icone menu logo logo-fatosnerd.png


5 piores momentos do Universo Cinematográfico da Marvel

POR Ana Monteiro    EM Fatos Nerd      29/06/17 às 19h20
capa do post 5 piores momentos do Universo Cinematográfico da Marvel

Em 2008 começou o que nós chamamos de MCU, o universo cinematográfico da Marvel pela Marvel Studios teve como primeiro filme Homem de Ferro. Desde então vimos Vingadores, Capitão América, Thor, torcemos nas lutas, rimos das piadas e fomos completamente envolvidos por esse universo no cinema. Atualmente estamos super ansiosos para o lançamento de Homem Aranha: De volta ao lar, o primeiro filme desse herói no MCU.

Não podemos negar que as adaptações dos quadrinhos da Marvel para o cinema são sempre um sucesso, mas isso não quer dizer que sejam perfeitas. Por mais que as franquias tenham um público fiel, nem sempre os fãs deixam passar erros de roteiro ou de adaptação. Hoje você confere uma lista dos piores momentos nesses quase dez anos de MCU.

1 - Novo elemento de Tony

A ideia de descobrir um novo elemento é ótima, mas a execução dela deixou a desejar. Tudo começa quando o personagem descobre que seu pai deixou pistas sobre esse elemento de uma forma completamente criptografada. Ok, até aí conseguimos entender que pode ser uma medida de segurança, mas logo em seguida Tony descobre através de JARVIS que é impossível sintetizar esse elemento. Num curto período de tempo, Stark atira um lazer e consegue sintetizá-lo. Desculpa, Marvel, mas não colou.

2 -Thor e a lagoa

Se até Joss Whedon afirmou não ter ficado completamente satisfeito com o corte final de Vingadores: Era de Ultron, quem somos nós para discordar? Thor recebe uma visão apocalíptica provocada pelo controle de mente da Feiticeira Escarlate e decide ir para uma lagoa junto com Dr. Selvig para se lembrar da visão completa. Tudo bem, ele consegue alguns flashes que o convencem a voltar para Asgard e evitar que a visão se torne verdade. Mas qual a necessidade da cena? Fanservice para mostrar o corpo de Chris Hemsworth?

3 - Viúva Negra e Hulk

A construção da Viúva Negra nos filmes dos Vingadores explorou bastante o lado sedutor de Natasha Romanoff, durante os filmes da primeira e segunda fase do MCU ela flertou com o Homem de Ferro, criou um forte laço com Gavião Arqueiro e até mesmo perguntou para Capitão América sobre sua vida amorosa. O problema não é o desenvolvimento da personagem, mas como a questão do Hulk foi trabalhada, em uma cena Natasha ajuda Bruce a se acalmar e voltar ao normal, e desde então já vemos os dois personagens num relacionamento muito desenvolvido. Além do desenvolvimento não ter sido bom ainda quebra um pouco da personagem que vinha sendo construída em cima de sua independência e liberdade.

4 - Aldrich Killian

A identidade de Mandarim no MCU é algo que nos faz questionar diariamente: Por que, Marvel? Mudar um pouco da história do personagem transformando a questão dos Dez Anéis em um grupo terrorista é aceitável se considerarmos o público do cinema. Mas destruir a identidade do vilão chinês transformando-o num cientista que contrata um ator para ser perseguido pelo Homem de Ferro enquanto o verdadeiro vilão esconde seus planos malignos foi simplesmente o pior plot twist já criado no MCU.

5 - A morte de Loki

Loki é o vilão mais popular do MCU por diversos motivos: a atuação de Tom Hiddleston é muito marcante, o personagem em si é muito denso e muito inteligente. As adaptações cinematográficas da MCU já pecam por não o fazerem tão poderoso quanto nos quadrinhos, mas mesmo assim o personagem tem uma legião de fãs, então, não faria sentido nenhum dar uma morte definitiva para ele. Mesmo assim o personagem desaparece no final do primeiro Thor, e volta na cena pós-créditos. Em O Mundo Sombrio ele parece tomar um fim definitivo, mas logo em seguida é mostrado no trono de Odin. Como assim, Marvel? A gente vai ter que esperar mesmo até Ragnarok para vocês explicarem isso? É bom terem uma justificativa muito boa, viu?

Qual outro momento você achou muito estranho no MCU? Comenta aí embaixo!


Próxima Matéria
avatar Ana Monteiro
Ana Monteiro
Lok'tar ogar! For the Horde! Cresceu com um Mega Drive, um Super Nintendo e muitos desenhos animados. Jornalista, especialista em cinema, violinista, entusiasta de narrativas de fantasia e presença garantida em mesas de RPG. Muito tsunderismo em apenas 1,54 de altura.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest