icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


7 coisas que você não sabia sobre a vida no Círculo Ártico

POR Diogo Quiareli    EM Mundo Afora      05/11/18 às 15h30
capa do post 7 coisas que você não sabia sobre a vida no Círculo Ártico

Muitas pessoas sonham em viver nos países que nevam. Os amantes do frio e dos tempos frios adoram o clima e a vida que as pessoas apresentam. No entanto, a imagem de alguns lugares, como o Círculo Polar Ártico, por exemplo, se consolidou em muitas mentes, mas pode ser de forma errônea. O lugar coberto por gelo é duro e bastante perigoso. Coberto por uma espessa camada de neve, as pessoas que vivem por lá conhecem bem o que é desespero. As poucas que habitam o local devem dividir espaço com alguns ursos e muito frio. No entanto, muito se questiona a respeito desse estilo de vida. O que será que realmente acontece por lá e como as pessoas vivem?

Pensando um pouco sobre isso, resolvemos trazer essa matéria. A redação da Fatos Desconhecidos buscou e listou para você, caro leitor, algumas coisas que você não sabia sobre a diferente vida das pessoas no Círculo Ártico. Se souber alguma outra que não listamos aqui, manda pra gente nos comentários aí embaixo. Aproveite para compartilhar com seus amigos e, sem mais delongas, confira conosco e surpreenda-se.

1 - A vida depende do clima

Existe, no Norte, um conceito de "dia aumentado". Nesse dia é proibido sair de casa por causa das geadas e ventos fortes. A temperatura pode chegar a -45° em alguns dias e -55° em outros. Os alunos são impossibilitados de irem à escola. Esses tempos ainda impossibilitam voos de decolarem ou pousarem e as prateleiras nos supermercados costumam esvaziar mais rápido do que de costume.

2 - Comida

Como os alimentos são importados no Extremo Norte, o preço pode ser muito alto comparado ao restante do mundo. As verduras e legumes costumam custar bastante, assim como laticínios, pães, carnes e peixes. Para suprir a necessidade de algumas famílias, há caçadores e pescadores que buscam alimentos constantemente. Isso se dá também por causa do clima, pois dependendo sempre de entregas aéreas, eles podem ficar sem comida quando o aeroporto não pode receber pousos.

3 - O inverno e a noite

Quando o inverno de fato chega, você deve sempre usar um relógio. Isso porque o Sol se põe durante algumas horas do dia e você pode ficar perdido se ainda é "dia" ou noite.

4 - Dia polar

O Dia Polar é a representação de dia longo. No verão, as pessoas se tornam mais ativas e sociais, pois dificilmente o Sol se põe. As pessoas podem andar sem medo na rua às 2 da manhã, pois estará bastante claro para isso. Na verdade, estará totalmente ensolarado.

5 - Feriados longos

Os moradores do Extremo Norte possuem algumas vantagens. Incrementos salariais, férias 2 vezes ao ano e feriados que podem tomar até 4 meses do ano. Isso ajuda quem quer viajar, pois só é possível chegar lá ou sair através de viagens aéreas.

6 - Entretenimento

O gelo começa a se mover na primavera e no verão. Nessa época, as pessoas costumam ir para o rio. Isso é feito para que possam admirar os enormes blocos de gelo flutuando. Eles ainda podem desviar dos pedaços nos rios, saltando de um a um, mas é algo bastante perigoso.

7 - Sonho de conhecer o "Continente"

Os habitantes simples do Norte conhecem o resto do mundo como "Continente". Isso quer dizer tudo que está localizado no outro lado do Círculo Polar Ártico. Quase todo mundo quer morar lá por alguma razão.

E aí, o que você achou desse estilo de vida? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.


Próxima Matéria
Via   ADME  
avatar Diogo Quiareli
Diogo Quiareli
Geminiano, 26 anos, goiano. Amante de música pop, fã de Katy e Luan.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest