• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 chamas eternas naturais que existem no mundo

POR Mateus Graff    EM Mundo Afora      08/02/18 às 12h46

Se a gente falasse que existem algumas chamas eternas espalhadas pelo mundo, vocês acreditariam? Não estamos falando das chamas do inferno, se é isso que você pensou. Pois fiquem vocês sabendo que ao redor do mundo existem algumas chamas naturais que tem origem gases inflamáveis que saem do chão. Curioso, não? Bom, além disso, existem as lendas envolvendo tais chamas.

Tendo em mente que poucas pessoas tem o conhecimento da existência desses "fenômenos", resolvemos fazer essa lista com algumas da chamas ainda estão em atividade. Então, caros leitores da Fatos Desconhecidos, confiram agora a nossa matéria com as 7 chamas eternas naturais que existem no mundo:

1 - Chestnut Ridge Park

Localizado atrás de uma cachoeira em Shale Creek Preserve, no sul do Chestnut Ridge Park, no noroeste da Pensilvânia, a chama natural se torna ainda mais estranha pelo fato de estar atrás de uma cachoeira. A lenda diz que a chama foi iniciada por nativos americanos há milhares de anos.

Embora a gente saiba qual é a fonte de combustível da chama (etano e propano), os cientistas não sabem de onde é que vem ou o que ocorre no recinto rochoso. Um estudo recente determinou que o solo não é quente o suficiente para inflamar o gás e manter a chama acesa. Mas então como funciona tal chama? Bom, é preciso fazer mais alguns estudos para desvendar esse mistério.

2 - Monte Chimaera

Olympos Mountain, perto da cidade de Antalya, na Turquia, é o lar de infiltrações de gás flamejantes que são pode ser a origem curiosa do mito da Quimera. Ah, lá também pode ter sido a área vulcânica descrita por Plínio, o Velho como tendo "uma chama que não morre de dia ou de noite".

Essa chama começou há pelo menos 2 mil anos. Segundo relatos, sua luz uma vez ajudou marinheiros antigos a evitarem bater nas margens rochosas.

3 - Caverna de água e fogo

Taiwan tem alguns dos mais fantásticos vulcões de lama e nascentes naturais do mundo. Devido a geologia local, esses vulcões de lama produzem gás metano. Perto do Templo de Biyun existe um lugar onde o gás em chamas foi chamado de "Caverna de Água e Fogo". Porém, não é uma caverna, mas sim uma pedra com uma pequena quantidade de água com gás metano borbulhando. As bolhas de gás metano alimentam o fogo contínuo, o que faz parecer que o fogo está queimando a água. Embora as chamas tenham diminuído, elas ainda são impressionantes.

4 - Mrapen

Na Indonésia, existem uma lenda onde começa com Sunan Kalijaga e seus seguidores cansados depois de uma longa jornada. Eles pararam para descansar à noite na vila de Mrapen, porém estavam com muito frio. Kalijaga enfiou a mão no chão, puxou e depois levou fogo para aquecer seus seguidores. A chama é considerada sagrada na cultura javanesa e tem sido usada para iluminar "tochas de fogo eternas" para torneios esportivos.

5 - O fogo eterno de Baba Gurgur

Localizado no centro de um enorme campo de petróleo no Iraque fica o fogo de Baba Gurgur. O fogo é alimentado por gás natural que sai das rochas. A lenda local afirma que o fogo foi usado por pastores para aquecer as ovelhas nos meses mais frios do ano. Essa formação de fogo natural pode ser a fonte da história bíblica da "fornalha ardente", na qual o rei Nabucodonosor jogou três judeus por se recusar a adorar um deus pagão esculpido em ouro.

6 - Chamas em Brennender Berg

A corrente de carvão em chamas em Brennender Berg, no Saarland, Alemanha, acendeu em 1688 e queima desde então. Ninguém tem certeza de como o fogo começou, mas a lenda diz que um pastor acendeu um fogo perto de um toco de árvore, que passou pelas raízes e depois no carvão.

Outra fato conhecido é que o famoso poeta Johann Wolfgang von Goethe visitou lugar em 1770 e escreveu sobre suas viagens e o encontro com a "montanha ardente": "O vapor denso surgiu das fendas e nós pudemos sentir o chão quente mesmo através das solas grossas dos nossos sapatos."

7 - Templo de Jwalamukhi

Há muitas lendas de como as chamas naturais surgiram, mas nenhuma é tão brutal quanto a lenda hindu da chama eterna no Templo de Jwalamukhi. A lenda diz que Prajapati Daksha humilhou sua filha Sati em uma festa, deixando a princesa tão chateada que ela se incendiou. Em retaliação, seu amante cortou a cabeça de Daksha e vagou pelo universo carregando o corpo queimado de seu amor falecido.

Eventualmente, Lord Vishnu cortou o corpo de Sati e lançou os pedaços na Terra. Sua língua parou no templo de Jwalamukhi e instantaneamente trouxe uma chama. Portanto, o Templo de Jwalamukhi é dedicado à Deusa da Luz. No templo, localizado a cerca de 50 quilômetros de Dharamshala, é possível ver as eternas chamas azuis de gás natural em chamas provenientes do santuário de rocha do templo.

E aí, caros leitores da Fatos Desconhecidos, já conheciam todos essas chamas naturais eternas? Comentem!

Próxima Matéria
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+