icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 coincidências criminais assustadoras

POR Diogo Quiareli    EM Curiosidades      15/12/19 às 19h48
capa do post 7 coincidências criminais assustadoras

Existem diversas coincidências sobre muitas coisas, não é mesmo? Isso trata-se de uma série de eventos e circunstâncias. Em síntese, daqueles que não possuem conexões, mas acabam se relacionando por puro acaso. Sempre que ocorre um crime misterioso, os investigadores buscam resolvê-lo. Assim, reunindo as coincidências que cercam o caso. No entanto, podem ocorrer complicações durante essas buscas criminais. Em suma, uma investigação pode facilmente ser dificultada por causa das coincidências desfavoráveis.

Pensando um pouco sobre isso, resolvemos trazer essa matéria. A Fatos Desconhecidos buscou e listou para você, caro leitor, algumas coincidências criminais assustadores. Se você souber de algum caso assim que não listamos aqui, manda pra gente nos comentários aí embaixo. Sem mais delongas, confira conosco a seguir e surpreenda-se.

Coincidências criminais assustadoras

1 - Vítima de assassinato que sucumbiu a uma doença sanguínea

Em 1964, Calvin Jones tinha 33 anos e estava em um relacionamento com Sara Tolbet, de 23. No dia 13 de junho, o casal começou a discutir dentro do veículo de Jones. Ele agrediu violentamente sua namorada, usando uma mangueira. A mulher faleceu na briga e Jones decidiu ir a uma delegacia, para confessar. Jones, no entanto, não enfrentou acusação de assassinato. Em uma coincidência impressionante, notou-se que, mesmo que não fosse espancada, Sara teria morrido na manhã seguinte. Posteriormente, exames médicos mostraram que ela estava sofrendo de uma doença rara, chamada anemia falciforme. Quando morreu, a mulher tinha apenas algumas horas de vida.

2 - Desaparecimento dos irmãos Palmer

Em 1999, Michael Palmer, de 15 anos, morava em Wasilla, no Alasca. Ele era o caçula de três irmãos. Na manhã de 14 de junho, o jovem e três amigos saíram de uma festa de bicicleta, mas Michael ficou para trás. O garoto nunca voltou pra casa e foi dado como desaparecido. Sua bicicleta foi encontrada em um rio, e seus tênis, molhados, a 180 metros dela. Uma busca no rio não o revelou.

Dez anos depois, uma das maiores coincidências criminais: o seu irmão mais velho, Chucky, desapareceu de forma misteriosa. No dia 13 de abril de 2010, com 30 anos, Chucky estava hospedado com amigos, em uma cabana nas montanhas. Chucky se separou do grupo e desapareceu para sempre.

3 - Relato de assassinato antes de ser acusado

No começo do dia 3 de julho de 1991, Kristen Davis, de 21 anos, terminava uma viagem de sua cidade natal, Boulder, no Colorado. Ele visitará um amigo em Vidalia, na Geórgia. Ele estava próximo ao destino, até que um dos atos criminais mais severos aconteceu. Uma caminhonete parou ao lado do seu carro e uma pessoa atirou em sua cabeça, com uma espingarda. Davis morreu na hora e seu carro capotou. Pouco depois, o casal Tracy e Karen Wilkes viu o carro e relatou à polícia. Coincidentemente, o casal se envolveria em um caso de assassinato na área. 45 dias depois, Tracy e Karen assaltaram e queimaram a casa de Moril V. Hudson, de 69 anos. Os dois então foram presos, acusados de assassinato, roubo e incêndio criminoso.

4 - Caso de Matthew Case

Em 6 de dezembro de 1983, um homem, não identificado, foi encontrado estrangulado. Basicamente, seu corpo estava em um terreno baldio, em Hialeah, na Flórida. Uma sacola plástica foi encontrada, colada atrás de uma placa perto do local. Ela tinha um recado que dizia: "Agora o motivo é claro e a vítima também. Você tem todas as respostas. Apenas siga as pistas". A polícia, com isso, chegou a uma placa de velocidade, com outro enigma, dizendo: "Mateus está morto, seu corpo não tem mais sentido.

Esses cérebros eram de Matt, porque seu corpo derreteu. Logo descobriu-se que no Halloween, uma igreja organizou um jogo, onde as pessoas tinham que esconder pistas de crimes fictícios. Um dos atos criminais, com maior coincidência, foi esse, onde um assassinato aconteceu na mesma área. No final, a vítima foi identificada como um marinheiro da Colômbia, que se chamava Francisco Patino Gutierrez. Ele morreu envolvido com tráfico de drogas.

5 - Assassinato de Mary Morris

Existem vários relatos criminais terríveis e esse está na lista dos piores. Na manhã do dia 12 de outubro de 2000, Mary Henderson Morris, de 48 anos, saiu de sua casa em Houston. No mesmo dia, seu carro queimado foi encontrado com o corpo dela incendiado. Ela estava sem o seu anel de casamento. De acordo com relatos, ela era uma mãe e esposa amorosa. Três dias depois, uma mulher de 39 anos foi encontrada morta, dentro do seu carro, na mesma vizinhança.

Ela havia sido espancada e baleada, com sua própria arma. A vítima era Mary McGinnis Morris. Pouco antes de morrer, ela teria ligado para a polícia, várias vezes. Seu marido era suspeito e notaram que ele fez uma ligação, de quatro minutos para o número, após as ligações dela para a emergência. Surgiu a teoria de que ele mandara matar sua esposa e eles mataram outra Mary por engano. Ambos os casos permanecem sem solução.

6 - Condenação injusta de Dennis Maher

Na noite de 16 de novembro de 1983, uma mulher foi atacada e estuprada em Lowell, Massachusetts. Na noite seguinte, outra mulher foi atacada na mesma área. Entretanto, esta conseguiu fugir. Então, forneceu a descrição à polícia. Mais tarde, Dennis Maher foi detido e as duas vítimas o identificaram como o estuprador. Posteriormente, o homem foi condenado à prisão perpétua. Mais tarde, uma organização, que livra pessoas inocentes, provou que Maher não era o autor dos estupros. Em 2003, ele foi libertado, após cumprir 19 anos de prisão, por crimes que não cometeu. Foi tudo coincidência. Do mesmo modo, a segunda vítima disse que o homem usava um moletom vermelho, com capuz e jaqueta militar. Naquele dia, Maher chamou a atenção da polícia, ao sair de uma loja, vestindo um moletom vermelho e uma jaqueta militar, que foi encontrada em seu carro.

7 - Desaparecimentos de Stacy Peterson e sua mãe

Essa é uma das histórias criminais mais estranhas. Foi o desaparecimento de Stacy Peterson, de 23 anos. Em 2007, Stacy morava em Bollingbrook, Illinois, com seu namorado, Drew Peterson, que era 30 anos mais velho. O homem estava em seu quarto casamento. No dia 28 de outubro daquele ano, Stacy desapareceu e começaram a desconfiar do marido, visto que seu casamento estava passando por crises. Três anos antes,a terceira esposa do homem foi encontrada morta,em sua banheira. Isso levou a uma investigação sobre essa nova morte. Em 2009, Drew foi acusado pela morte da ex-companheira e condenado a 38 anos de prisão. Coincidentemente, a mãe de Stacy, Christie Cales, de 40 anos, também desapareceu. Surpreendentemente, nunca houve provas dos desaparecimentos, o que torna a história bizarra.

E aí, o que você achou dessa lista? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.


Próxima Matéria
Via   Listverse  
avatar Diogo Quiareli
Diogo Quiareli
Geminiano, 26 anos, goiano. Amante de música pop, fã de Katy e Luan.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest