icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 coisas malucas que os insetos são capazes de fazer

POR Cristyele Oliveira    EM Curiosidades      13/11/19 às 12h20
capa do post 7 coisas malucas que os insetos são capazes de fazer

Você sabia que os insetos foram a primeira coisa no planeta Terra a produzir e ouvir sons? Além disso, sabia que eles existem há mais de 400 milhões de anos? Pois é, talvez por esse motivo, esses pequenos seres incomodem tanta gente. É claro que não é todo mundo, mas a maioria das pessoas realmente detesta os insetos, ou pelo menos alguns deles. Quem você conhece que gosta de barata, por exemplo? Provavelmente ninguém, porque estamos falando de baratas, e as pessoas costumam ter medo e nojo delas. É, os insetos, embora pequenos, e quase sempre inofensivos, são vistos como monstros em miniatura e assustam muita gente.

Mas uma coisa interessante sobre eles é que, além de assustar, eles também são capazes de fazer coisas realmente incríveis, peculiares e por vezes bizarras. Os insetos podem viver literalmente em qualquer lugar, desde nas partes mais quentes até nas mais frias do planeta. E podem ser encontrados ainda em lugares que você raramente os vê, como o oceano. Eles estão ali e em todos os lugares, e como cada criatura existente, fazem parte do equilíbrio do ecossistema. Confira a seguir, 7 coisas malucas que os insetos são capazes de fazer.

1 - Sincronia entre os vagalumes

Se você visitar o rio Mae Klong, na Tailândia, à noite, verá uma das exibições visuais mais lindas da natureza. São centenas de vagalumes piscando, em um uníssono perfeito. Esse incrível comportamento de sincronia faz parte do ritual de acasalamento desses insetos. O que é mais interessante, é como eles são capazes de sincronizar de forma tão perfeita suas luzes pulsantes. É uma comunicação exata que se espalha pelo enxame como ondas em um lago. O ritmo logo abrange toda a população de vaga-lumes, presentes até que todos estejam perfeitamente sincronizados, fazendo um espetáculo de iluminação que só é possível apreciar na natureza.

2 - Lagartas destruidoras de pinheiros

Devido ao seu tamanho, os insetos geralmente são vistos como pragas inofensivas, mas não se engane. As lagartas processionárias são uma espécie de mariposa marrom, que vivem nas florestas de pinheiros, principalmente na Europa e Ásia. Apesar do seu tamanho, ela é uma das pragas mais destrutivas do mundo. Essas lagartas podem destruir até 73% de uma floresta de pinheiros, em uma única geração. Além disso, elas ainda acabam com qualquer esperança de recuperação, devido ao seu alto poder de destruição.

3 - Construir armadilhas

Enquanto a maioria das espécies de formiga do mundo se alimenta de comidas que podem apanhar em qualquer lugar que possam encontrar, a Allomerus decemarticulatus é mais esperta. Ao invés de ir atrás da comida, ela deixa as suas presas chegarem até ela. Essas formigas constroem literalmente armadilhas nas hastes e folhas das árvores e ficam aguardando a hora de sua comida chegar. Quando um outro inseto cai em uma dessas armadilhas, a formiga aparece e o agarra, transformando o mesmo em sua próxima refeição. Ela consegue segurar presas maiores que 13 mil vezes o seu próprio tamanho.

4 - Formigas matemáticas

Outra prova do quão inteligentes são as formigas. Quando uma colônia é apresentada a uma fonte de alimento, elas formam um trem, que as leva até o alvo, no menor espaço de tempo. Tudo bem, isso faz sentido, e qualquer outro animal faria o mesmo. Porém, no caso das abelhas, o interessante é que elas podem criar um caminho de tecelagem, em terrenos variados, para criar um atalho matematicamente mais lógico. Funciona assim: se elas se moverem mais devagar sobre determinado terreno, elas irão contorná-lo, justamente para percorrer uma distância maior. Ou seja, para manter o terreno mais suave. Mas elas também não hesitarão em passar pelo terreno mais difícil, se levar muito tempo para percorrer.

5 - Pernas venenosas

As centopeias são chamadas de "cem pernas" pela grande quantidade de pares de pernas que elas possuem. Mas, na verdade, elas podem ter de 15 a 177 pares de pernas, dependendo da espécie. Um fato curioso sobre as centopeias, é que elas sempre têm um número ímpar de pares de pernas. Mas o mais curiosos sobre elas mesmo é o fato de que as pernas da frente não foram feitas para caminhar. Na verdade, as pernas da frente de uma centopeia formam presas venenosas, que são usadas para injetar veneno e paralisar suas presas.

6 - Esperança e o canibalismo

Os Katydids são conhecidos popularmente como esperanças, e são também chamados de grilos mórmons. De tempos em tempos, explosões populacionais levam a enxames maciços desses insetos, que varrem fazendas e cidades. Os enxames podem ter milhões de esperanças, todos procurando por proteína. Porém, eles vivem de uma dinâmica estranha. Com grandes enxames, apenas os insetos, que vão na frente, têm acesso a comida. Quando os retardatários os alcançam, a comida já acabou. Então, loucos de fome, eles começam a atacar a fonte de proteína mais próxima que, no caso, são os outros na frente deles. Para evitarem serem canibalizados pelo enxame faminto, os esperanças que foram na frente, precisaram se mover o quanto antes.

7 - Homossexualidade dos insetos

Para os mamíferos e pássaros, a homossexualidade não é tão estranha (pelo menos, para alguns). Mas, uma forma menos estudada, é a proliferação do sexo gay entre os insetos. Enquanto as criaturas maiores, geralmente, tenham razões mais profundas para procurar por relações entre o mesmo gênero, no caso dos insetos, essas motivações são menos puras. Os insetos participam de relações homossexuais por mera confusão, manipulação ou desespero.

Enfim, você já sabia sobre essas curiosas capacidades dos insetos? Conta para a gente nos comentários e aproveite para compartilhar com os seus amigos.


Próxima Matéria
avatar Cristyele Oliveira
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest