icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 clipes musicais mais polêmicos de todos os tempos

POR Isabela Ferreira    EM Entretenimento      09/02/18 às 15h44
capa do post 7 clipes musicais mais polêmicos de todos os tempos

Apesar de um cantor sempre gerar identificação com seu público por meio de suas músicas, sempre é preciso ir além. É para isso que existem os clipes musicais, utilizados como uma forma de gerar ainda mais engajamento ao artista. À medida que é possível ter um contato visual com a obra, ela faz com que as pessoas se sintam mais próximas da ideia que ele queria transmitir. No entanto, pode ser que conteúdos polêmicos possam surgir a partir daí.

Com o objetivo de impactar, pode ser que alguns clipes sejam desenvolvidos com conteúdo mais gore do que o necessário. Pensando exatamente nesses casos, nós aqui da Fatos Desconhecidos separamos abaixo os 7 clipes musicais mais polêmicos de todos os tempos. Por não ser conveniente em todos os casos, optamos por não disponibilizá-los ao longo da matéria. Confere aí!

1 - Closer - Nine Inch Nails (1994)

Exibido pela primeira vez no dia 12 de maio de 1994 e dirigido por Mark Romanek, o clipe conta com contundentes conteúdos sexuais e uma letra pesada. Apesar disso, se tornou o maior sucesso da banda naquele período. Apenas para que você tenha ideia, é possível encontrar temas bastante polêmicos ao longo do clipe.

Por exemplo, sexualidade, política, religião e até mesmo crueldade animal. É possível encontrar uma mulher nua, um macaco amarrado em uma cruz, um porco girando em algum tipo de máquina, enfim... Para a época principalmente, foi algo difícil de engolir. No entanto, o clipe ainda foi considerado como uma obra de arte, sendo adicionado à coleção do Museu de Arte Moderna.

2 - Jeremy - Pearl Jam (1992)

Embora visualmente não tenha conteúdo muito agressivo, talvez seja pela questão psicológica que o clipe foi envolvido em polêmicas. Ele conta a história de um garoto que é completamente ignorado pelos pais e que sofre bullying dos colegas. Após uma série de dilemas pessoais e enfrentar perturbações sobre si mesmo, o desfecho do vídeo mostra o menino entrando em sua sala de aula. Em seguida, levanta o braço, como se segurasse uma arma... No frame seguinte, é possível ver seus colegas manchados com algo que supostamente, seria sangue.

O clipe se inspirou na história real de um garoto de 15 anos, chamado Jeremy. Em 1991, no meio de sua aula de inglês, disparou tiros contra a turma. Bem, o fato é que o vídeo se tornou ainda mais polêmico após sua exibição ser proibida pela Columbine MTV.

3 - Lemon Incest - Serge Gainsbourg (1984)

Bem, pelo nome já podemos saber porque este é um dos clipes mais polêmicos da história. Traduzido como "Incesto de Limão", foi um clipe que Gainsbourg, que já tinha uma imagem de homem provocativo, produziu para ele e sua filha. O único porém, é que entre as cenas, ele aparece na cama com a menina, que na época tinha apenas 12 anos.

4 - (s) AINT - Marilyn Manson - 2003

Como um todo, o álbum de Manson intitulado como Antichrist Superstar, foi um de seus mais polêmicos. No entanto, o clipe produzido para a música (s) AINT, foi certamente, o que superou todo o resto. Mostrando cenas de auto-mutilação gratuitas, escravidão, manchas de sangue, dentre tantas outras coisas, o clipe foi banido nos Estados Unidos e em outra diversas partes do mundo.

Dessa forma, o astro se viu na obrigação de produzir uma outra versão para o clipe da música, que pudesse ser exibido na TV e em outros meios. Durante muito tempo, a única forma de ter acesso ao clipe original era acessando o site de Manson, ou comprando CD e DVD.

5 - Like a Prayer - Madonna (1989)

Na época de lançamento do clipe, Madonna foi alvo de intensas críticas. A cantora acabou fazendo uma apropriação da iconografia católica para produzir seu clipe. Utilizou a imagem de cruzes queimadas, um coral gospel e como se não bastasse, ela ainda aparece dançando no meio de uma igreja, usando um grande decote. Apenas para que você tenha noção, ela chegou a perder o patrocínio que tinha com a Pepsi.

6 - It's a beautiful day for cancer - Al Bino (2009)

A música do rapper Al Bino ainda pode ser considerada como uma confusão. Não se sabe ao certo se era uma música legítima, ou apenas uma campanha contra o câncer. O fato é que, durante todo o clipe, é possível ver uma espécie de cabeça, que cresce a partir de uma ferida nas costas de um homem. Ela representa o câncer, onde a todo momento o cantor diz "É um ótimo dia para o câncer". Dessa forma, acabou se transformando em um dos clipes mais polêmicos já conhecidos.

7 - Justice - Stress - 2007

Lançado no ano de 2007 e dirigido por Romain Graves, conta com um impacto visual absoluto. Em um período onde aconteciam diversos episódios de violência em Paris, era exatamente disso que se tratava o clipe. As cenas mostravam cenas de uma gangue que saía pelas ruas destruindo tudo o que viam pela frente. E qual foi a medida a ser tomada? Sim, o clipe foi proibido em Paris, pois as autoridades o consideraram como uma forma de incentivar o crime.

E então pessoal, o que acharam? Conhecem outros clipes tão polêmicos quanto, e que não foram mencionados em nossa lista? Compartilhem com a gente aí pelos comentários!


Próxima Matéria
avatar Isabela Ferreira
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest