icone menu logo logo-fatos-historicos.png


5 tratamentos médicos mais incríveis da Roma Antiga

POR A redação    EM História      26/04/16 às 18h13
capa do post 5 tratamentos médicos mais incríveis da Roma Antiga

Esta matéria vai te mostrar os tratamentos médicos mais incríveis da Roma Antiga. A ciência da saúde da Roma Antiga não era tão avançada como é atualmente.

Na Roma Antiga, aconteciam coisas insanas que ninguém tinha conhecimento e nós já mostramos para você como era isso, aqui no site do Ultra Curioso.

O tratamento médico na Roma Antiga era bem diferente dos tempos atuais, em séculos passados. Você sabe como eles tratavam espinhas, a dor de cabeça e até mesmo a epilepsia?

Nossa redação separou para você uma listinha com alguns tratamentos médicos mais incríveis da Roma Antiga. Confira:

1 - Acne

As espinhas também eram existiam entre os adolescentes da Roma Antiga. E como não existiam remédios e limpeza de pele eficientes naquela época, eles faziam tentativas com várias coisas.

Entre algumas tentativas, eles usavam carne de crocodilo para remover vermelhidão, cravos e as manchas que as espinhas deixavam. Quando esse método não surtia efeito, eles esfregavam o rosto com um lenço enquanto observavam uma estrela cadente.

2 - Dor de cabeça

A dor de cabeça na Roma Antiga não era tratada com chás ou dipironas, como as pessoas fazem hoje em dia. Naquele tempo, eles usavam vinho para tratar a enxaqueca.

Eles ungiam a cabeça do paciente com um vinho que funcionava como uma espécie de licor medicinal.

3 - Epilepsia

A epilepsia ainda é um desafio para a ciência no tratamento e até mesmo na busca da cura para ela. Mas lá na Roma Antiga, o tratamento era feito como uma espécie de ritual de cura baseado em tomar água que era retirada de uma mola e, logo depois, eles colocavam o crânio de um homem morto na pessoa e ela tinha que comer um animal morto por uma arma de ferro.

Se caso o método não ajudasse a passar a crise de epilepsia, eles faziam a pessoa beber água dos testículos de javali ou urso.

4 - Gases

Flatulência era algo comum na Roma Antiga. Para combater as crises de gases intestinais, um dos tratamentos usados era fazer com que a pessoa comesse fezes de galinha ou mesmo uma mistura caseira com manjericão.

5 - Náuseas

Um dos tratamentos utilizados na Roma Antiga para acabar com a náusea pode ser algo agradável para algumas pessoas. Eles consumiam quantidades altas de vinho. Uma outra opção era comer ou beber suco de Granada(fruta).

O que achou destes métodos? Mande seu comentário para gente!


Próxima Matéria
avatar A redação
A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest