icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


5 realidades que pessoas pobres não conseguem escapar

POR A redação    EM Curiosidades      10/08/15 às 16h52
capa do post 5 realidades que pessoas pobres não conseguem escapar

Ser pobre não é fácil. Infelizmente, existe algumas coisas que a pobreza proporciona que são difíceis de serem eliminadas da vida de pessoas mais necessitadas. Alguns aspectos da pobreza são tão ruins, que diversas pesquisas têm estudado os efeitos psicológicos da pobreza a longo prazo.

Ser pobre não significa só que você não tem dinheiro. A pobreza causa problemas inesperados que se tornam um verdadeiro "efeito dominó". Confira a seguir no Ultra Curioso uma lista com 5 coisas ruins que pessoas pobres dificilmente conseguem escapar.

Ser pobre faz você envelhecer mais rápido

Seus cromossomos são cobertas por telômeros. Toda vez que suas células se dividem, os telômeros perdem um pouco de seu comprimento, até que, eventualmente, seu DNA é fica desgastado e você morrer de velhice. Mas o tempo não é a única coisa que pode enfraquecer seus telômeros.

O encolhimento também pode ser associado ao estresse crônico - como, por exemplo, a constante preocupação de pagar as contas ou alimentar os filhos. Quando os pesquisadores norte-americanos analisaram pessoas de classe baixa que moravam em Detroit, nos EUA, eles perceberam que os telômeros era bem mais desgastados do que os de pessoas de classes mais altas.

Comida ruim faz você ficar mais doente

Não é de hoje que nós sabemos que fast food faz mal para o nosso organismo. A "comida rápida" geralmente é oferecida por preços baixos e por isso, atrai muitas pessoas ao consumo exagerado. O excesso de gorduras, sais e açúcares presentes nesses alimentos prejudicam diversas áreas do nosso corpo.

Dificuldade de aprendizagem

De acordo com uma nova pesquisa da Universidade de Princeton, a pobreza predispõe o indivíduo a ter um desenvolvimento menor intelectualmente. Como isso acontece? Quando você vive em situação de pobreza, sua mente está tão preocupado com os problemas financeiros e sociais que resulta em uma queda mensurável no QI.

Os pesquisadores administraram uma série de testes de cognição e lógica para pessoas de baixa renda e descobriram que aqueles se preocupam muito com a situação social tiveram um total de 13 pontos de QI mais baixo que o de outras pessoas de classes sociais mais elevadas.

Te faz ser uma pessoa mais caridosa

Um estudo conjunto feito pelas universidades de Harvard e Utah tentou responder a esse mistério. Os pesquisadores descobriram que os estudantes universitários de classes mais altas são mais propensos a mentir ou fazer escolhas antiéticas.

Em outro estudo, realizado na Universidade de Minnesota, os pesquisadores descobriram as pessoas que pensam muito em dinheiro eram menos propensos a doar para a caridade. Os investigadores pensam que os seres humanos podem ter um conjunto limitado de altruísmo e empatia, que é atingido quando temos razão para se preocupar com nossas próprias necessidades.

Para as crianças a situação pode ser pior

Crianças que saem de uma situação de pobreza tem um risco maior de desenvolver problemas mentais e comportamentais devido a mudança extrema, principalmente os meninos. Os pesquisadores do programa Moving To Opportunity não tem certeza por que isso aconteceu, mas acreditam que isso pode estar relacionado com diferenças em função do sexo em habilidades de socialização que fazem com que as meninas sejam mais socialmente adaptáveis.


Próxima Matéria
avatar A redação
A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest