• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 coisas que o chá de cogumelo faz no corpo humano

POR Arthur Porto    EM Ciência e Tecnologia      29/11/19 às 15h38

As primeiras referências ao consumo de cogumelos foram encontradas em livros, de 1502. De acordo com as obras, a iguaria era muito utilizada, por exemplo, em rituais que faziam parte de festas de coroação de imperadores Astecas.

De lá para cá, muita coisa mudou. Atualmente, diversos estudos apontam que os cogumelos, que possuem psilocibina e psilocina, alcalóides ativos, podem proporcionar diversos benefícios à saúde. De acordo com especialistas, esses alcalóides ativos podem, por exemplo, aliviar a ansiedade e a depressão.

Entretanto, vale ressaltar que consumir altas doses da iguaria pode também ocasionar alguns riscos. Por quê? Porque, basicamente, tais cogumelos fazem parte do grupo de drogas alucinógenas, que agem no cérebro e afetam os sentidos, causando alucinações.

Independente se fazem bem ou não para a saúde, ou de como são utilizados, decidimos selecionar aqui, 7 pontos que explicam como os cogumelos podem favorecer uma melhoria do corpo e da mente. Confira:

1 - Humor

Os efeitos dos cogumelos parecem estar associados às condições psicológicas e emocionais do consumidor, assim como ao contexto, em que esse consumo se verifica. São semelhantes ao LSD, mas menos intensos e duradouros. Por atuar diretamente no cérebro, ligando regiões que normalmente não se comunicam e bloqueiam os efeitos da serotonina, hormônio que atua regulando o humor e outras funções.

2 - Alucinações

Os cogumelos, raramente, provocam alucinações. Mas quando consumidos em grandes quantidades, a história é outra. Quando consumimos altas doses de cogumelos, nossa percepção altera. Ou seja, nesse momento, pode ser bastante difícil diferenciar fantasia e realidade.

3 - Depressão

De acordo com estudo publicado na revista Scientific Reports, a psilocibina, composto psicoativo presente naturalmente nos cogumelos alucinógenos, pode auxiliar no tratamento da depressão. A substância foi utilizada por pesquisadores da Imperial College London, para tratar um grupo de pacientes que não respondiam aos métodos convencionais. Nesse ínterim, os especialistas descobriram que a substância "reiniciou" a atividades de circuitos cerebrais relacionadas com a doença.

4 - Angústias que o fim da vida provoca

Ayahuasca, LSD e psilocibina (composto ativo do chá de cogumelo) são alvos de uma série de estudos médicos nos Estados Unidos e Europa. Grupos das universidades americanas Johns Hopkins e de Nova York, por exemplo, mostraram que uma única dose de psilocibina alivia uma das mais piores angústias que o ser humano pode sofrer, aquela causada pela aproximação inexorável da morte, em pacientes terminais.

5 - Ansiedade

Cientistas da Universidade da Califórnia acompanharam doze pacientes, com idades entre 36 e 58 anos. Todos tinham câncer em estágio avançado, além de alguns distúrbios psiquiátricos, como por exemplo, ansiedade. Os pacientes, nesse ínterim, receberam uma dose moderada de psilocibina. Após receberem as doses, os voluntários foram monitorados por seis meses. Nesse período de tempo, os cientistas perceberam significativas melhorias no humor e nos níveis de ansiedade.

6 - Efeito contrário, mas por pouco tempo

Nos casos citados acima, alguns participantes relataram ter experimentado momentos de intensa ansiedade e desconforto. Em contrapartida, tais momentos duraram cerca de alguns minutos a algumas horas. Em seguida, os mesmos disseram que começaram a sentir uma sensação de alívio. Além disso, tal experiência variou significativamente de pessoa a pessoa.

7 - Pupilas

A dilatação das pupilas pode ter a ver com o aumento da produção de serotonina, que é um dos efeitos do chá. Além da dilatação, os cogumelos podem provocar também náuseas, aumento do pulso, da pressão sanguínea e da temperatura.

Próxima Matéria
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+