icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


5 vezes que o amor mudou o rumo da História

POR Gustavo Camargo EM Curiosidades 18/07/17 às 14h43

capa do post 5 vezes que o amor mudou o rumo da História

O que você acha que o amor pode proporcionar para a vida de uma pessoa? Bom, a verdade é que praticamente todo mundo precisa um pouco de amor. Seja da família, ou de algum animalzinho de estimação.

O significado de amor pode variar muito de pessoa. Mas, basicamente o amor é um sentimento de carinho e demonstração de afeto que se desenvolve entre seres que possuem a capacidade de o demonstrar.

O amor motiva a necessidade de proteção e pode se manifestar de diferentes formas: amor materno ou paterno, amor entre irmãos (fraterno), amor físico, amor platônico, amor à vida, amor pela natureza, amor pelos animais, amor altruísta, amor próprio, e etc.

Pensando nesse sentimentos em que muitas pessoas consideram uma dadiva, listamos para vocês alguns momentos que o amor mudou o rumo da história:

1 - Perdendo a esposa e a humanidade

Quando Joseph Stalin, ainda era apenas um garoto ele era incapaz de continuar estudando por não poder pagar a taxa da matrícula. Logo ele começa a cometer pequenos crimes, e no meio do processo ele conhece Ekaterina Svanidze, sua futura esposa.

Todos ficavam perplexos por Stalin ser tão severo em seu trabalho e com seus camaradas, e por ser tão carinho e atento com sua esposa. Essa gentileza não durou muito tempo, quando Ekaterina veio a falecer logo após um ano de casados. Stalin se sentiu com o coração partido. Quando recebeu a notícia de primeiro momento ele ameaçou se suicidar.

No funeral de sua mulher, Stalin se atirou no túmulo e teve que ser arrastado para fora. Antes de acabar, ele disse: "Essa criatura amaciou meu coração de pedra. Ela morreu, e com ela morreu meus últimos sentimentos calorosos pela humanidade ". Totalmente fiel a sua palavra, ele realmente parece ter perdido seu coração. Já não era mais amável, era cruel e totalmente impiedoso.

2 - Pol Pot acabaria com a democracia

Pol Pot, era um professor de literatura francesa chamado Saloth Sar. Ele trabalhou na escola por mais ou menos 2 anos quando se apaixonou por, Son Maly. Mas infelizmente ela não se sentia da mesma forma. Cinco anos depois de um relacionamento difícil, ela o deixou para um famoso defensor democrático e o principal rival político de Pol Pot, Sam Sary.

A desenrolar  da história foi devastador, ele endureceu seu coração. Seu ódio contra Sam Sary transformou-se em um ódio á democracia.

3 - Primeira Guerra Mundial

Rudolf, príncipe herdeiro da Áustria, era o único filho do imperador Franz Joseph. Eles fizeram todos os preparativos para Rudolf, herdar o poder. Mas isso mudou quando ele conheceu a Baronesa Mary Vetsera. O pai de Rudolf, foi totalmente contra o romance. Mary estava totalmente preocupada com que eles fossem obrigados a terminar. Em um ato desesperado, depois de uma noite de amor, a garota cortou seu relacionamento com Rudolf e seu "pênis".

Enquanto ele estava dormindo, ela pegou uma navalha e cortou o pênis do rapaz. Totalmente incapaz de ligar com a perda de seu relacionamento e de seu órgão, ele atirou na cabeça dela e logo após virou a arma para si mesmo e disparou.

Com a morte de Rudolf, a Áustria teve que ser governada por Franz Ferdinad, que queria conceder aos eslavos direitos iguais aos austríacos e húngaros no império. Alguns historiadores dizem que os sérvios escolheram assassinar o arquiduque Franz Ferdinand. E como resultado dessa decisão, surgiu a Primeira Guerra Mundial.

4 - Kyoto salva

Hiroshina sempre será lembrada pela grande catástrofe do ataque nuclear que destruiu a cidade. Cerca de 100 mil cidadãos morreram pela explosão.

Na decada de 1920, Henry Stimsin, o governador geral das Filipinas, teve sua lua de mel com sua esposa em Kyoto, Enquanto esteve lá, ele se apaixonou pela cidade. Ele serviu como um secretário de guerra. Isso o deixou em contato com informações dos cinco alvos em potencias para que ocorresse o ataque. A primeira cidade que estava ali era Kyoto.

Pensando nessa situação, Henry enviou um memorando para o presidente Truman, para protestar contra sua escolha. Henry não podia deixar os Estados Unidos destruírem a cidade onde ele e sua esposa tinham passado a lua de mel.

5 - Adolf Eichmann e a namorada de seu filho

Sendo um dos criminosos mais procurados na história, Adolf Eichmann, foi responsável por morte de milhões de pessoas no Holocausto. Como todos os nazistas, ele se escondia em algum lugar da América do Sul.

Ele teria conseguido fugir, se não fosse seu filho, Nicholas Eichemaan, que tinha começado a namorar a argentina Sylvua Hermann. Não sabendo que ela era Judaica, Nicholas se gabava pelo pai que tinha. Ele até mencionava que os nazistas " tinham que ter terminado o trabalho". Isso acabou causando um afastamento entre os dois. Com todas essas informações o pai de Sylvia, um sobrevivente do Holocausto, chamou as autoridades com a qual levaram Adolf Eichmann para julgamento.

E ai, o que acharam da matéria? Comenta e não se esqueça de compartilhar com os amigos, lembrando que seu feedback é sempre muito importante.


Próxima Matéria
Via   Listverse     Significados  
avatar Gustavo Camargo
Gustavo Camargo
A verdade é que eu queria ser astronauta, mas na minha cidade ainda não tem a escolinha. Instagram: gustavoloopi
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest