• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 coisas erradas que você faz no banheiro todo dia

POR Jesus Galvão    EM Curiosidades      21/10/19 às 18h31

Ir ao banheiro é parte essencial de nossa rotina, afinal, possuímos necessidades fisiológicas, que não podem ser contestadas. Portanto, quando é chegada a hora, seu organismo lhe envia um sinal de que você precisa se direcionar ao que, popularmente, chamamos de 'trono'. Ao longo de nossas vidas, adquirimos muitos hábitos. Alguns deles podem ser difíceis de largarmos.

Alguns hábitos de higiene, muitas vezes, nos são ensinados por nossos pais. Assim, desde a mais tenra idade, os agregamos em nossa rotina. Os replicamos tanto, que é difícil acreditar que alguns deles proporcionem algum tipo de malefício a nossa saúde. Porém, isto é totalmente possível. Pensando nisso, hoje, preparamos uma lista com algumas das coisas que muita gente por aí faz errado na hora de usar o banheiro e não sabe. Confira!

1 - Ficar sentado por muito tempo

Muitas pessoas se sentem muito confortáveis, em passar vários minutos, sentadas no vaso sanitário. Muitas vezes, acompanhadas por um livro, revista ou smartphone. Porém, isso pode fazer muito mal para a saúde. Passar muito tempo nessa posição, exerce grande pressão nas veias inferiores do reto. Com o tempo, isso pode causar hemorroidas, bem como dor e sangramento durante a evacuação.

2 - Fazer muita força para evacuar

Ao fazer muita força, às vezes a ponto de prender a respiração, exercemos grande pressão sobre as veias. O que pode não apenas causar hemorroidas, como também fissuras anais. A situação pode se tornar ainda mais grave, quando tentamos evacuar fezes duras, o que geralmente costuma ocorrer devido à constipação. Para evitar esse quadro, especialistas recomendam a ingestão de fibras e mais líquidos. Atividade física regular ajuda a melhorar os movimentos no intestino.

3 - Não olhar para suas fezes

Obviamente, olhar para o cocô, que você fez, não é a visão mais agradável. Entretanto, a aparência das fezes pode lhe dar muitas dicas, sobre o que está acontecendo com seu organismo. Fezes macias, lisas e em forma de salsicha são um sinal de boa saúde gastrointestinal. No entanto, fezes duras, com caroços, podem indicar a necessidade de aumentar a quantidade de fibras e fluidos em sua dieta.

Fezes líquidas podem indicar um leve caso de intoxicação ou intolerância a algum produto. Bem como doenças mais graves, como a doença de Crohn ou doença celíaca. Portanto, consulte um médico, sempre que notar qualquer mudança brusca e persistente na coloração e no formato de suas fezes.

4 - Você ignora o cheiro da sua urina

Sim, certos alimentos podem ocasionar uma mudança no cheiro e na coloração da urina. Entretanto, se o forte cheiro persiste e sua urina sempre é escura e turva, isso pode indicar uma infecção do trato urinário. Além de também servir de alerta para outras condições como infecções da bexiga, doença hepática, diabetes. Distúrbios metabólicos também podem alterar o odor da urina.

5 - Usa alvejante para limpar o banheiro

Em geral, usar água sanitária para limpar o banheiro é inofensivo. Tudo o que você precisa de fazer, é despejar 1?4 de uma xícara, no vaso sanitário, e deixar agir por alguns minutos antes de limpar o banheiro. Porém, se o alvejante é misturado à amônia gases tóxicos chamados cloraminas são criados. Esses gases podem causar tosse, chiado, náusea ou olhos lacrimejantes. Em grandes concentrações, pode levar à dores no peito e até mesmo pneumonia.

6 - Se limpar apenas com papel higiênico

O uso do papel higiênico, de alguns sabões e lenços umedecidos perfumados podem causar irritação na pele entre as nádegas, causando prurido e inflamação. Todos nós queremos ficar limpos depois de evacuar, porém, o uso de papel higiênico perfumado/colorido e alguns produtos podem ser evitados. Se não for possível tomar um banho, limpe a região suavemente com papel higiênico comum.

7 - Dá descarga com a tampa do vaso aberta

Um estudo da Universidade do Oklahoma (EUA) descobriu que descargas, em vasos sanitários, podem desempenhar grande papel na transmissão de doenças infecciosas. Ao dar descarga com a tampa do vaso aberta pequenas partículas de resíduos e água podem ser pulverizadas até 4,5 metros, acima do vaso sanitário.

Um outro estudo, da Universidade de Leeds, descobriu que a bactéria Clostridium difficile pode subir cerca de 25 cm, acima do assento do vaso, a cada descarga de tampa aberta. Esta bactéria pode causar infecções, diarreia e náuseas.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião. Posteriormente, não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+