• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 coisas que você só descobriria se fosse do exército por um dia

POR Ana Luiza Andrade    EM Entretenimento      29/09/17 às 19h50

A vida militar não é para qualquer cidadão. Dedicar a vida às Forças Armadas significa estar pronto para defender o país, mesmo que seja com a própria vida. Significa também abdicar de confortos domésticos, de tempo com a família, de relacionamentos. A vida de um soldado demanda uma disciplina que vai muito além do que podemos imaginar. É necessário saber conviver em grupo, defender o grupo e viver por ele.

É uma grande responsabilidade também: vestir a "camisa" do país e estar pronto para lutar por ele. Para isso, é preciso amar a sua própria terra natal, reconhecer o valor dela e dos cidadãos que nela habitam.

Muitos não fazem ideia da rotina e dos deveres de quem faz carreira no Exército, por exemplo. Conheça agora 7 curiosidades que você só saberia se estivesse lá dentro:

1 - Toque de Alvorada

O dia em um quartel começa pontualmente todos os dias as seis horas da manhã. Os soldados despertam com o Toque da Alvorada, que consiste em uma música entoada por uma corneta. Este som marca o início da jornada de trabalho do exército e todos tem que se levantarem ao primeiro toque da música. Com a rotina, muitos soldados acordam antes mesmo do Toque da Alvorada, e muitos dizem que a música desperta a prontidão e a eficiência nos militares.

2 - Rotina

A rotina dos soldados é dura e rígida. Logo ao despertarem, precisam arrumar as camas e o dormitório, vestirem o uniforme e se dirigirem rapidamente para o rancho (nome dado ao refeitório onde tomam o café da manhã). Com outro toque da corneta, os soldados sabem que devem se dirigir à formatura. Isso significa a apresentação da tropa, que desfila, entoa hinos e realizam movimentos ensaiados.

Depois vem às atividades físicas exaustivas. Polichinelos, flexões, barras, transposição de obstáculos, abdominais, e até marchas com mais de 20 quilômetros de percurso, enquanto carregam armas pesadas sobre os ombros.

"Ser soldado não é nada fácil. São muitas missões a cumprir e você precisa estar sempre na hora, sem atrasos e sem nenhum tipo de falha", explica Gilcimar Souza, ao portal do Ministério da Defesa.

3 - Limpeza

Além de toda rotina prática e teórica que os soldados devem cumprir durante o dia, há outras tarefas adicionais que transmitem ensinamentos de disciplina, organização e humildade. Além de serem responsáveis pela limpeza de seus próprios alojamentos, os soldados também estão incumbidos de realizar a manutenção de todo o batalhão. São os próprios soldados que realizam a limpeza do local.

4 - Jogos Militares

Nem só de atividades físicas exaustivas vivem os soldados. Para manterem a foma física, mas também associarem o lazer às atividades, os soldados também praticam esportes e sonham com os Jogos Mundiais Militares. Esse é um evento multi-esportivo realizado a cada 4 anos pelo Conselho Internacional de Desporto Militar.

Glener Chimenes, para o Ministério da Defesa, ressalta que foi no quartel que ele aprendeu a ter "disciplina, caráter e responsabilidade". Mas que está mesmo ansioso para a competição.

"Estou me preparando para competir em jogos militares", afirma. Sua modalidade preferida é o vôlei.

5 - Vícios

Mas nem tudo são alegrias e recompensas morais. A vida de um soldado é realmente dura e consequentemente pode ser muito estressante. Para compensar o cansaço e o sono, muitos soldados acabam se viciando em nicotina e café, a fim de se manterem sempre despertos, prontos e alertas. A rotina estafante e a disciplinada fatigante não é fácil. Muitos permanecem apenas durante o tempo obrigatório. Nem todos conseguem prosseguir com a carreira militar.

6 - Tatuagens

Quando o assunto é tatuagem os soldados precisam ter cautela. É preciso entender que como "funcionários do Estado", a imagem transmitida será o reflexo não apenas do exército brasileiro, como também do país. Além disso, os desenhos na pele podem ser atrativos para criminosos que marcam os indivíduos pelas tatuagens. É um assunto delicado. As tatuagens não são proibidas, o que se pede é que seja analisado o tipo de tatuagem, o que ela transmite e onde ela será exposta.

7 - Curiosidades

Existe muita curiosidade do que acontece de fato, dentro do exército e outras forças armadas, que são discretas, justamente por uma questão de defesa. Muitos idealizam a vida no exército, a partir de fatos históricos impressionantes como a Primeira Guerra Mundial e também a Segunda. Segundo relato de um militar, em seu próprio portal, a curiosidade mais inoportuna e frequente são sobre mortes. Muitas pessoas costumam perguntar se os militares já mataram alguém.

Para ele, há apenas duas repostas possíveis:

"- Não, eles não mataram ninguém e você provavelmente vai pensar menos deles por nunca terem feito isso, porque eles não se encaixam na sua ideia do que um veterano realmente deve ser.
- Sim, mataram. Estão lidando com isso da maneira deles e não precisam ficar falando sobre o assunto".

Agora você já sabe. Se você achou interessante, não esqueça de deixar o seu comentário. Aproveite também para compartilha a matéria.

Se você já fez parte ou segue a carreira militar, nos ajude a ampliar ainda mais essa lista com mais curiosidades impressionantes.

Próxima Matéria
Ana Luiza Andrade
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+