• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 coisas que você provavelmente não sabia sobre a Sonserina

POR Gabriela Tyemi    EM Fatos Nerd      30/10/17 às 17h17

Das casas de Hogwarts, a Sonserina é, definitivamente, a mais intrigante. Conhecida por abrigar bruxos como os Malfoy e o Tom Riddle, seus membros são conhecidos por serem do "mal". Mas, o que mais você sabe sobre essa casa, que ninguém quer ser escolhido nos testes das casas de Hogwarts pela Internet? Bom, apesar da fama nem um pouco agradável, a Sonserina tem sido o lar de alguns feiticeiros incríveis, que rivalizam até com os inimigos de Harry Potter.

Durante a história contada na série de livros de J. K. Rowling, alguns detalhes sobre a Sonserina passaram despercebidos, ou até mesmo não foram revelados. Por isso, veja a seguir algumas curiosidades que você provavelmente não sabia sobre essa casa:

1 - O filho do Harry Potter é da Sonserina

No final de Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2, nosso amado bruxo envia seu filho, Albus, para Hogwarts pela primeira vez. Harry destaca a promessa de que o amará, independentemente da casa em que ele esteja classificado. Então, na peça recentemente lançada, Harry Potter e a Criança Amaldiçoada, o pobre filho acaba sentando na mesa da Sonserina e as coisas ficam um pouco confusas na casa dos Potter. Harry teve dificuldade em lidar com a realidade de que seu filho foi classificado na casa de grande parte dos seus inimigos. No final, ele finalmente percebe que poderia ter sido muito pior.

2 - Seu espaço de convivência é subterrâneo

Antes de mais nada, o espaço da Sonserina em Hogwarts não é apenas uma sala comum com dormitórios. É uma masmorra, porque a sua localização não é para os fracos. Não, eles não têm uma cadeia e dispositivos de tortura de uma masmorra - mas eles residem tanto no terreno da escola, quanto em uma área parcialmente debaixo d'água. Embora os especadores não tenham tido muitas chances de explorar a ala da Sonserina em Hogwarts durante a série de livros, Harry deu uma olhada na masmorra em a Câmara Secreta. Algumas janelas da sala comum da Sonserina oferecem uma visão do oculto e misterioso Grande Lago. Como resultado, todo o espaço é banhado por uma tonalidade verde.

3 - O fantasma da Sonserina tem um lado obscuro

Sabemos que os fantasmas de Hogwarts não eram excitantes ou bondosos. Ainda assim, quando se trata das origens do Barão Sangrento da Sonserina, a história é especialmente assustadora. Antes de morrer, o Barão Sangrento teve um amor não correspondido por Helena, filha da fundadora de Hogwarts, Rowena Ravenclaw. A mulher mais velha recrutou a ajuda do Barão depois que sua filha desapareceu, e ele a rastreou na Albânia, onde ela fugiu para se esconder de sua mãe. Como outras vezes, ela rejeitou as cantadas do rapaz e, aparentemente, ele sentiu que a melhor maneira de lidar com o seu fracasso era esfaqueá-la. Depois, por se sentir mal, ele acabou se esfaqueando até a morte. Tanto o Barão Sangrento como a sua vítima, perseguiram Hogwarts para sempre - mas ela se tornou o fantasma da casa Corvinal; e ele, inexplicavelmente, recebeu a honra de representar a Sonserina.

4 - Sonserinos são ótimos com a oclumência

Todo bruxo parece ser melhor em algum feitiço. Para Harry Potter, era o feitiço do Patrono; para Voldemort, era a Maldição da Morte; e para a Hermione Granger... bom, era praticamente todos eles. Como corpo estudantil, os bruxos da Sonserina parecem ser especialmente bons em um tipo de magia: oclumência. Se você não sabe, esta é a capacidade de impedir que outro bruxo ou mago leia a sua mente.

5 - Nem todos os bruxos mal-intencionados eram da Sonserina

Lembra de quando o Hagrid disse que todos os bruxos ruins passaram pela casa da Sonserina de Hogwarts? Isso pareceu legítimo, mas está longe de ser verdade. De fato, dois personagens moralmente corruptos da série, vieram de outras casas. De acordo com a Pottermore, e uma entrevista que a J.K. Rowling deu ao The Guardian, o Chapéu colocou o Pedro Pettigrew na Grifinória e o Gilderoy Lockhart na Corvinal. Isso mostra que mesmo que ambos demonstraram tendências sonserinas, a casa de Salazar não era o único terreno fértil para mal intenções em Hogwarts.

6 - Nem todos os sonserinos odiavam os sangue-ruim

Ao longo de Harry Potter, os sonserinos mostraram seu desgosto por trouxas e feiticeiros de meio sangue - os alunos os chamavam de "sangue-ruim", e tentavam expulsá-los da escola. Os adultos tinham tendências de se tornarem Comensais da Morte e trabalhar ativamente para torturar e, às vezes, matar os bruxos de sangue não puro. Ainda assim, alguns sonserinos lutavam ativamente contra esse preconceito.

7 - Voldemort não é o único bruxo famoso da Sonserina

Alguns anos atrás, J.K. Rowling revelou que, no que diz respeito a ela, Merlin era um estudante de Hogwarts e que ele era da Sonserina. Na verdade, a Ordem de Merlin, um prêmio de prestígio várias vezes mostrado na série de Harry Potter, é decorado com uma fita verde, como uma homenagem à fidelidade do feiticeiro a sua casa. Embora as datas exatas de sua matrícula em Hogwarts não sejam certas, alguns fãs especularam que Salazar Slytherin pode ter ensinado o Merlin quando ele ainda estava aprendendo a atirar.

E aí, você sabia sobre essas curiosidades sobre a Sonserina? Deixe nos comentários e compartilhe a matéria.

Próxima Matéria
Gabriela Tyemi
Não tenho coisas preferidas.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+