• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


6 costumes curiosos que são comuns no Uruguai

POR Marilia Noleto    EM Curiosidades      19/04/16 às 18h11

Churrasco, doce de leite, mate... Sim! Estamos falando do Uruguai. Nosso vizinho está cada vez mais chamando a atenção dos turistas e até mesmo imigrantes brasileiros. Apesar de seu pequeno território de apenas 186.926 km2, bem menor que o Estado do Rio Grande do Sul, o país é um lugar de paisagens fascinantes, comida boa e farta, além de uma qualidade de vida invejável.

A proximidade geográfica faz com que brasileiros e uruguaios tenham aparentemente um estilo de vida relativamente parecido. Aliás, a similaridade com as leis, as datas festivas, os hábitos e a culinária são muito semelhantes, são aspectos apontados pelos brasileiros como fatores que facilitam a adaptação dos migrantes no Uruguai.

Mas não se engane com as aparência! Os choques culturais são inevitáveis quando cruzamos fronteiras, ainda que essas fronteiras estejam bem próximas da gente. Assim, separamos X costumes curiosos que são bastante comuns no Uruguai. Confira!

1 - Não vejo cores em você

mujica

Em maioria, os uruguaios são bastante sóbrios ao se vestir. Chega a ser quase vergonhoso para eles ter alguma coisa que chame a atenção no visual. As cores das roupas combinam muito com concreto e sobriedade de cidades como Montevideo e Rivera, ficando entre cinzas, marrons e ocres. Talvez uma explicação seja porque a maioria da população é formada por idosos. Se você ver roupas mais coloridas e chamativa, pode ter certeza de que é alguém que veio do outro lado do Rio de la Plata. Ou pelo menos esteve do lado de lá.

2 - Buen provecho!

Couple having dinner in a restaurant

Está almoçando ou jantando? Não se espante se as pessoas que passarem perto digam "buen provecho"! É um costume muito forte dizer essa frase sempre que alguém vai fazer uma refeição. E muito mais deselegante que falar de boca cheia, é não retribuir a gentileza com  um "Gracias".

3 - Túnicas como uniforme

escola

No Uruguai, os estudantes da escola pública usam uma espécie de uniforme muito curiosa. É uma túnica branca com um laço azul, vestida todos os dias. Os pequeninos do pré-escolar usam a túnica xadrez. Um dos fundamentos é o princípio da igualdade, já que a peça não iguala, mas esconde ou tampa as diferenças, principalmente dos alunos menos favorecidos economicamente. Uma questão que rende boas reflexões e discussões.

4 - Carnaval mais longo do mundo

carnaval

Olha o Uruguai aí, minha geeeeente! Sim, os uruguaios festejam o carnaval aproximadamente uns 40 dias. Mas nem de longe se assemelha ao nosso. Tem um conceito bem mais teatral. A celebração começa no último sábado de Janeiro com um desfile inaugural pela Avenida 18 de Julio, principal avenida de Montevideo, onde se reúnem grupos, carros alegóricos e bonecos gigantes que acompanham os artistas. O outro grande evento é o "Desfile de Llamadas", que ao ritmo do tambor, evoca o encontro dos negros escravos que se reuniam fora da cidade no século XIX. Dezenas de milhares de espectadores vibram com o espetáculo.

5 - Mate, mate e mais mate!

mate

O mate é o equivalente ao nosso cafezinho, mas em proporções bem maiores. A bebida é a marca registrada do povo uruguaio. É comum vê-los com o inseparável termo debaixo do braço e a cuia na mão (pense se as pessoas aqui andassem com a garrafa de café...) Pode ser uma festa, um enterro, dentro dos ônibus, no calor de uma praia, uma reunião de trabalho ou qualquer evento que reúna dois ou mais uruguaios. Há quem prefira levar a matera para transportar o kit, então é comum também ver uruguaios com umas bolsas de couro a tiracolo. Eles tomam a bebida quente e amarga (não agregam açúcar), seja no inverno ou verão. Há até máquinas de água quente em postos de gasolina pensadas para reabastecer a água do termo!

6 - Balada na madrugada e muita nostalgia

concert-336695_1280

Cair na farra no Uruguai requer disposição, já que as festas geralmente começam a partir das 2h da manhã. E não estranhe se a play list rolar sucessos do passado. Os uruguaios adoram old songs! Não é nada cafona. Tanto que uma das festas mais aguardadas do país é a tradicional Noche de la Nostalgia, no dia 24 de agosto. Todo o país revive os anos de ouro: na vitrola só sucesso antigo e na balada jovens e não tão jovens dançando felizes, em uma noite especial e de muita diversão.

Próxima Matéria
Marilia Noleto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+