• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 coisas que as mulheres não sabem sobre o corpo feminino após a gravidez

POR Arthur Porto    EM Ciência e Tecnologia      22/08/19 às 18h53

A gravidez é o período de até 42 semanas em que uma mulher gera um bebê. Quando se observa os sintomas de gravidez, é necessário constatar a gestação por meio de um teste. Para tal, existe duas maneiras. Primeiro, comprando o teste de gravidez de farmácia e, segundo, por meio de exame de sangue.

Ambos os testes medem a quantidade do hormônio beta-HCG no corpo da mulher. Independente do teste, saiba que, caso seja constatada a gestão, seu corpo passará por algumas mudanças. O que completamente, normal, claro. No entanto, sabe quais mudanças são essas?

1 - Barriga

Uma das piores consequências da gravidez, para muitas mães, é o fato do corpo sofrer algumas modificações. De acordo com especialistas, a gestação ocasiona ganho de peso, flacidez e até mesmo certas complicações de saúde. Um dos problemas mais comuns em uma gravidez é a diástase. A diástase é a separação dos músculos do abdômen. O processo, geralmente, costuma ocorrer após o 5º mês de gestação, formando espécies de "buracos" entre a musculatura. O diagnóstico pode ser dado facilmente através do toque na região do abdômen.

2 - Cabelo

Ao longo da gestação, o ciclo de desenvolvimento do cabelo também passa por certas transformações. Geralmente, como explicam os especialistas, os fios tendem a ficar a maior parte do tempo na fase de crescimento. O processo é conhecido como anágena. Agora, quatro meses após o nascimento do bebê, o cabelo pode começar a cair. No entanto, nada alarmante. Afinal, é hora de dar lugar a novos cabelos.

3 - Bexiga

Uma das queixas mais comuns durante a gravidez é a frequente vontade de urinar. Isso ocorre porque a bexiga é comprimida pelo útero conforme ele aumenta de tamanho para suportar o crescimento do bebê. Além disso, vale ressaltar que a constante vontade de urinar começa no início da gestação. Muitas vezes, é um dos sintomas que ajudam a mulher a identificar a gravidez. Nas duas últimas semanas, a frequência se intensifica por causa do encaixe da cabeça do bebê na bacia da mãe, o que é chamado de "queda do ventre".

4 - Cicatriz

A cesariana é uma cirurgia na qual se corta sete camadas de tecido em uma extensão de 10 a 12 centímetros. Atualmente, esse corte é feito abaixo da barriga. Geralmente, as mulheres que passam por este tipo de cirurgia recebem orientação ainda na maternidade. Após o nascimento do bebê, os cuidados em relação ao corte são feitos com auxílio de profissionais de saúde. Quando a mulher recebe alta, os cuidados são simples: higienizar com água e sabão durante o banho, manter limpo e seco. Em suma, é normal que esse processo deixe em seu corpo uma cicatriz.

5 - Tatuagem e piercing

Tattoos na barriga, seios ou quadris são mais propensas a mudar. Em suma, isso ocorre porque essas são as áreas que mais expandem. Durante a gestação, brincos e piercings no nariz podem ficar, assim como piercings em mamilos ou umbigo. No entanto, algumas mulheres dizem que após um tempo de gestação os piercings começam a incomodar. Caso incomode, mude o tamanho ou o estilo da jóia. Persistindo o incômodo, remova-o completamente. Só não se esqueça que na hora do parto a história é outra. Esses acessórios não são aconselháveis durante o processo.

6 - Pés

A gravidez pode, sim, alterar permanentemente o tamanho dos pés das mulheres.

7 - Ruptura uterina

A ruptura uterina é uma condição grave, mas rara. Acontece quando as paredes do útero se rompem total ou parcialmente durante o parto e, de forma menos frequente, durante a gestação. Apesar do baixo risco, a maioria dos casos de ruptura uterina, aproximadamente 87%, ocorre em mulheres que já tiveram uma cesárea.

 

Próxima Matéria
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+