• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 coisas que você não fazia ideia sobre a África do Sul

POR Ana Luiza Andrade    EM Entretenimento      19/07/17 às 19h38

África do Sul: país de abundâncias naturais, diversidade de culturas e uma potência econômica para o mundo. Ao lado do Brasil, Rússia, Índia e China formam o bloco dos BRICS, o grupo de países emergentes mais relevante do planeta e que representam grande parte da riqueza mundial.

Foi colônia dos Holandeses, depois dos Ingleses, vivenciou a luta contra o Apartheid e tem na sua história nomes de respeito, como Nelson Mandela. Esse é um país que foge do estereótipo africano. Ali você não vai encontrar apenas miséria e animais selvagens.

É claro que há safáris e também há problemas sociais, como o Brasil ou qualquer país subdesenvolvido. Mas a África do Sul, vai além disso. E você precisa conhecer as 8 coisas mais incríveis e que você não fazia ideia de que existiam por lá. Então aqui vai essa lista:

1 - Três países dentro de um

A África do Sul abraça dentro do seu território outros dois países, que apesar de suas fronteiras limítrofes, dependem da riqueza e da economia forte da África do Sul.

É o Lesoto, que possui língua e administração própria. Também é um lugar montanhoso e sua altitude pode chegar até 3 mil metros. Não tem saída para o mar e sua economia se baseia na agricultura e na pecuária.

E a Suazilândia, um dos poucos países que ainda adotam o sistema político da Monarquia. Lá você encontrará as savanas africanas e pode se deparar com as zebras e os antílopes.

Por outro lado, infelizmente, esse também é o lugar com a maior taxa de contaminação do mundo pelo vírus da Aids. Pelo menos um terço da população adulta sofre com o colapso na saúde pública.

2 - Três capitais

Se no Brasil temos apenas uma capital, que é Brasília, na África do Sul os poderes se dividem entre três capitais e tudo funciona normalmente.

A cidade de Pretória é a capital administrativa, a Cidade do Cabo é a capital legislativa, e em Bloemfontein funciona a capital judiciária.

E isso não prejudica em nada o sistema político do país.

3 - Onze línguas

Se por aqui nos gabamos de saber falar uma língua a mais do que a nossa, os sul-africanos devem ficar muito orgulhosos de sua riqueza linguística. Isso porque eles possuem não uma, nem duas, muito menos três, mas onze línguas oficiais. Mais a língua nativa.

Isso sem contar o inglês, claro, que todos por lá falam, e muito bem.

4 - A estrada do vinho

Se você acha que na África a unica atração são os safáris, está redondamente enganado. É que a África do Sul também é conhecida pela riqueza de suas vinícolas. Em termos de posição, o país está entre os 10 maiores produtores de vinho do mundo.

O ponto de partida para essa estrada começa sempre pela Cidade do Cabo, ou Cape Town como é mais conhecida pela população. Johannesburgo também está dentro desse roteiro etílico.

Estima-se que existam no mínimo 340 vinícolas em todo o país, então, visitar todas elas será um longo passeio, mas delicioso.

5 - Vizinhos e prêmios Nobel

Eles não moravam exatamente um ao lado do outro, mas sim na mesma rua. Trata-se de Nelson Mandela e Desmond Tutu, dois ganhadores do Prêmio Nobel da Paz.

A rua  em questão se chama Vilakazi e fica em Soweto. Conhecer essa rua é um passeio quase obrigatório para quem visita Johanesburgo. Aliás, é considerada uma das mais importantes do mundo, um verdadeiro símbolo da luta contra a segregação racial na história do país.

Tanto Mandela quanto Tutu lutaram pelo fim do Apartheid (separação dos brancos e dos negros) e coincidentemente ambos moravam nessa mesma rua.

6 - A maior cratera do mundo

(Imagem feita do espaço, pela NASA)

Ela fica há 120 quilômetros de Johanesburgo e se chama "Cratera Vredefort". Acredita-se que um meteorito atingiu a Terra há dois bilhões de anos. A "pedra" teria no mínimo 10 quilômetros de diâmetro e alvejou o solo com uma velocidade de 20 quilômetros por segundo.

O impacto foi duas vezes maior que o provocado pelo meteoro que levou os dinossauros à extinção. E os cientistas acreditam que o impacto gerou a maior energia liberada que o Planeta Terra já viu.

Em 2005, o local foi tombado pela Unesco como patrimônio da humanidade. E todo ano Vredefort atrai milhares de turistas e aventureiros.

7 - Luxo

O luxo também faz parte desse cenário e há inúmeros resorts requintados na África do Sul.

O mais lendário é o "The Palace of the Lost City" (O Palácio da Cidade Perdida). Por muito tempo o hotel foi considerado o único 6 estrelas do mundo. É um ícone do país e não decepciona os turistas acostumados apenas com tudo do bom e do melhor.

8 - Nação Arco-íris

O país é conhecido pela expressão "nação arco-íris". Isso devido a diversidade de raças que compõe a sociedade sul-africana.

De acordo com o site da Embaixada da República da África do Sul  estão assim catalogados:

  • Brancos (comunidade européia, principalmente holandeses e ingleses) - 12%
  • Coloridos (mestiços) - 8,5%
  • Asiáticos (chineses, indianos) - 2.5%
  • Negros (grupos étnicos: Zulu, Sotho, Tswana, Xhosa, Tsonga, Swazi, Venda, Ndebele) - 77%

A África não é só miséria e safári. É o berço da civilização. Um grande continente rico em cultura, história e diversidade. Sendo a África do Sul uma das maiores potenciais econômicas e turísticas do mundo.

Gostou de conhecer um pouco mais sobre a África do Sul? Então aproveite e não esqueça de deixar o seu comentário. Se você já foi até lá, conte a sua história e as impressões de sua viagem.

Próxima Matéria
Ana Luiza Andrade
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+