• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 decisões que quase arruinaram Dragon Ball para sempre

POR Gabi Noronha    EM Fatos Nerd      26/12/17 às 13h07

Dragon Ball tem uma história de criação um tanto quanto doida. Acontece que Akira Toriyama decidiu não planejar o roteiro de sua obra por muito tempo. O engraçado é que foi justamente dessa forma que surgiram os arcos e personagens mais memoráveis da franquia. Muitos acreditam que foi essa escolha que ajudou Dragon Ball a se tornar um fenômeno mundial. Apesar disso, mesmo a criação impulsiva e excêntrica de Toriyama precisava ser freada às vezes. Algo que cabia aos editores fazer e que, em vários momentos, eles acabaram salvando o rumo da história.

O fato acontecia bastante na época em que Dragon Ball era realizado primeiro no mangá. Hoje, com Dragon Ball Super, a forma de escrita é um pouco diferente, pois os capítulos são feitos diretos para o anime. Contudo, o passado de criação de Akira Toriyama não foi perfeito e em muitos momentos ele quase desandou com a série no mangá. A seguir, selecionamos alguns exemplos de suas decisões quase catastróficas.

1 - Vegeta apenas como um vilão de arco

Sem dúvidas Vegeta é um dos personagens mais queridos de Dragon Ball. Especialmente nos animes. O Príncipe dos Saiyajins teve uma das melhores evoluções na série. Ele passou de vilão impiedoso à um respeitável herói e amável homem de família. No entanto, o plano nem sempre foi esse. Originalmente, Akira Toriyama pretendia deixar Vegeta apenas para a Saga Saiyajin. Porém, com a alta popularidade do personagem, o autor mudou de ideia e resolveu deixa-lo por perto por muito mais tempo.

2 - Goku eternamente jovem

Embora os editores de Dragon Ball tenham ajudado bastante a moldar a franquia, eles também são responsáveis por algumas terríveis ideias. Para Toriyama, Dragon Ball era apenas uma história sobre as aventuras de uma criança com um rabo de macaco. Contudo, conforme o tempo passou, a série se concentrou mais nas lutas do que nas aventuras em si. Por isso, o autor queria envelhecer Goku para facilitar na hora de desenhá-lo, já que os movimentos de combate eram mais difícil de fazer com ele pequeno. Porém, essa foi uma ideia que quase não convenceu os editores. Isso porque a decisão mudaria drasticamente a aparência do personagem principal, algo que eles raramente estão dispostos a fazer. Por fim, eles mudaram de ideia. Goku cresceu. E o resto você conhece.

3 - Goten substituiria Goku

Houve uma época em que Akira Toriyama de fato chegou a pensar em transferir o protagonismo da história para Gohan. Uma decisão arriscada, que até poderia ser boa, ou arruinar tudo. Mesmo assim, caso a ideia se realizasse, os fãs não ficariam sem a imagem de Goku, pois eles ainda teriam Goten. O filho mais novo de Goku e Chichi é o pai cuspido. Goten se assemelha ao pai não apenas na aparência, mas também na personalidade. E isso foi proposital, já que o personagem seria uma espécie de "substituto" para Goku.

4 - Cell teria apenas uma forma

Cell teve três formas e todas elas graças aos editores. Quando Toriyama surgiu com o primeiro desenho do vilão, seus superiores não gostaram nem um pouco de sua aparência. Assim, o autor veio com a ideia de criar a forma semi-perfeita de Cell, o que agradou mais um pouco, porém, ainda não era a ideal. Foi apenas em sua terceira tentativa que ele realmente chegou na aprovação e na perfeição do personagem.

5 - Menos artes marciais

Dragon Ball foi indiretamente baseado na obra chinesa Jornada ao Oeste e por muito tempo Toriyama queria seguir por esse caminho. O problema é que o público de Dragon Ball gostava dos torneios e das constantes lutas. Tanto que a própria série começou a seguir mais por essa parte. Porém, muito a contragosto do criador. Os editores tiveram de insistir para Toriyama mudar de ideia e continuar com as artes marciais na história.

6 - Salvar os Universos (teoria)

O Torneio do Poder é o atual arco de Dragon Ball Super. No evento, o Universo perdedor é apagado da existência. Ao menos teoricamente. O que muitos fãs especulam é que de alguma forma Goku trará as pessoas mortas de volta. Até porque normalmente é isso que ele faz. Porém, caso a teoria se confirme, só mostraria que Dragon Ball entrou em uma zona de conforto que não pretende mais sair. Não adianta muito apresentar uma história interessante se, não importa o que acontece em seu decorrer, as consequências nunca são válidas. Talvez seria um bom momento para a série dar um passo à frente e deixar os mortos descansarem.

7 - Já esteve perto do fim várias vezes

Reza a lenda que Akira Toriyama já quis acabar de uma vez por todas com Dragon Ball, especialmente na era Z. No entanto, os editores sempre o lembravam da popularidade que a série fazia. Por isso, ele realizou mais um arco, a saga Majin Boo. Depois dessa ele de fato tirou umas boas férias até retornar com Dragon Ball Super. Segundo boatos, o autor já está querendo encerrar outra vez.

Concordaria com alguma dessas decisões? O que tem achado de Dragon Ball Super até o momento? Comente com a gente sua opinião.

Próxima Matéria
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Para mais aventuras Instagram: @gabinoronhaf Para comentários aleatórios e breves análises Twitter: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+