icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 camponeses que se tornaram governantes

POR Bruno Dias EM Curiosidades 05/05/20 às 14h40

capa do post 7 camponeses que se tornaram governantes

O nosso planeta é bastante dividido e existem diversas culturas. Cada uma dessas culturas conta com um tipo de sistema governamental. Podemos encontrar países com a monarquia ainda muito forte, outros sem o sistema de reis e rainhas, entre vários outros.

E nos tempos antigos o simples fato de nascer já te garantia ou te privava de várias coisas. Algumas pessoas pareciam satisfeitas com esse esquema de acabarem suas vidas do mesmo jeito que começaram. Mas ao longo da história tiveram algumas que simplesmente se negaram a isso. E conseguiram inverter sua vida completamente, começando em um lugar simples e chegando ao lugar de maior poder que alguém poderia imaginar. Mostramos alguns desses casos.

1 - Teodora - Bizantino

Nascida em 500 d.C. ela era filha de um treinador de ursos e cresceu no hipódromo. Lá, sua mãe a ensinou truques do comércio. Quando Teodora fez 15 anos ela era uma estrela das artes da comédia, mímica e também da prostituição. E sua fama com seu trabalho com o corpo era de ser incansável.

Aos 18 anos, Teodora encontrou a religião. E o imperador Justiniano I gostou tanto da jovem que mudou a lei para poder se casar com ela. Depois de casados ela começou a fazer vários dos deveres do imperador como por exemplo, aprovar leis e consultar governantes estrangeiros. Teodora também foi uma das primeiras defensoras dos direitos humanos tentando acabar com o tráfico de escravos sexuais e fazendo uma lei anti-estupro.

2 - Maximinus Thrax - Roma

O homem era pastor e tinha uma altura muito grande, um metro e oitenta. Ele era considerado um gigante com força sobre humana, então não foi surpresa para ninguém quando ele começou a trabalhar no exército romano. Em 235 d.C., Maximinus estava comandando uma força de recrutas na Alemanha. E eles decidiram que preferiam o homem como seu governante ao invés de Alexandre. Então os soldados mataram Alexandre e colocaram o gigante em uma posição de poder.

Maximinus sabia muito sobre a guerra e confiscou terras da classe proprietária de terras e foi para a Itália acabar com seus adversários ao trono. Mas ele nunca conseguiu chegar a Roma. Isso porque em 238 d.C. sua própria tropa o matou depois de verem que ele era um líder bastante cruel.

3 - Lui Bang - China

Esse homem nasceu em 256 d.C., em uma família camponesa. Em sua infância, Lui não parecia querer muito da vida. Até que viu o imperador andando em uma carruagem e pensou que era essa vida que ele queria. Lui então começou a trabalhar para conseguir a riqueza e o poder que tanto queria.

Ele passou um tempo subindo os degraus na escada do governo, mas viu um jeito mais fácil de se tornar imperador. Ele se tornou líder dos rebeldes. Em dois anos, Lui conseguiu derrotar seu rival Xiang Yu na captura da capital. Mas teve que mantê-lo longe nos outros quatro anos. Depois de derrotar o exército inimigo ele ficou conhecido como Imperador Gaozu, de Han. E começou a dinastia Han que durou 400 anos.

4 - Toyotomi Hideyoshi - Japão

Nascido camponês no Japão no século XVI, Toyotomi ficou órfão aos sete anos. Ele teve um começo de vida bem duro e se juntou ao clã Oda. Nele, ele conseguiu ir subindo na hierarquia. Toyotomi ganhou a confiança do homem conhecido como Rei Demônio e controlou suas tropas para saquear castelos, capturar cidades e forças guerreiras.

Quando o Rei Demônio foi morto, Toyotomi levou a cabeça do homem que o tinha matado a seu túmulo como forma de vingança. E ele continuou assumindo o Japão e lançou duas invasões à Coreia. Além de colocar fim à mobilidade social.

5 - Basílio I - Bizâncio

Nascido em uma família de camponeses, Basílio foi sequestrado por Khan Krum quando ainda era criança. Aos 20 anos ele conseguiu escapar e foi para Constantinopla para fazer dinheiro. Ele estava em uma luta livre quando foi desafiado pelo campeão e conseguiu vencer. Com essa vitória, ele foi nomeado como guarda-costas do imperador.

Ele viu sua posição de poder e então matou o tio do imperador e o próprio imperador assumindo o cargo. Ele governou por 19 anos até a sua morte.

6 - Ivaylo, o Repolho - Bulgária

O homem era tão pobre que por isso, era referido como repolho. Ele era um suinocultor do século XIII, na Bulgária. Ele organizou um grupo de camponeses que conseguiram derrotar os tártaros. Depois disso foram até a capital para mostrar sua insatisfação por ter que fazer o trabalho do czar. O czar não ficou muito contente e mandou um exército para matar os camponeses. Mas os camponeses acabaram vencendo. E Ivaylo foi matar o czar pessoalmente.

Ele se casou com a viúva do czar e se tornou o novo czar. Ivaylo governou somente por um ano, mas conseguiu várias vitórias contra o Império Bizantino.

7 - Zhu Yuanzhang - China

A família de Zhu no século XIV era tão pobre que eles tiveram que doar a maioria de seus irmãos. E sua família acabou morrendo por causa das inundações e pragas. Com isso, ele acabou se tornando um mendigo. Depois de anos andando pela China, Zhu se estabeleceu em um mosteiro. Mas seu azar o seguiu, quando a dinastia Yuan da Mongólia destruiu sua casa.

Ele então se juntou ao exército dos rebeldes e logo se tornou líder e capturou a cidade de Nanjing. Zhu conseguiu acabar com o domínio mongol na China e unificou as províncias, em 1383. Ele então começou a dinastia Ming, que foi a mais antiga da China.


Próxima Matéria
Via   Toptenz  
Imagens Toptenz
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest