhaf Para comentários aleatórios e breves análises Twitter: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest