icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 coisas do seu cotidiano que possuem origens totalmente inesperadas

POR Magno Oliver EM Curiosidades 23/12/16 às 11h54

capa do post 7 coisas do seu cotidiano que possuem origens totalmente inesperadas

E se os objetos do cotidiano pudesse te falar alguma coisa o que será que seria? Aqui no site da Fatos Desconhecidos, nós já exibimos para você algumas ilustrações.

Você sabe a origem da internet que conecta ao seu smartphone por meio da rede wifi, o motivo de colocarmos uma vela em cima do bolo e cantar parabéns?

Nossa redação reuniu algumas coisas que você usa ou que estão muito presentes no seu cotidiano e separamos o significado delas para você. Confira aí algumas delas:

1 - Wifi

O wifi surgiu por meio de um experimento que envolvia buracos negros. Tudo começou quando um físico chamado John O'Sullivan quis provar que buracos negros pequenos podem evaporar, enviando sinais de rádio nesse processo. Ele resolveu fazer o experimento depois de ler uma teoria de Stephen Hawking a respeito do assunto. Ele acabou desenvolvendo uma ferramenta matemática para encontrar os tais buracos, mas não conseguiu encontrar nada no espaço. Foi quando que em 1992 ele entrou para uma empresa que tentava fazer redes de computadores sem fio e decidiu usar sua ferramenta de detecção de buracos negros para criar a rede e tudo acabou dando certo. Foi quando que os princípios da ferramenta acabaram contribuindo para que a wifi fosse criada.

2 - A vela no bolo de aniversário

A origem da colocação de uma vela em um bolo começou com os gregos antigos que faziam uma espécie de festival na primavera em que as mulheres faziam oferendas à deusa da caça e da lua, Artemis. O evento se chamava Mounichia e os organizadores preparavam bolos de mel que eram preenchidos com velas, na intenção de fazê-las brilhar como a lua no céu. Outro ponto curioso da celebração era que os gregos tinham o hábito de matar uma cabra durante a cerimônia.

3 - O alface era um afrodisíaco

No antigo Egito, o alface era tido como uma espécie de alimento afrodisíaco. Segundo o hypescience, a alface "é plantada há cerca de 5.000 anos. A evidência mais antiga do seu cultivo vem do Egito em 2680 aC, quando as pessoas ficaram tão entusiasmados com folhas verdes que começaram a fazer arte dedicada a elas.
Os egípcios detestavam o sabor do vegetal, mas o usavam como um impulsionador de desejos sexuais. Eles descobriram que poderiam fazer um líquido branco leitoso secretar da alface, concluindo que ela era afrodisíaca.
O povo do Egito Antigo chegou até mesmo a nomear um deus da alface. Seu nome é Min, e ele geralmente não aparece em livros de ensino médio porque permanentemente ostenta uma bela ereção."

4 - As esteiras surgiram da punição a criminosos

A esteiras de academia tem suas origens nos castigos dados a criminosos, em 1818. A primeira deles foi feita por William Cubit e era compost por um cilindro de madeira equipado com um corrimão que tinha o funcionamento parecido ao de uma roda para ratinhos. O objetivo era fazer os castigados andar na estrutura por até 10 horas por dia sem chegar a lugar nenhum. Logo depois percebeu-se que dava para usar o princípio desse método para captar energia e os prisioneiros se tornaram fontes baratas de energia.

5 - Animais de balão

Os balões tradicionais com bichinhos, flores e vários outros formatos usados em aniversários surgiram no tempo dos astecas. Segundo o hypescience, os astecas "faziam diferentes formas animais usando intestinos de gato, secos e costurados com um selo hermético.
Esses animais de balão eram postos em chamas como uma oferta para seus deuses sanguinários.
Não foi até 1939 que o primeiro palhaço, Henry Maar, fez um animal de balão de borracha. Ele provavelmente não tinha ideia de que estava copiando um velho ritual asteca."

6 - Depilação na virilha

O ato de raspar os pêlos íntimos começou com os muçulmanos e foi copiada pelos ocidentais. De acordo com o hypescience, "na primeira metade do século XII, os cruzados europeus ocupavam Jerusalém. Muçulmanos e cristãos visitavam os mesmos banhos públicos - e os europeus tiveram sua primeira chance de ver um muçulmano nu.
Aparentemente, eles eram "lisos" nas partes de baixo, e os europeus gostaram da ideia e começaram a pedir ajuda para raspar suas virilhas também."

7 - O uso do gesto obsceno

O ato e mostrar o dedo do meio é um gesto considerado ofensivo e muita gente não sabe dizer o motivo disso. A explicação, segundo o hypescience, é que o "primeiro registro de sua utilização aconteceu no quarto século aC. O filósofo grego Diógenes estava observando um homem dar um discurso e, querendo fornecer um feedback negativo, estendeu o dedo médio e enrolou os outros dois ao lado, tentando fazer sua mão parecer um pênis e duas bolas.
O gesto de Diógenes se espalhou. Logo, o poeta Aristófanes usou-o em uma peça de teatro. Aos poucos, o público começou a perceber exatamente o que esse dedo representava."

O que você achou da origem destas coisas? Mande seu comentário para gente!


Próxima Matéria
avatar Magno Oliver
Magno Oliver
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest