icone menu logo logo-seriesesagas.png


5 problemas que toda série de terror tem

POR Gabriela Tyemi    EM Séries e Sagas      29/09/17 às 18h49
capa do post 5 problemas que toda série de terror tem

Desde os zumbis de The Walking Dead, até o canibalismo de Hannibal, cada vez mais nós somos bombardeados com séries de terror - e a maioria é maravilhosa! Mas diferente dos grandes filmes de mesmo gênero, as séries têm algumas inconsistências compreensíveis. Uma série pode durar várias temporadas, e continuar assustando o público por anos, deve ser uma tarefa muito complexa para os escritores.

Se você é fã de um bom terror, sabe que existem alguns problemas recorrentes nas séries de terror. O principal talvez seja a mudança inevitável de gênero. Uma série de terror, pode facilmente se transformar em um drama. Veja 5 problemas que toda série de terror pode ter:

1 - Tramas secundárias que não são interessantes

Quando Bates Motel estreou há cinco anos atrás, muitos ficaram desconfiados sobre essa série baseada em Psicose, que acompanha a versão adolescente de Norman Bates. Mas a história ganhou o coração de muitos espectadores, e tem sucesso moderado. Contudo, o início pode ter irritado alguns fãs da franquia com uma trama cliché: drogas e prostituição em uma cidade pequena. Outra série de terror que é cheia de tramas secundárias desnecessárias, é The Walking Dead. É fato que a série de zumbis é maravilhosa, mas devido a sua extensão, mais tramas desnecessárias aparecem na série.

2 - Os vilões inconsistentes

Em séries de TV, os vilões aparecem para assombrar e matar as pessoas - o propósito principal deles. Assim, matar é o hobby principal deles, e as séries de TV sempre deixam esse fato muito claro. Do outro lado, há os personagens bonzinhos que tentam ajudar a todos. Dessa forma fica muito claro para o espectador quem é o protagonista, e quem é o antagonista. Mas quando o objetivo principal do vilão é a carnificina incessante, se ele deixar de cumprir com o papel em algum momento, acaba parecendo inútil - vilões inconsistentes. Grandes exemplos são os vilões de American Horror Story, o Negan de The Walking Dead, e os vilões de Penny Dreadful, que se mostram "preguiçosos" em alguns momentos.

3 - Personagens sem propósito

Algo incrível sobre os personagens em filmes de terror, é que eles, geralmente, têm propósitos bem específicos. Em O Enigma de Outro Mundo, por exemplo, todo personagem tem a sua importância, seja para progredir o enredo ou apenas prover uma atmosfera nas cenas chaves. É irracional esperar que todos os personagens tenham uma parte substancial em cada cena de uma série de TV com muitas temporadas. Daryl seria um ótimo personagem em um filme como O Enigma de Outro Mundo, pois ele é o melhor quando tem alguma função. Mas já que The Walking Dead nem sempre pode ter ele como um líder, há muitos momentos em que ele está apenas "existindo". E como ele é um dos personagens mais simpáticos da televisão moderna, os escritores não podem matá-lo facilmente com o perigo de alguma reação dos fãs. A grande crítica para essas séries, é que elas não são tão assustadoras como deveriam. E, a razão seria a grande duração das séries, havendo assim, uma falta de função para os personagens. Nos filmes, até os personagens mais inúteis tem alguma função, já em séries, eles só "existem".

4 - O terror repentino é diluido com o tempo

 

Repentinamente, depois de ser atingido com um tiro, mordido por um vampiro ou um lobisomem "do nada", um personagem secundário "do nada" se torna muito importante. Essas tramas dramáticas repentinas são muito recorrentes em The Walking Dead, American Horror Story e Penny Dreadful no decorrer das temporadas. A primeira vez que o espectador assiste um personagem levar um tiro na cara, é surpreendente, mas se a cena se repetir depois de 3 temporadas, não tem mais graça.

5 - Inevitavelmente muda de gênero

A melhor coisa sobre os primieros episódios de uma série de terror é a brutalidade. No início, a série investe em cenas sombrias ou de ação, para prender a atenção do público, mas com o desenrolar da história, a brutalidade inicial, vai lentamente se diluindo. Algumas séries acabam tomando rumos diferentes, ficando difícil classificá-las como terror. Em American Horror Story, no meio das temporadas, o enredo toma um caminho que é difícil saber se é uma série de terror com comédia, ou uma série de comédia com um horror inconsistente.

 

E aí, qual você acha que seja o maior problema das séries de terror? Deixe nos comentários e compartilhe a matéria.

 


Próxima Matéria
avatar Gabriela Tyemi
Gabriela Tyemi
Não tenho coisas preferidas.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest