• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


5 vilões cujos atos maléficos são compreensíveis

POR Ana Monteiro    EM Fatos Nerd      11/07/17 às 17h12

Segundo o filósofo Jean-Jacques Rousseau, o ser humano é bom por natureza, mas a sociedade o corrompe. Se partirmos desse princípio dá para ver que alguns vilões não eram malvados desde o início, mas se tornaram por algum acontecimento específico. E aliás: os melhores vilões são assim e partem de alguma motivação muito bem desenvolvida além de "acordei entediado e quero destruir a humanidade".

Por isso, hoje separamos alguns vilões que podemos compreender porque são assim. Apesar de seus atos serem cruéis, eles podem ser justificados. Mas vale lembrar que: não é porque eles têm motivos para serem assim que eles estão certos, ok? São coisas diferentes.

1 - Arlequina

Sabe quando sua mãe te fala para não envolver com alguém que é "má influência"? Harleen Quinzel era uma psiquiatra no Asilo Arkham e trabalhava na recuperação de criminosos. Ela saiu da linha ao se tornar responsável pelo tratamento do Coringa. Acontece que foi o vilão quem mexeu com a cabeça da médica, manipulando-a a acreditar que o Batman era o malvado da história e não ele. A doutora acabou se apaixonando pelo vilão e se uniu a ele em seus planos malucos sob o nome de Arlequina.

2 - Senhor Frio

Algumas pessoas são capazes de tudo por quem amam, não é mesmo? Victor Fries é um cientista especialista em criogenia, e quando sua esposa atingiu o estado terminal de uma doença, a única solução que ele encontrou foi congelá-la até encontrar a cura. Infelizmente, Victor sofreu um acidente em laboratório e depois disso só é capaz de viver em temperaturas abaixo de zero. Com uma roupa especial para mantê-lo nessa temperatura, Fries se tornou o Senhor Frio, um vilão que congela os seus adversários.

3 - Lagarto

Lagarto é o alterego fora de controle do cientista Curtis Connors. Bom, mais uma vez temos o caso de um acidente em laboratório, quando Connors perdeu um braço ele começa a desenvolver pesquisas com DNA animal para recuperá-lo. De fato, ele consegue atingir seu resultado, mas de efeito colateral ele consegue se transformar num monstruoso lagarto, e quando isso vem a tona ele não tem controle sobre si mesmo. Por conta disso, Curtis Connors é tão preocupado com suas atitudes como o vilão que, em seu estado normal, ele tenta ajudar Peter Parker quando possível.

4 - Duas Caras

Harvey Dent era inicialmente um promotor público em Gotham, ou seja, daí já tiramos que ele é tão inteligente e bom estrategista quanto Batman. Após um acidente que marcou metade do rosto de Harvey e lhe causou alguns problemas mentais como esquizofrenia, transtorno bipolar e transtorno dissociativo de personalidade. Após o tal acidente, Dent se intitulou Duas Caras, um dos inimigos que Batman tem mais dificuldade em enfrentar.

5 - Doutor Octopus

Mas como poder ser compreensível Doutor Octopus nessa lista? Ele criou o Sexteto Sinistro! Sim, de fato, ele criou. Porém, antes de ser o Doutor Octopus, ele era Otto Octavius, apenas um cientista que buscava melhorar o seu planeta, o que o tornou mau foi o acidente que deixou as ramificações de metal em seu corpo. Em Superior Homem-Aranha, Otto transfere sua mente para o corpo de Peter antes de sua morte, mas o herói o faz prometer que ele continuaria seu legado, e de fato Otto o faz atuando como Homem Aranha.

Qual outro vilão você acha que tem atitudes compreensíveis por conta de sua história? Deixe nos comentários abaixo.

Próxima Matéria
Ana Monteiro
Lok'tar ogar! For the Horde! Cresceu com um Mega Drive, um Super Nintendo e muitos desenhos animados. Jornalista, especialista em cinema, violinista, entusiasta de narrativas de fantasia e presença garantida em mesas de RPG. Muito tsunderismo em apenas 1,54 de altura.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+