• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 coisas que você não sabia sobre J. R. R. Tolkien

POR Toni Nascimento    EM Curiosidades      01/04/19 às 19h01

No início dos anos 2000, a população média que não tinha contato com literatura fantástica conheceu um dos maiores escritores do gênero de todos os tempos: J. R. R. Tolkien. A trilogia O Senhor dos Anéis levou a grande obra do autor para um público que jamais tinha ouvido falar de histórias fantásticas, e que mesmo assim, se emocionou para valer com o filme que acumula 17 óscares.

Mas seu império começou muitos anos antes dos longas. Não foi ele quem inventou os dragões, nem deu voz às árvores e muito menos quem usou pela primeira vez aranhas malignas gigantes. Porém, ele foi o homem que realmente colocou emoção e uma boa dose de diversão nisso tudo.

Olhe para a literatura fantástica hoje em dia e tente achar ao menos um grande autor que não tenha bebido da fonte de J. R. R. Tolkien. George R. R. Martin, que está em alta com o fim próximo da série de TV inspirada em seus livros, Game of Thrones, já afirmou que escreveu todos os livros da saga até o momento querendo fazer uma obra que fizesse jus a Senhor dos Anéis - tanto na qualidade, quanto no tamanho.

Tamanha grandiosidade eleva J. R. R. Tolkien a um nível elevado de popularidade, quase uma apoteótica. Ainda assim, eu tenho certeza que você ainda não sabe muita coisa sobre o autor de O Hobbit. Duvida? Listamos 7 curiosidade inusitadas sobre ele.

1 - Infância sombria

J. R. R. Tolkien teve uma infância complicada. O autor nasceu em 1892, na África do Sul, e pouco tempo depois mudou-se com a mãe e o irmão mais novo para a Inglaterra. O pai ficou e acabou morrendo de febre amarela quando o escritor tinha apenas 4 anos de idade. As coisas foram um pouco difíceis durante esses anos, porém, pioraram de vez quando ele completou 12 anos e sua mãe morreu.

Ele passou boa parte da sua adolescência vivendo como um jovem órfão, indo de orfanato em orfanato. Isso durou até ele ser adotado por um padre católico chamado Francis. Talvez nunca teríamos conhecido o universo dos hobbits se J. R .R. Tolkien não tivesse tido uma infância tão sombria.

2 - Complexo com aranhas

No livro, O Senhor dos Anéis, Frodo acaba se deparando com aranhas gigantes em um momento muito importante da história. Além disso, na obra O Hobbit também podemos ver Bilbo enfrentando aranhas gigantes. Tudo bem, todo mundo minimamente normal tem medo de aranhas, porém, a relação de Tolkien com o animal parece muito mais profunda do que o normal.

Uma biografia do autor, J. R. R. Tolkien: A Biography diz que Tolkien foi mordido por uma tarântula enquanto aprendia a andar. Tolkien, no entanto, já chegou a afirmar, quando era vivo, que tinha pouca memória do evento e na verdade até gostava de aranhas, a ponto de resgatá-las da banheira ao em vez de deixá-las ir pelo ralo como uma pessoa normal.

3 - Tolkien casou com sua namorada de infância

Aos 19 anos, ele fez amizade com uma vizinha de 16 anos. Eles fumavam e bebiam escondidos de seus pais. O padre que cuidava de Tolkien achava a relação dos dois problemática e nada saudável. Mas não era por causa do comportamento deles, e sim, pelo fato de a garota ser protestante. Ainda assim, aos 21 anos, o escritor se casou com a moça e os dois tiveram quatro filhos.

4 - Vários idiomas

Tolkien realmente era um gênio da linguagem, uma vez que, desde novo, dominava várias línguas diferentes. Ainda adolescente, ele já dominava quatro idiomas, e quando adulto, falava fluentemente sueco, norueguês, dinamarquês, alemão, holandês, francês, espanhol, italiano, galês, russo e finlandês. Para completar, ele também conhecia um monte de línguas antigas, incluindo o nórdico antigo, o inglês antigo, o inglês do meio e o galês medieval.

5 - Dicionário

Entre os anos de 1919 e 1920, o Oxford English Dictionary foi escrito por uma equipe de estudantes da qual J. R. R. Tolkien fazia parte. Ele estava na parte da equipe que estava em cima da letra W.

6 - Tradução de Beowulf

Você já leu, ou ao menos assistiu ao filme de Beowulf? Tolkien o chamava de "a maior das obras sobreviventes da antiga arte poética inglesa". Ele chegou a fazer a sua própria tradução da obra. Apesar de não querer, essa tradução não oficial foi publicada.

7 - Tolkien viveu a guerra

Tolkien estava nas trincheiras durante a Primeira Guerra Mundial, e de lá, com certeza tirou inspiração para as guerras em seus livros (apesar de dizer que não). Inclusive, muito se especula que a Guerra dos Cinco Exércitos teve base nesses acontecimentos.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta aqui com a gente e compartilha nas suas redes sociais.

Próxima Matéria
Via   Grunge  
Toni Nascimento
Nerd, mas principalmente amante do cinema. Mais em @nascimento_toni
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+