icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


7 das maiores coisas naturais que existem no mundo

POR Isabela Araujo EM Natureza 26/07/18 às 15h48

capa do post 7 das maiores coisas naturais que existem no mundo

Você já parou para pensar em quais são as maiores coisas naturais do mundo? Considerando que tudo ao nosso redor cresce constantemente, é bem difícil dizer quais são os maiores lugares, criaturas ou objetos do mundo. A natureza está sempre nos surpreendendo e revelando coisas tão grandiosas que nos tornamos minúsculos comparados a essas descobertas.

Existem árvores, animais, lugares, flores, frutas, enfim, infinitas coisas que são mais grandiosas do que você pode imaginar. Algumas dessas coisas existiram milhares de anos atrás, outras ainda estão presentes entre nós. Nós, da Fatos Desconhecidos, criamos uma lista das maiores coisas naturas já encontradas no mundo. Confira e surpreenda-se:

1 - Sequoias

A sequoia-gigante é uma das maiores árvores do mundo. Mais conhecida como "sequoia sempre verde", a árvore pode chegar a medir mais de 90 metros de altura. No Brasil, a sequoia é plantada para fins ornamentais e para adaptação da espécie.

Existe um parque nos Estados Unidos chamado Sequoia National Park. O local atrai quase dois milhões de visitantes por ano e sua principal atração é a General Sherman, a sequoia mais alta do mundo. A árvore tem 83 metros de altura e tronco com 33 m de circunferência na base.

2 - Gronelândia

Não é à toa que a Gronelândia é a maior ilha do mundo. Com quase dois milhões de quilômetros quadrados, essa enorme ilha de gelo está localizada próxima da costa norte-nordeste do Canadá e é cercada pelo oceano Atlântico e pelo mar Glacial Ártico. Nela habitam cerca de 55 mil pessoas, sendo que 80% dos cidadãos são descendentes de esquimós.

A Gronelândia possui verões amenos e invernos rigorosos. Na região norte da ilha existe uma grande riqueza mineral. As principais jazidas de zinco, chumbo, minério de ferro, carvão, molibdênio, ouro, platina e urânio podem ser encontradas na região.

3 - Caverna Son Doong

A maior caverna do mundo está situada no parque nacional Phon Nha-Ke Bang, no Vietnã. Ela foi descoberta em 1991, embora começou a ser explorada somente em 2009. A caverna é composta por uma enorme floresta, praias e um rio. Son Goong significa "Caverna do Rio da Montanha". As visitas a essa incrível caverna são feitas com a presença de guias e têm duração de 7 dias. O custo total por pessoa sai em média 2.300 dólares.

4 - Raflésia

A Rafflesia arnoldii, mais conhecida como "flor-monstro" é uma espécie de planta capaz de produzir a maior flor individual do mundo. Quando se reproduz, ela emite um forte odor de carne podre, o que atrai os insetos. Essa flor pode ser encontrada nas florestas tropicais do Bornéu e Sumatra, no sudeste asiático. Seu fruto é comido por alguns mamíferos da floresta. A flor da Rafflesia pode atingir mais de 100 centímetros de diâmetro e pesar até 11 kg. Seu tamanho exagerado se deve ao fato de que as raflésias são compostas basicamente pela sua flor, visto que elas não possuem folhas e o seu caule é reduzido a um curto segmento não ramificado.

5 - Crocodilo Imperador (Sarcosuchus imperator)

Esse gigante crocodilo viveu há aproximadamente 110 milhões de anos no norte da África durante o período Cretáceo. O animal chegava a medir cerca de 12 metros e pesava quase duas toneladas. Ele se alimentava apenas de peixes e dinossauros. O Sarcosuchus imperator tinha o crânio largo e mandíbulas absurdamente afiadas.

6 - Grande Barreia de Corais

Patrimônio mundial da UNESCO desde 1981, a Grande Barreira de Corais é a maior estrutura única do mundo feita por organismos vivos. Ela se localiza entre as praias do nordeste da Austrália e Papua-Nova Guiné. A Grande Barreira de Corais possui aproximadamente 2.200 quilômetros de comprimento e é composta por milhares de recifes, 600 ilhas continentais e 300 atóis de coral.

7 - Titanoboa cerrejonensis

Considerada a maior cobra descoberta, a Titanoba viveu há aproximadamente 58 milhões de anos atrás no período Paleoceno, pouco tempo depois da extinção dos dinossauros. Seu nome significa "serpente-titã" ou serpente gigante. O animal atingia até 13 metros de comprimento, 1,1 metros de diâmetro e pesava mais de uma tonelada. A Titanoba se alimentava de absolutamente tudo que via pela frente.


Próxima Matéria
avatar Isabela Araujo
Isabela Araujo
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest