• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


5 revelações chocantes que não estão nos livros de Harry Potter

POR Gabriela Tyemi    EM Séries e Sagas      25/08/17 às 21h33

Desde o lançamento de Harry Potter e as Relíquias da Morte, em 2007, a criadora J. K. Rowling compartilhou com os fãs, informações adicionais sobre o mundo mágico. Grande disso veio da Pottermore.com, o site que ela criou para expandir a mitologia de Harry Potter. Graças aos numerosos artigos escritos pela própria Rowling, agora conhecemos um pouco mais sobre o passado, o presente e o futuro do Harry Potter.

Há também a sequência Harry Potter e A Criança Amaldiçoada, peça de duas partes que estreou em 2016, em Londres. Essa nova história acontece 19 anos depois da Batalha de Hogwarts no final de as Relíquias da Morte, e podemos acompanhar a relação do bruxo com seus filhos, sua esposa e seus amigos. Então, confira a seguir 5 revelações chocantes que não são mostradas nos livros de Harry Potter:

1 - Harry tem uma fobia

Dizer que Harry teve uma adolescência difícil seria um enorme eufemismo. Ele sofreu cruelmente nas mãos de sua tia e tio por onze anos. Ele foi caçado insistentemente por Voldemort e seus seguidores por sete anos. Sua fama não era desejada, e carregou várias consequências psicológicas. O pior de tudo, ele teve que assistir a morte de várias pessoas próximas tentando protegê-lo. Então não deveria ser surpresa que em Harry Potter e a Criança Amaldiçoada, o Harry de meia-idade é descrito com uma síndrome de estresse pós-traumático.

2 - Harry duelou e pela filha secreta do Voldemort

Um grande segredo do Voldemort, é que a Bellatrix Lestrange deu a luz ao filho do Voldemort em algum momento entre a ressurreição em o Cálice de Fogo e a derrota em As Relíquias da Morte. A criança estava escondida a pedido do marido sobrevivente da Bellatrix, o Rodolphus. Depois que cresceu e descobriu a sua história, Delphini começou a se mostrar uma bruxa digna dos passos de seu pai. Como uma jovem adulta, ela realizou um plano elaborado envolvendo viagens temporárias que lhe permitiriam conhecer seu pai e evitar sua morte. Ela escolheu a noite de Halloween de 1981, pois sabia exatamente quando e onde Voldemort poderia ser encontrado: na casa Potter em Godric's Hollow. Quando Albus Potter e Scorpius Malfoy foram enganados em ajudá-la, Harry, Ginny, Hermione, Ron e Draco chegaram a tempo para detê-la. Harry foi forçado a se tranformar em Voldemort para atraí-la para uma armadilha, mas depois dela ter trancado os outros em uma sala, Harry foi forçado a duelar sozinho com ela. Apesar da sua habilidade considerável, Harry conseguiu derrotá-la.

3 - Harry e Draco se tornaram amigos

Como revelado em Harry Potter e a Criança Amaldiçoada, depois de adultos, Harry e Draco criaram uma relação civilizada, e nem pareciam guardar rancor da rivalidade passada. No caso do Harry, isso ocorreu porque ele tinha uma bondade inata em seu coração. Para Draco, sua vida foi drasticamente alterada pela tentativa fracassada de assassinar Dumbledore e o sofrimento subsequente infligido a sua família por Voldemort, como Rowling explicou na Pottermore. Foi durante as aventuras de seus filhos Albus e Scorpius que as coisas mudaram entre Harry e Draco. Draco, em particular, foi suavizado pelo amor por seu filho, especialmente após a morte prematura da sua esposa, Astoria. Em um momento vulnerável, ele admitiu ter invejado as amizades íntimas de Harry durante os anos em Hogwarts.

4 - Harry teve uma relação difícil com seu filho

No final dos livros, vimos o Harry em um possível "felizes para sempre". Ele construiu uma família com a sua amada Ginny Weasley e tudo parecia se encaminhar para uma vida perfeita. Mas como sabemos, a vida de ninguém é perfeita. Uma das situações mais dolorosas da sua vida adulta, veio quando seu segundo filho, Albus, começou a frequentar Hogwarts. O problema começou quando Albus foi escolhido na Casa Sonserina - o garoto foi o primeiro e único Potter a ser enviado para a casa associada à magia negra. A situação só aumentou os sentimentos de insatisfação e ressentimento de Albus em relação ao pai. Depois de uma aventura perigosa, como descrito em Harry Potter e A Criança Amaldiçoada, Harry e Albus se entenderam melhor e finalmente se reconciliaram depois de anos de conflitos.

5 - Hermione se tornou chefe do Harry

De acordo com a J. K. Rowling, o primeiro emprego da Hermione Granger depois da morte do Voldemort, foi no Departamento de Controle e Regulamentação das Criaturas Mágicas. Mais tarde, ela se trasferiu para o Departamento de Execução das Leis da Magia. Contudo, o ponto alto da sua carreira, foi quando a personagem foi selecionada como Ministra da Magia. Ministro da Magia é basicamente o Ministro Principal, ou Presidente do mundo mágico. Isso fez com que a Hermione tivesse a posição de poder mais alta de todos os departamentos mágicos britânicos. Sendo assim, ela se tornou a diretora superior de Harry Potter. Harry Potter e a Criança Amaldiçoada mostrou que eles continuaram amigos e trabalhavam bem juntos.

E aí, gostou da matéria? Deixe nos comentários e compartilhe.

Próxima Matéria
Gabriela Tyemi
Não tenho coisas preferidas.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+