• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 acessos de fúria que passaram de todos os limites

POR Erik Ely    EM Curiosidades      28/01/20 às 23h04

Você já presenciou uma situação em que uma criança mimada ouve um "não"? Ela pode chorar, fazer escândalo e até gritar. Mas claro, essas são atitudes que passam em pouco tempo. Contudo, alguns desses acessos de fúria podem já ter passado de todos os limites algumas vezes, chegando a trazer consequências legais.

Seja criança, adulto, adolescente ou idoso, todos nós já tivemos nossos excessos. Com isso, mesmo alguém com total autocontrole, pode liberar a ira de um viking, quando contrariado ou chateado. De fato, isso é normal, exceto quando escapa do controle. Em alguns casos, esses acessos de fúria podem ser letais.

1 - Uma menina de cinco anos queimou um duplex

Depois de discutir com seu filho de cinco anos, uma mãe saiu e o deixou sozinho, sem nenhum tipo de supervisão. Contudo, quando ela voltou, o menino estava correndo do prédio, com uma isqueiro na mão. Depois do ocorrido, o duplex foi totalmente demolido. Além disso, a outra família, que morava no lugar, decidiu não prestar queixa, contra a criança ou, no caso, contra seu responsável.

2 - Esse garoto mobilizou policiais a procurarem embaixo de sua cama

No ano de 2017, Josh Dinning, de nove anos, decidiu se esconder embaixo de sua cama, pois queria "se esconder do mundo". Contudo, quando seus pais entraram no quarto, no dia seguinte, entraram em desespero. Nem ele, nem o uniforme da escola, estavam lá. Além disso, ele também não foi à escola. Para eles, algo de errado havia acontecido.

Ao perceber que o garoto havia sumido, uma busca, com direito a cães policiais, foi mobilizada. Contudo, somente ao meio-dia, eles decidiram olhar embaixo da cama. De acordo com Josh, ele estava ouvindo a movimentação, mas ficou com medo de receber algo tipo de bronca. Além disso, o garoto também havia feito xixi na roupa.

3 - Um jovem proibido de viajar

Em 2018, um garoto, de 12 anos, tentou, por diversas vezes, fugir para Bali. Cansado de sua vida, ele queria ir, para onde sempre passou suas férias com a família. Contudo, ele sempre era pego em seu plano mirabolante. Até que, um dia, ele conseguiu usar o cartão de crédito dos pais, para viajar ao país. Durante quatro dias em Bali, ele alugou um hotel e uma moto. Além disso, também experimentou diversas cervejas e extrapolou o máximo no limite financeiro dos pais.

4 - Mulher destrói o carro do ex-marido

Em 2019, uma mulher destruiu o carro de seu ex-marido, em uma ataque de fúria. Contudo, não havia ninguém dentro do carro no momento. Além disso, a mulher já havia cortado quatro pneus e quebrado dois retrovisores do carro, em uma outra situação de ciúmes.

5 - Por conta de uma castigo, uma menina processou seu pai e ganhou

Se você ler a notícia de uma criança processando os pais, provavelmente, os pais dessa criança devem ter feito algo de muito errado. No entanto, esse não é caso. Recentemente, um pai descobriu que a criança, de 12 anos, estava navegando na Internet, de maneira "inadequada". Por isso, ele decidiu a impedir de viajar para sua festa de formatura, na cidade de Quebec. Contudo, pareceu um castigo normal para uma garota que está na sexta série.

Nesse caso, os pais da criança eram divorciados. E nisso, eles discordaram fortemente. Por conta do divórcio, a criança possuía o contato de um advogado, e sem pensar duas vezes, ela o contactou. Por fim, o juiz ficou do lado da criança, deixando o pai sem reação.

6 - Estudantes iniciaram uma revolta com 70 crianças

O que era para ser apenas um campeonato de basquete, se tornou muito maior do que o planejado. Durante uma discussão, uma criança foi mandada embora do local. No entanto, outras crianças se "juntaram à causa". E para acalmar a situação, a polícia precisou ser solicitada. Contudo, as crianças responderam, cercando os professores e policiais. Em seguida, começaram a empurrá-los e até mesmo, a cuspir neles. No final das contas, nove estudantes foram levados e 27 deles foram suspensos da escola.

7 - Um homem destruiu uma loja por ter sido mal atendido

Em Jaraguá, um homem foi preso, após destruir uma distribuidora de bebidas. De acordo com Paulo Henrique Vieira de Lima, de 40 anos, ele teria se sentido indevidamente atendido pelos funcionários. Depois disso, ele teria jogado objetos contra o balcão. Em seguida, ele derrubou prateleiras. Com a situação, clientes e funcionários ficaram sem nenhuma reação.

Próxima Matéria
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+