• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 atores que definitivamente foram escalados para os papéis errados

POR Gabi Noronha    EM Fatos Nerd      12/07/18 às 19h03

Algumas pessoas acreditam que a escalação de elenco acontece na base do sorteio. Selecionam uns cinco nomes, escrevem no papelzinho, colocam na cartola e deixam o universo decidir. Na verdade, o trabalho é BEM mais complicado. Existe uma função conhecida como Diretor de Elenco, na qual a pessoa é encarregada de encontrar profissionais que se encaixem no papel de determinada história. Eles trabalham com uma descrição física e de personalidade. E realizam audições para ter certeza se o ator ou atriz é a escolha certa para tal personagem.

A tarefa é complicada e longa - e mesmo assim o tiro ainda sai pela culatra em algumas situações. Nessa intensa busca, temos ótimos atores escalados para papeis medíocres e atores regulares direcionados a personagens incríveis. Na lista a seguir, separamos alguns exemplos do caso.

1 - Hayden Christensen como Anakin Skywalker

Muita gente reclama de Jar Jar Binks, mas e quanto a Hayden Christensen como Anakin Skywalker? Neste caso, não é o caso do ator ser ruim. Em Tempo de Recomeçar ele prova o contrário. Entretanto, para um personagem tão profundo como Anakin, ele foi a escolha errada. Durante dois filmes, o ator não conseguiu se desenvolver no papel. A transformação em Darth Vader, basicamente, contou com o ator abaixando a cabeça e encarando tudo e todos com os olhos levantados. Não houve expressão e muito menos emoção na sua jornada. A origem de um dos vilões mais icônicos da cultura pop foi esperada por muito tempo. No fim, se mostrou uma experiência bem morna.

2 - George Clooney como Batman

Clooney sempre foi visto como um homem cheio de charme. Para aproveitar seu carisma, ele foi escalado para viver Batman no filme de 1997. O pessoal só se esqueceu que beleza não é tudo. Os mamilos não foram a única ideia ruim do longa. O ator pode até ter ficado bem como Bruce Wayne, mas tudo acaba ao vestir o uniforme. Clooney não poderia ter ficado mais mecânico e desconfortável em um papel. Ele não foi capaz de transmitir um traço sequer da personalidade do herói. Resultado: caiu no limbo e na zoeira dos fãs.

3 - Halle Berry como Mulher Gato

O filme solo de 2004 da Mulher Gato sofre do mesmo mal que Lanterna Verde de 2011. Ninguém sabe explicar o que aconteceu. Halle Berry é uma atriz talentosa, mas sua atuação como Selina Kyle foi pavorosa. Na verdade, o filme inteiro é um show de horrores e ela merecia coisa melhor. Contando com um roteiro meia-boca, em vários momentos vemos o esforço de Berry em reviver a icônica atuação de Michelle Pfeiffer em Batman: O Retorno (1992), em particular na sensualização.

4 - Scarlett Johansson em Ghost in the Shell

Hora das polêmicas! A atriz e o diretor Rupert Sanders foram fortemente criticados por fazerem whitewashing no filme. Isto é, colocar uma pessoa branca para interpretar papeis originalmente de outra etnia. No caso da história, Motoko Kusanagi é asiática, logo, outra atriz deveria ter ficado com o papel. Alguns consideram o fato um exagero e ainda são capazes de falar que o profissional precisa "merecer" e não entrar por cotas. Essas são as mesmas pessoas que também pedem pela tal "fidelidade" nas adaptações.

5 - Jessica Alba como Sue Storm

Depois de muito tempo procurando, encontramos uma ou duas coisas boas nos dois longas (pré-reboot) de Quarteto Fantástico. Jessica Alba não é uma delas. A atriz não tem expressividade, sua expressão corporal é travada - algo essencial para representar seus poderes - e ainda teve a infelicidade de pegar um roteiro risível.

6 - Anna Paquin como Vampira

Nesse caso é o conjunto da obra. Vampira foi absurdamente mal aproveitada na trilogia original X-Men. Junto ao fato, vem Anna Paquin com uma atuação tão apática que concorre com Jessica Alba. Vampira é uma personagem que precisa se acostumar a manter distância física das pessoas a sua volta, mas nem por isso se tornou uma pessoa sem graça. Bem humorada, ela é superpoderosa e não abaixa a cabeça para ninguém - algo que o filme não deixa transparecer.

7 - Johnny Depp e qualquer coisa depois de Piratas do Caribe

Houve uma época em que Johnny Depp era conhecido por ser um ator versátil. Acredite, esse tempo realmente existiu. Então ele chegou como (Capitão) Jack Sparrow em Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra e tudo mudou. O papel caiu como uma luva para ele. Depp foi incrível e eternizou o personagem. O problema foi o efeito colateral que se estendeu com os anos. O ator incorporou de tal maneira os trejeitos do pirata que passou a influenciar suas outras performances. Podemos encontrar traços de Sparrow em boa parte dos personagens que vieram depois. O movimento do quadril, os gestos com os braços, a fala travada e mesmo o olhar de ressaca.

Concorda com a lista? Comente com a gente quais atores você acredita que foram uma péssima escolha para certos papeis.

Próxima Matéria
Imagens DD LL DD Inverse UA TMS SR
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Para mais aventuras Instagram: @gabinoronhaf Para comentários aleatórios e breves análises Twitter: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+