• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 animais que não precisam de cérebro para sobreviver

POR Bruno Dias    EM Mundo Animal      11/12/18 às 16h46

O cérebro é o principal órgão e o centro do sistema nervoso em vários invertebrados e em todos os vertebrados. Esse órgão pode ser extremamente complexo, por exemplo, o cérebro humano tem cerca de 86 bilhões de neurônios. Nós aprendemos que todo ser vivo precisa de um cérebro para viver, mas isso pode não ser totalmente verdade.

Alguns animais não têm um cérebro e conseguem sobreviver naturalmente sem esse órgão. Como isso é possível? No lugar eles têm um aglomerado de células nervosas que são chamadas de gânglios e que ajudam esses animais com o tráfego de seus corpos. E para mostrar que são vários animais que não precisam de um cérebro propriamente dito, é que mostramos nessa lista alguns animais que não o têm e vivem bem sem ele.

1 - Estrela do mar

Por mais que esse animal não tenha nenhum cérebro e nem os gânglios, eles têm uma pequena sensação de alguns sentidos como o tato, visão e olfato. Os braços da estrela é que sentem o ambiente ao seu redor e quando um deles cheira alguma coisa para comer, a energia dos outros braços é puxada para que a estrela se movimente toda para onde tem a comida.

2 - Pepino do mar

Mesmo sem ter uma massa encefálica, os pepinos do mar conseguem se defender muito bem quando são atacados. Eles atacam subitamente as tripas e os órgãos internos de quem os ameaça. Outra forma de ataque desse animal é ejetar tubos longos e pegajosos do seu ânus e prender e desativar o ataque do seu possível predador.

3 - Água-viva

Podemos literalmente ver dentro desse animal e vemos que eles não têm vários órgãos internos. Eles têm o que é chamado de rede neural, que é um sistema de células nervosas entrelaçadas em todo seu corpo. E dessa maneira, as águas-vivas podem sobreviver independente do seu tamanho.

4 - Ouriço do mar

Esse animal marítimo pode, às vezes, ser encontrado na areia da praia e todos sabem do seu perigo para os humanos. Ele também é um animal que não tem cérebro e anda pelo oceano sem muito planejamento à procura de comida. Ele também tem seu sistema de defesa contra predadores em seus espinhos que cobrem seu corpo inteiro.

5 - Coral

Ele é conhecido por deixar os recifes mais bonitos com suas conchas depois que morre. Mas o que nem todos sabem é que eles são, na verdade, ferozes guerreiros. Em momentos em que predadores se aproximam, ou quando um coral cresce no espaço de outro, pequenos pólipos soltam seus tentáculos para envenenar os intrusos.

6 - Anêmona do mar

A anêmona não tem um sistema nervoso central, mas ela se mantém através de uma rede neural que procura sua comida. Ela consegue capturar suas presas quando elas passam em frente a ela com seus tentáculos venenosos. Eles paralisam a presa para que a anêmona consiga digeri-la. E depois que ela come, o lixo é colocado para fora.

7 - Caravela portuguesa

Essa criatura, na verdade, é uma colônia de pólipos que se juntam para criar a caravela portuguesa. Juntas, elas sobrevivem, se reproduzem e se alimentam. As partes vivas nascem juntas e ficam ligadas por toda vida.

Próxima Matéria
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+