• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 animais que podem te matar facilmente no Brasil

POR Pietro Bottura    EM Mundo Afora      13/10/14 às 22h38

Caso você não saiba, a Amazônia tem em torno de 10% das espécies do mundo, mas com certeza esse número aumenta quando falamos de insetos, cobras e aracnídeos, entre outros animais igualmente adoráveis. Por isso, se você pensa na Austrália como o fim do mundo e o apocalipse natural, pense bem: o Brasil não está lá muito longe, não.

E isso porque apenas colocamos aqui predadores e animais com alta toxicidade, mas, se ampliarmos a lista para transmissores de doenças (como o mosquito da dengue ou o barbeiro) e pragas urbanas, a situação ficaria muito pior. Contemple então alguns dos mais mortais animais brasileiros:

Sucuri

SUCURI

Gigante e mortal, essa cobra - também chamada de Anaconda - mata suas presas através da constrição, quebrando ossos e dobrando corpos para engolí-los por inteiro. Se movimentar-se muito rápido, pode até estourar a própria pele, e por isso geralmente fica imóvel por dias e até meses quando come algo muito grande - tipo uma pessoa ou vaca.

Surucucu

fc bsSDFGSt 007

Essa gigante, diferentemente da Anaconda, tem longas e venenosas presas, que podem ser realmente dolorosas se pensarmos que o réptil pode ter até 2,5 metros. Além disso, têm um olfato incrível e captam até visão em infravermelho. E se você está pensando em correr, saiba que elas podem dar um bote de mais de um metro. Seu veneno mata em 30 minutos.

Taturana assassina

STP81197

Não é tão mortal quanto a surucucu em toxicidade, mas pode levar a óbito mesmo assim. Um simples contato com essas "cabeludas" larvas pode intoxicar uma pessoa de forma incrivelmente dolorosa, já que seu veneno é 6x mais potente que o da maioria das cobras peçonhentas e, diferentemente dos répteis, podem fazer dezenas de perfurações na carne com os espinhos que têm no dorso. O que é um problema ainda maior já que sua população tem crescido cada vez mais, aumentando as chances de ter um infeliz encontro com essas criaturas. A morte vem com a destruição das células vermelhas, o que causa hemorragia espontânea na gengiva, unhas, olhos e outras partes do corpo - o que é realmente bastante doloroso, como você pode imaginar.

Aranha armadeira

facts-about-brazilian-wandering-spider-for-kids

Essa é conhecida por quem tem quintal e é assustadora em seu momento de ataque - o que lhe dá o nome - levantando as patas dianteiras e se preparando para o bote. Considerada a aranha mais venenosa do mundo, sua picada pode matar em apenas 3 horas. Adora se esconder em bananeiras e não fazem teias, caçando diversos animais e dificilmente recuando de ameaças, como humanos.

Abelha africanizada

AHB01

Se você já assistiu ao filme "Meu primeiro amor", com certeza sabe que é possível morrer por picadas de abelha. Entretanto, não é necessário ser alérgico ao veneno dos insetos para isso: como atacam em grupos enormes, a dor e paralisação muscular de alguém que acidentalmente destroi uma colmeia sem estar protegido podem ser fatais.

Jacaré-açu

11eccc8ddacaf4f2e7b4ad7adcbeba8d

Com até 6 metros, esse dinossauro vivo tem uma armadura natural incrivelmente resistente, além de sensores de movimento aquáticos e uma ótima visão - ou seja, se você cair na água perto de um desses, provavelmente estará bem encrencado.

Conus

Conus_Litteratus_Madagascar

Não existe tratamento contra o veneno do conus, um caramujo que tem um espinho incrivelmente venenoso que é usado como um "arpão", causando uma perfuração dolorosa e inesperada pra alguém que só estava pegando uma "conchinha" na praia.

Se quiser conhecer outros animais e conhecer mais sobre os da nossa lista, confira esse documentário:

E confira se a Austrália é, afinal, pior ou não que as nossas terras tupiniquins.

Próxima Matéria
Pietro Bottura
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+