• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 coisas que não fazem sentido no relacionamento de Hermione e Rony

POR Gabi Noronha    EM Séries e Sagas      23/07/18 às 16h24

A saga Harry Potter aborda de tudo um pouco e, até hoje, há discussões sobre certo tópicos da história. Um deles são os casais formados ao longo dos livros e filmes. Há quem adore que Hermione e Rony ficaram juntos, assim como Harry ter acabado com a Gina. E está tudo bem, até porque, esse foi o final recebido. Contudo, se analisarmos um pouquinho o cenário montado por J. K. Rowling desde o primeiro volume da saga, percebemos que algo está muito errado. Se fosse para Hermione se envolver com alguma pessoa, ela deveria ser o Harry.

O fato está contido em cada página dos livros, da Pedra Filosofal a Ordem da Fênix. Hermione sempre foi mais próxima de Harry. É certo que eles são amigos, mas eles ficam cada vez mais próximos. Chega a ter momentos em que apenas ela consegue acalmar Harry. A relação entre Hermione e Rony nunca foi muito saudável, pois ambos passavam mais tempo brigando do que conversando. Há quem justifique que o amor é assim e os opostos se atraem. Mas as coisas não são bem assim.

Essa ideia veio da clássica obra literária Orgulho e Preconceito, no entanto, as histórias são completamente diferentes. Nem mesmo a construção narrativa se assemelha. Com absoluto respeito a maravilhosa J. K. Rowling, ela não é Jane Austen. As discussões entre Hermione e Rony são patéticas e não acrescentam em nada na história e no desenvolvimento de seus personagens. Se ela quisesse um final no qual os dois pudessem ficar juntos, então que entregasse a evolução do relacionamento ao longo dos livros. Não foi o que tivemos. Os sentimentos dos dois um pelo outro começou de um livro para o outro. Foi abrupto, ele não foi trabalhado e muito menos lapidado. Claramente foi algo feito às pressas. Até porque, faltava apenas dois livros até o fim saga.

A fim de mostrar o outro lado dessa estranha relação, separamos algumas coisas que não faz sentido nela.

1 - Seus animais de estimação se odeiam

Hermione tem um gato, Rony tem um rato. As coisas entre eles já começam erradas por aí. Simbolicamente, esses dois animais não dão certo e costumam ser retratados como predador e presa. Uma ideia retirada da vida real, inclusive. No filme, ocorre a mesma situação. Bichento e Perebas declaram guerra no primeiro momento que se encontram. Quando seus tutores não estavam olhando, os dois passavam o tempo todo brigando. Era literalmente uma perseguição de gato e rato.

2 - A briga se estende a eles

Assim como seus animais de estimação, Hermione e Rony não se dão muito em logo de cara. Na verdade, com o passar dos anos, eles até ficam amigos, mas brigam o tempo inteiro. Hermione tem pouca paciência com as trapalhadas de Rony. Ele leva tudo na brincadeira e sabe pouco de tudo, o que também não facilita sua tolerância. Com o tempo ele melhora e procura estudar mais, assim como a paciência dela se desenvolve. No entanto, as discussões não acabam, elas apenas acontecem num espaço maior de tempo.

3 - Hermione era muito mais próxima de Harry

A relação entre Hermione e Harry começa de forma inocente e muito bonita. Eles se tornam amigos e ela o ajuda em tudo que podia. Porém, a cada ano letivo eles se tornam ainda mais próximos. Os dois passaram por diversas situações juntos, muitas sem a presença do Rony. Nos livros, essas aventuras são ainda mais recorrentes. No quinto livro, Harry tem ataques de ciúmes ao descobrir que os dois passaram as férias juntos. No decorrer da história, porém, Hermione se aproxima ainda mais de Harry.

4 - Rony não reconhece os esforços de Hermione

Apesar de todas as trapalhadas, Rony é um amigo leal, uma pessoa na qual Harry pode contar. E, no fundo, o mesmo serve para Hermione. Entretanto, ele não é o tipo bacana de namorado, ao menos não para ela. Rony faz provocações o tempo inteiro sobre ela ser tão dedicada aos estudos. Todas as teorias, ideias e soluções que ela apresenta, ele tem de fazer algum comentário malicioso. Ninguém precisa de uma pessoa para te colocar para baixo. Muito menos Hermione. Ela sabe do que é capaz e, embora fique triste, não deixa a zoação de Rony afetar seu desempenho.

5 - Nem mesmo Rupert Grint botou fé no relacionamento

Colocar Hermione com Rony foi um ato tão aleatório que até mesmo parte do elenco achou estranho. Rupert Grint foi um deles. Em uma coletiva no começo de 2016, o ator comentou sobre o relacionamento dos dois. Ao ser questionado sobre um possível cenário após os eventos da história, Grint comentou sobre o término dos personagens. "Eu acredito que Rony, provavelmente, se divorciou de Hermione. Eu não creio que essa relação tenha ido bem", revelou.

6 - Personalidades completamente diferentes

Quem propagou a frase "os opostos se atraem" deveria estar preso. Você gostar de ler e seu par romântico preferir videogames é uma coisa. Outra é as duas pessoas sempre preferirem coisas diferentes. Hermione é uma menina que gosta de estudar, procura por um futuro melhor e tenta fazer a diferença em tudo que se dedica. Em contrapartida, Rony não quer saber de nada. Ele não gosta de nada. O caminho traçado pelos dois são completamente opostos. E, ao contrário do que tendem a romantizar, isso não é bom. Um casal pode, e devem, ter ideias diferentes, mas precisam trilhar o mesmo caminho para a relação dar certo.

7 - Até mesmo a J.K. Rowling se arrepende do que fez

O encaixe da relação entre Hermione e Rony foi tão sem sentido que até mesmo a criadora da obra se arrepende do feito. Em uma entrevista ao The Times, em fevereiro de 2014, Rowling comentou sobre seu equívoco. "Eu escrevi a relação entre Hermione e Rony como forma de realizar um desejo. Foi concebido assim. Hermione acabou com Rony mais por questões de ideia original do que de literatura", confessou.

Não há problemas em gostar de Hermione e Rony juntos. Entretanto, todo o cenário organizado por J.K. Rowling ao longo de cinco livros, se revelou ineficiente em dar coerência ao romance. Por tudo apresentado desde o início, desde o primeiro livro, Hermione deveria ter ficado com Harry. Ou, se nada desse certo, que ela acabasse sozinha. Ela poderia encontrar uma pessoa no futuro. Ela poderia ter encerrado a história ao lado dos amigos, sem necessariamente precisar de um romance.

O que você acha sobre esse relacionamento? Comente com a gente.

Próxima Matéria
Via   SR  
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Para mais aventuras Instagram: @gabinoronhaf Para comentários aleatórios e breves análises Twitter: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+