• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 casos médicos mais bizarros que a humanidade já viu

POR PH Mota    EM Ciência e Tecnologia      07/11/16 às 13h47

O corpo humano funciona de uma maneira extremamente singular, capaz de realizar diferentes funções ao mesmo tempo, nos permitindo pensamentos, sensações e a compreensão de tudo ao nosso redor. Em alguns casos, porém, problemas bem estranhos podem fazer com que algo funcione da forma errada e gere resultados bem assustadores.

São pessoas que tem comportamentos ou funcionam de forma similar ao de personagens da ficção e monstro mitológicos ou que sofrem com pensamentos tão perturbados que acreditam em noções completamente fora da realidade, que causam problemas graves. A maioria das condições é bem rara, mas não deixam de ser estranhas.

Confira alguns dos problemas médicos mais estranhos conhecidos pela humanidade, sejam físicos ou mentais.

1 - Fibrodysplasia ossificans progressiva, ou Síndrome do Homem de Pedra

1

A Síndrome do Homem de Pedra é uma condição genética que transforma tecidos do corpo em ossos com o tempo. O Gene ACVR1, encontrado nos ossos, músculos, tendões e ligamentos regula o crescimento e desenvolvimento dos tecidos, normalmente sendo responsável por transformar a cartilagem em osso enquanto as crianças se desenvolvem. Mutações no gene, no entanto, podem causar a formação ser danificada, desenvolvendo músculos como ossos e fundindo ligamentos do corpo.

2 - Síndrome de Cotard, ou Síndrome do Cadáver Ambulante

2

A síndrome rara envolve pensamentos bizarros de morte em quem a possui. O paciente pensa que está morto, não existe ou que perdeu o sangue ou os órgãos internos do corpo. Em alguns casos, os afetados ainda podem imaginar que são imortais, levando a tentativas de suicídio para por a condição à prova. A síndrome só recebeu o status de transtorno psicológico em 2007, apesar de ter sido descoberta em 1880. Leia mais sobre outros transtornos psicológicos que são bizarros demais para ser verdade (mas são).

3 - Xeroderma Pigmentosum, ou Síndrome do Vampiro

3

Para sintetizar a vitamina D, humanos precisam de luz solar. Por outro lado, a exposição em excesso aos raios solares pode causar danos à peles. Em aproximadamente 1 a cada 1 milhão de pessoas essa sensibilidade é ainda maior. São pessoas que precisam ser completamente protegidas da luz do sol ou irão sofrer com queimaduras graves na pele. Se alguém com essa condição não for extremamente cuidadoso, pode desenvolver câncer de pele nos menores sinais.

4 - Hipertricose , ou Síndrome do Lobisomen

4

Quem sofre com hipertricose convive com um crescimento anormal de pelos por todo o corpo. O rosto humano pode ficar completamente coberto por longos pelos, o que acabou gerando o nome popular de Síndrome do Lobisomem para a condição, que pode ser congênita ou adquirida. Quem nasce com a síndrome, pode ser vítima de diferentes mutações genéticas, precisando de passar por tratamentos de depilação e remoção de pelos frequentemente ao longo da vida.

5 - Aquagenic urticaria, ou Alergia a água

5

Como a maior parte do nosso corpo é feita de água, é quase impossível acreditar que exista este tipo de problema. De fato, a condição não se caracteriza realmente como uma alergia, mas existem casos de pessoas que desenvolvem coceiras e manchas pelo corpo após poucos minutos de exposição a água. O problema é extremamente raro e sua causa ainda não muito conhecida. Alguns especulam que a alergia não é causada pela água, mas por químicos presentes nela, apesar da forma pura do líquido também provocar reações em alguns casos.

6 - Síndrome da mão alheia

6

Imagina se um de seus braços fosse controlado por uma pessoa que não você. É assim que se sentem as pessoas com a síndrome da mão alheia. Os movimentos de um dos braços do paciente parece ter vida própria e pode segurar coisas, reagir a toques e até ficar pegando no próprio corpo. Para essas pessoas, o seu braço parece ser uma outra criatura, e não apenas um membro parte do ser.

7 - Síndrome do sotaque estrangeiro

[caption id="attachment_122822" align="alignnone" ]Woman talking with alphabet letters coming out of her mouth. Communication, information, intelligence concept Woman talking with alphabet letters coming out of her mouth. Communication, information, intelligence concept[/caption]

O sotaque de alguém pode revelar muito sobre suas origens e referências, podendo levar a compreensão até mesmo sobre a personalidade. No entanto, algumas pessoas desenvolvem uma condição que faz com que elas falem com um sotaque estrangeiro, mesmo sem nunca ter visitado algum lugar onde aquele sotaque é nativo. Em alguns casos, vários sotaques diferentes são mesclados no discurso ou alternam durante a conversa. A condição é rara e pode ser motivada por danos cerebrais ou derrames.

Realmente alguns desses problemas são bem estranhos, não é? O lado bom é que são realmente raros e não devem ser vistos com frequência. Qual deles você achou mais assustador?

Próxima Matéria
PH Mota
Jornalista que é um encontro Monty Python e A Praça É Nossa.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+