• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 coisas que você não sabia sobre As Patricinhas de Beverly Hills

POR Victor Prado    EM Séries e Sagas      16/03/17 às 15h08

Um dos filmes mais adorados dos anos pelas jovens dos anos 90 é As Patricinhas de Beverly Hills, que no original é Clueless. O filme conta a história de uma estudante do ensino médio extremamente rica e popular, que começa a fazer boas ações. O que ela não imaginava, é que essas ações acabariam tomando um rumo que ela não iria gostar.

A protagonista se chama Cher, interpretada por Alicia Silverstone. No elenco também temos Brittany Murphy e um jovem Paul Rudd, que interpretada o tão desejado Josh. O filme foi lançado em 1995 e foi dirigido por Amy Heckerling que recentemente dirigiu apenas episódios de alguns seriados pequenos.

Sem mais delongas, vamos as curiosidades. O Entre Séries e Sagas separou 7 coisas que você não sabia sobre As Patricinhas de Beverly Hills:

7- O filme foi filmado em 40 dias

O filme teve uma excelente pré-produção o que fez com que ele fosse gravado rapidamente. Foram apenas 40 dias de gravações. É bom lembrar que o filme não depende de muitos cenários caros, apenas uma escola e grandes mansões, o que facilitou a gravação do mesmo.

6- A escola usada nas gravações foram frequentadas por dois atores

A escola utilizada para a gravação do filme foi uma escola encontrada em Beverly Hills. O mais engraçado é que Alicia Silverstone e Breckin Meyer (à direita) estudaram naquela escola, o que facilitou a atuação. Eles só precisavam lembrar dos seus tempos de escola para viverem como adolescentes.

5- A diretora fez uma aparição no filme e até voltou a escola

A diretora nos entregou um bom material, principalmente se você está tentando agradar adolescentes. Amy até faz uma curta participação conversando com Cher e até voltou a escola para ficar mais inspirada na hora de dirigir o filme.

4- A cena do carro

A cena em que Cher, Dionne e Murray estão desesperados e gritando no carro, foi totalmente inspirada em Amy Heckerling, a diretora do filme. Aparentemente, Amy também fica muito nervosa quando está no volante. Ela sempre acaba gritando quando se vê em uma situação de muita pressão.

3- Foi o primeiro trabalho de Mona May, a figurinista do filme

Se existe uma coisa que nós amamos no filme, é seu figurino incrível. Temos roupas super coloridas, em mulheres maravilhosas e muito, mas muito xadrez bem usado. O mais interessante é que esse foi o primeiro trabalho de Mona May, que se consagraria nessa profissão, cuidando do figurino de diversos outros filmes e séries, como, Encantada (2007), Santa Clatira Diet (2017) e Esposa de Mentirinha (2011).

2- Alicia Silverstone não teve audição para papel

Alicia parece ter nascido para interpretar Cher, e parece que a diretora também acha isso. Quando um papel é lançado em Hollywood, centenas de atrizes querem o papel e algumas são capazes de matar uma a outra para conseguirem tal papel. O mais curioso é que Amy viu Silvertone no videoclipe da banda Aerostmith, Cryin, e não pensou em outra pessoa desde então. Ela apenas marcou um almoço com a atriz e aí tivemos o nascimento de Cher.

1- Cher teve 63 mudanças de figurino

Se você for mais atento para a troca de figurino e ter papel e caneta em mãos, provavelmente ver um número surpreendente. Foram 63 roupas diferentes, mesmo que o conjuntinho amarelo xadrez tenha ficado no coração de muitas meninas nos anos 90.

E aí, o que achou dessas curiosidades? Comenta aí e compartilha com todo mundo.

Próxima Matéria
Via   The Talko  
Imagens Rojakdaily
Victor Prado
Passa na zoeira que aqui não tem limites, gold elohell no lolzin, minha playlist do Spotify destruiria sua vida social, de David Bowie a Vai Embrazando de Pokémon a Game of Thrones aqui é Vitão eclético. Homão da Porra. Instagram: victorh.prado
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+