icone menu logo logo-fatosnerd.png


7 coisas que você precisa saber sobre a série cancelada de Star Wars

POR Gabi Noronha EM Fatos Nerd 14/02/18 às 13h31

capa do post 7 coisas que você precisa saber sobre a série cancelada de Star Wars

George Lucas em 2005, durante o evento Star Wars Celebration, anunciou que faria uma série live action para a televisão logo depois de A Vingança dos Sith. Na época, o programa recebeu o título provisório de Star Wars: Underworld. Ele prometia algo bem diferente de tudo já visto na franquia. Em uma entrevista a Total Film em 2008, ele chegou a comentar que seria parecido com o Episódio IV: divertido, com muita ação, porém, com bem mais diálogo. "Eu chamaria mais de uma novela com muito drama pessoal incluído. Não é baseado nos filmes de ação e aventura da década de 1930 e sim nos filmes noir dos anos 1940", informou Lucas.

A série incluiria novos personagens, cenários e, claro, histórias. A ideia era audaciosa, entretanto, após anos de planejamento, a série não saiu do papel. A ABC, emissora pertencente a Disney e encarregada da série no período, disse que o foco deveria ser os filmes e nas séries animadas. Dessa forma, Paul Lee, presidente do canal, informou que Star Wars: Underworld não aconteceria. A série foi cancelada entes mesmo de ganhar um piloto. Apesar disso, muita coisa chegou a acontecer nos bastidores dessa história. Pensando nisso, separamos algumas curiosidades sobre o caso.

1 - Mais Boba Fett

De alguma forma, vários fãs de Star Wars têm um certo carinho por Boba Fett. O personagem é um caçador de recompensa que mal aparece nos filmes da franquia. Mesmo assim, as pessoas queriam ver mais sobre ele. A série pretendia proporcionar isso aos fãs. Havia diversos episódios a respeito de Boba Fett. Inclusive, Daniel Logan, o ator que deu vida ao personagem nos prelúdios, estava interessado em reprisar o papel. Ainda hoje as pessoas têm esperança de ver uma história concentrada no caçador.

2 - Solo: A Star Wars Story

Basicamente o que será mostrado no próximo filme da franquia estava planejado para ser mostrado na série. Por exemplo, como Han Solo conheceu Chewie e como Lando perdeu a Millenium Falcon eram algumas das ideias de trama para a história. Agora, essas intenções foram resgatadas e os fãs terão a oportunidade de conferir todas essas aventuras a partir do dia 24 de maio nos cinemas.

3 - Foram escritos 50 roteiros

Originalmente, George Lucas planejou 25 episódios por temporada (!). De acordo com ele, essa quantidade permitia explorar bem as histórias planejadas. No entanto, à medida que os roteiros eram escritos, Lucas e companhia perceberam que muito material ainda continuava de fora. A equipe de criação era grande, por isso, as variedades e possibilidades que apareciam para a história nunca paravam de crescer. Dessa forma, eles acabaram gerando 50 roteiros e ninguém queria descarta-los.

4 - A verdade por trás do cancelamento

Embora hoje a televisão tenha conquistado o mesmo respeito que o cinema, o cenário nem sempre foi esse. Na verdade, essa realidade mudou não faz muito tempo. Ainda na década de 1990, as séries não eram vistas com bons olhos. Para um artista, sair do cinema parae trabalhar na televisão era fim de carreira. Sendo assim, os programas não tinham tanto investimento como têm atualmente. No começo dos anos 2000, o cenário já começava a mudar, porém, realizar algo tão grandioso como Star Wars para a telinha exigiria um orçamento muito alto. Na época, estimou-se que cada episódio custaria cerca de US$ 5 milhões de dólares para a emissora. Um dinheiro que a ABC não estava disposta a gastar.

5 - Darth Vader

O personagem mais famoso de toda a franquia também estava nos planos de George Lucas para fazer uma participação na série. Apesar da boa intensão, Lucas não tinha ideia de como inserir Darth Vader na história. Afinal, o destino do personagem não permitia sua aparição constante no programa. Acredita-se que o vilão faria apenas uma participação especial.

6 - Nem a Disney aprovou

Star Wars era uma marca licenciada pela Disney, ou seja, a empresa tinha os direitos de transmissão das produções. Isso durou até 2012, quando o estúdio comprou a Lucasfilm e passou a possuir qualquer coisa relacionada a franquia. Sendo assim, a Disney teve acesso aos roteiros produzidos de Star Wars: Underworld. Depois de uma cuidadosa análise, ela também decidiu não seguir em frente com o projeto. Ao invés disso, alguns anos mais tarde a companhia anunciou o lançamento de sua própria plataforma de streaming, a qual pretende preencher com as mais variadas produções, inclusive séries live action de Star Wars.

7 - Cronologia

A proposta era que a série se passasse entre os Episódios III e IV. De acordo com os roteiristas, esse seria o período mais interessante para explorar. Outra ideia é que o programa não seria contínuo; a ideia era fazer uma antologia, ou seja, cada temporada contaria uma história diferente. A única conexão, nesse caso, seria o cenário em si da franquia.

Então, acha que foi uma boa Star Wars: Underworld ter sido cancelada? Ou você ainda gostaria de ter visto como a série poderia ficar? Comente suas impressões conosco!


Próxima Matéria
Via   SR     Fandom     IMDB  
avatar Gabi Noronha
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Para mais aventuras Instagram: @gabinoronhaf Para comentários aleatórios e breves análises Twitter: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest