• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 cenas de cinema mais caras de todos os tempos

POR Arthur Porto    EM Entretenimento      19/09/19 às 16h04

Gente, alguém tem, assim, mais ou menos, uma ideia sobre quanto realmente vale produzir uma determinada cena de um filme? Ah, não falo de qualquer take. Falo mesmo daquelas cenas, que ficaram marcadas na história e, claro, em nossa memória. Em suma, saiba, desde já, que não é nada barato, até porque produzir um simples longa já é caro. Agora, imagina produzir um longa, ilustrado por milhões de efeitos especiais...

E por que é caro? Bom, por diversos fatores. Primeiro, com a enorme concorrência, atualmente, cada filme precisa oferecer algo único. E, para tal, é preciso dinheiro, muito dinheiro. Além disso, para oferecer algo único, saiba que o custo, por minuto, de alguns longas-metragens pode ser excessivamente alto. Sabe quais produções gastaram quantias exorbitantes de dinheiro, para oferecer, ao telespectador, um momento memorável? Não? Pois você vai ficar sabendo agora. Confira nossa lista om os filmes que possuem as cenas mais caras do cinema.

1 - Vanilla Sky

Para quem não viu o filme, existe uma cena em que o personagem principal, que é interpretado por Tom Cruise, dirige seu conversível tranquilamente pela Times Square. No momento desse take especificamente, não há ninguém no local. E todos nós sabemos que a Times Square é, na realidade, um verdadeiro formigueiro. Então, como foi possível fazer umas das avenidas mais famosas de Nova York ficar vazia? Dinheiro, meu bem, dinheiro. O diretor Cameron Crowe fechou um acordo com o Departamento de Polícia de Nova York, para fechar a área, entre as 5h e às 8h, no dia em que a cena seria gravada. O resultado não poderia ser outro: a cena custou US$ 1 milhão. E sabe quanto tempo dura a cena? Exatos 30 segundos. Valeu a pena? Absolutamente.

2 - Eu sou a lenda

Em Eu sou a lenda, a cidade de Nova York aparece praticamente vazia. Não vamos dizer o motivo porque não queremos fazer spoiler. No entanto, existe um momento que é de tirar o fôlego: a ponte do Brooklyn é bombardeada e, em chamas, começa a cair. Para realizar tal take, o local teve que ficar completamente vazio, por exatas seis noites. O que exigiu um esforço descomunal. Em suma, para conquistar tal feito, a produção do filme teve que desembolsar uma bagatela de apenas US$ 5 milhões.

3 - 007 Contra Spectre

Galerinha, quando a gente pensa no James Bond, consequentemente, pensamos em que? Homens bonitos, né? Brincadeira, pensamos mesmo é em destruição, explosões em massa e, claro, luxo. Além dos incríveis ternos, o agente secreto sempre aparece dirigindo um automóvel sofisticado. Em 007 Contra Spectre, Bond, interpretado por Daniel Craig, aparece conduzindo um elegante Aston Martin DB10. Até aí, tudo bem, né? Normal, nada fora do comum. No entanto, o que muita gente não sabe é que o dito carro foi fabricado somente para o longa. Agora, o que muita gente também não sabe é que, para as cenas que envolvem destruição massiva de automóveis, a produção do filme teve que gastar US$ 32 milhões.

4 - Superman Returns

Em Superman Returns, a cena, que retrata o Superman retornando à Krypton, é totalmente intrigante por canalizar elementos de ficção científica. Em suma, criar a terra natal do Superman custou cerca de US$ 10 milhões. Mas valeu a pena, tanto que o público e os críticos amaram.

5 - Matrix Reloaded

Assim, todo mundo viu Matrix Reloaded, não é verdade? Lembram da cena na qual Morpheus (Laurence Fishburne), Trinity (Carrie-Anne Moss) e os gêmeos (Neil e Adrian Rayment) lutam, desesperadamente, em uma rodovia totalmente movimentada? Então, para realizar tal take, que não dura mais que 20 minutos, os irmãos Wachowski tiveram que gastar US$ 150 milhões.

6 - O resgate do Soldado Ryan

O longa O Resgate do Soldado Ryan é uma das obras que melhor reflete os caminhos que construíram a carreira do diretor, Steven Spielberg. A cena na qual o capitão John Miller (Tom Hanks) desembarca com seus homens na Normandia, em plena Segunda Guerra Mundial, foi uma das mais caras do longa. Considerando a magnitude do take, estima-se que o diretor teve que investir um orçamento de US$ 12 milhões.

7 - Transformers 5: O Último Cavaleiro

Uma das cenas mais caras do filme foi feita em ferro-velho, que está localizado ao norte do aeroporto de Deer Valley. Em suma, para tal, os produtores tiveram que contratar diversos tipo de serviços. O valor de tudo isso? Bom, dois meses no local custaram apenas US$ 15 milhões. Sabe o que é mais curioso? O filme foi o mais mal avaliado da franquia. Imagina...

Próxima Matéria
Via   Looper  
Imagens Looper
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+