• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


5 segredos por trás de grandes obras de arte

POR Eduardo Coelho    EM Curiosidades      08/07/15 às 20h07

Os conceitos de arte variam muito. Afinal, o que pode ser considerado arte pra uns, pode vir a ser criticado por outros.

E esse é um dos motivos que fazem com que a arte seja tão emblemática e diversa.

Abaixo vamos listar pra vocês algumas coisas ocultas por trás de eventos e obras artísticas famosas no mundo todo.

Está curioso? Então confira aí:

5. Um lugar secreto dentro da Torre Eiffel

55391fd4ab60aad20f3f39f1_gustave-eiffel-tower-apartment

O ponto turístico mais visitado do mundo, localizado na cidade da luz, possui um quartinho secreto. A Torre Eiffel, idealizada pelo engenheiro Gustave Eiffel, tem um compartimento localizado em seu terceiro andar que dá acesso ao antigo apartamento íntimo de Gustave, que recebeu outrora, diversos amigos e pessoas famosas da época em que o monumento francês foi construído. Atualmente o lugar foi restaurado e recebe visitações normalmente, sendo parte direta da visitação na Torre mais famosa do mundo.

4. "O Grito" do Krakatoa

A inspiração para o famoso quadro "O Grito" do expressionista norueguês Edward  foi proveniente do vulcão Krakatoa na Indonésia que entrou em erupção em meados da época em que o quadro do pintor estava sendo elaborado. Em seu processo criativo, ao ser perguntado, Edward disse que olhou para o céu e viu que ele estava exacerbadamente vermelho, como se fosse um "grito da natureza". Pelo visto ele não errou, visto que em diversos lugares do mundo era possível avistar um avermelhado acentuado ao olhar para o céu!

3. A música de "Da Vinci"

The Last Supper Restored, Leonardo Da Vinic

A obra foi realizada entre 1494 e 1498, na igreja Santa Maria delle Grazie, e retratou a última ceia de Cristo com seus apóstolos. Em 2007, o italiano Giovanni Maria Pala elaborou um levantamento que pode ser real, visto que uma das maiores paixões de Da Vinci era a música. A observação realizada identificou que Da Vinci, possivelmente, desenhou uma pauta musical de cinco linhas inclusive, onde os  pedaços de pão na mesa e nas mãos dos apóstolos formaram as notas musicais.

davinci2

A leitura deve ser feita da direita para a esquerda. Abaixo você pode conferir a sonoridade gerada à partir dessa leitura das notas musicais:
https://youtu.be/ib5BnMe3elQ

2. Madame X

p02fqgqq

John Singer Sargent, (1856-1925), italiano e filho de pais norte-americanos, sagrou-se como pintor. Sua obra mais famosa, intitulada de  "Madame X" é um retrato de Virgine Avegno Amélie Gautreau, uma meretriz francesa do século XIX. A curiosidade a respeito da obra, é que John foi praticamente obrigado a pintar partes da obra novamente, por ter colocado a alça direita do vestido levemente caída. O que causou uma baita polêmica para a sociedade conservadora da época.

1. O juízo final

juizo-final

O genial pintor e escultor italiano Michelangelo (1475-1564) foi contratado pela Igreja Católica para pintar "O Juízo Final" na parede do altar da Capela Sistina. Porém Michelangelo deu um ar de laicidade em sua representação. Afinal, onde já se viu aquele excesso de nudez em uma representação sacra cristã? Aquilo gerou uma briga direta do pintor italiano com cardeais e com o maestro de cerimônias Biagio de Cesena. Michelangelo que era bem genioso, resolveu se vingar pelas tentativas de intervenção advindas do cerimonialista, e pintou o protagonista da parede do altar, Mino, o juíz do submundo, com a cara de Cesena e dotado de orelhas de burro.

 

E pensar que as minhas tentativas de obras de arte nem passavam do Paint...

PAINT

 

Próxima Matéria
Eduardo Coelho
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+